Flamengo x Fluminense – Round 1

Acabou a primeira metade da final. Quem me conhece, sabe que não sou o maior conhecedor ou fã tático do futebol moderno. Pra mim, futebol se resume a:  Zagueiro que dá bicão, meio campo organizando, pontas abertos e atacante chutando pro gol.

A partida de hoje no Engenhão da Tijuca foi muito boa de assisitir. Domínios alternados, grandes chances de gol e uma realidade: O Flamengo entrou para ser campeão e o Fluminense não. O time das Laranjeiras chegou na festa todo perfumado, se achando bonitão e por pouco nao leva um sacode no primeiro tempo. Sornoza tá até agora perguntando que horas é o jogo.

A casual entrada de Mancuello no lugar do lesionado Rômulo, deu mais moral pro time Rubro Negro, que partiu pra cima sem pena. Se tivesse no time um atacante estilo chutador, teria encerrado a decisão ali mesmo no primeiro tempo. Novamente, faltou nas duas equipes um atacante que chutasse ao gol. Guerrero criou, armou, correu e jogou muito… mas não fechava na área para aproveitar as arrancadas do Berrío.

Do lado das Laranjeiras, fico com pena do Wellington Silva que não cansa de “dibrar” a zaga toda e cruzar bolas para um poste que se auto denomina “Ceifador”.

Se os saudosos Gaúcho e Ézio estivessem em campo hoje, teriam guardado uns 3 cada.

Renato Chaves também é zagueiro moderno. Quis dar um tapa na bola que veio em uma altura ingrata, reforçando a minha teoria do zagueiro-zagueiro. Júnior Baiano (titular absoluto na minha zaga) daria uma bicuda pro alto e isolaria a bola do outro lado do estádio. Quis dar uma de zagueiro habilidoso e não deu certo. Furou e largou o Éverton na cara do Cavalieri… estopa.

Como corretivo no intervalo, Abel deve ter pego umas daquelas velhas bolas Topper de couro molhadas, pesando 173kg cada uma. Chutou todas elas deixando aquela marca maneira de gomos nos jogadores que voltaram jogando no fio. Já o Zé Ricardo resolveu voltar do intervalo segurando o time, recuando o Berrío e apostando no contra-ataque.


(Bola molhada usada no intervalo pelo Abelão)

Abel então colocou Pedro, que assim como Matheus Sávio, é mais um produto do Futebol Moderno. Porte alto, cabelos bem cuidados, falando vários idiomas, educados… só faltando alguns pequenos detalhes para serem grandes atacantes: Uma delas é saber chutar ao gol.

Matheus Sávio teve a chance de acabar com o jogo diante de 40.898 torcedores mas resolveu “pensar” antes de finalizar… ai companheiro, fica um pouco mais dificil. Atacante que gosta de fazer gol, pensa antes da bola chegar e já recebe batendo. Também nessa altura, o juizão já tava no desespero de pegar o carro e ir pra casa. O cara tava apitando tudo, deixando o jogo parado e até curtiu o Muralha demorar 69 minutos para bater o tiro de meta. O negócio era acabar com aquilo o mais rápido possível.

Fluminense fez de tudo para dar o título antecipado para o Flamengo. O time da Gávea agradeceu mas recusou o presente. Bom para nós torcedores que teremos uma final emocionante no próximo domingo.

Curtas:

  • Fla-Flu é um negócio curioso… no último lance do jogo, com bate-rebate frenético, todo mundo reclamando de uma coisa diferente, juiz se metendo e já querendo levantar a bola… A torcida do Fluminense resolve se inflamar e saiu gritando em plenos pulmões “Seremos Campeões”. Vai entender.
  • Parafraseando a usuária Abigail Cavazos, Flamenguista de plantão que disse “São duas equipes que vem jogando o fino da bola, mas somente um levantará a taça. Não adianta querer achar que vai estar tudo certo com o campeão e tudo errado com quem perder”.

Bom fim de Domingo! Fui!

Comments

    1. Abigail Cavazos

      Fernanda, o Frank foi campeão da Central Florida Cup duas vezes como treinador do time sub 15. Sou testemunha que saiu depois que o dono da escolhinha mandou ele trocar o esquema de jogo para que pudesse escalar “todos os alunos que pagavam mensalidade em dia”.

      Lembro que no primeiro treino, fez uma atividade sem balizas, com uma bola e 20 crianças correndo atras da mesma bola… os mais grossos, foram escolhidos como zagueiros hahaha então hoje entendo Junior Baiano estar na “seleção” dele!!!