Dourado ou Fred, quem teve um 2017 melhor?

É fato que Dourado teve o melhor ano de sua carreira.É senso comum dizer que nesse ano de 2017, Dourado jogou mais que o Fred.

Será que foi mesmo?

Vamos aos números porque são eles que desafiam e desmentem as verdades absolutas.

Primeiro vamos aos gols de cada um:

 

Dourado
J M GM
7 570 4
30 2603 18
7 506 4
11 792 6
2 160 0
Total 57 4631 32
Fred
J M GM
7 581 6
27 2077 10
3 229 1
12 885 10
4 318 1
Total 53 4090 28
A média de gols do Dourado é de 0,56 por partida.
A do Fred é 0,52 por partida.
Sabemos que em alguns jogos do Atlético com o Micale, Fred foi reserva.
Passsemos então a dividir a quantidade de gols por minutos jogados.
Dourado. 32 gols em 4631 minutos =  0,00690. Fred 28 gols em 4090 minutos = 0,00684.
A conclusão é que a média de gols do Dourado é muito pouco ( e bota muito pouco nisso) superior a do Fred.
Passes para gol
Entre todas as competições que os dois jogaram Fred deu 9 passes pra gol em 53 jogos. Média de 0,17.
Dourado deu 6 passes pra gol em 57 jogos. Média de 0,10.
Percentual de Poder de Decisão de cada um
Fórmula: (gol + passe pra gol) / qtde de jogos
Dourado = (32 + 6) / 57 =  66,6%
Fred = (28 + 9) / 53 = 69,8%
Dourado realmente teve um ano muito bom.
Mas não superou o ano do Fred quando se trata de ser decisivo.
PS
– O fato de ter havido muitos pênaltis pro fluminense no campeonato brasileiro ajudou muito o Dourado. Fato. Mas ele bate e faz né? Nesse quesito supera Fred e todos os atletas do Brasil com sobras.
Blog do torcedor do flu no Globoesporte, Futebolzinho.com. Gestão Técnica de Futebol e Análise de Desempenho pela Universidade do Futebol.

Comments

  1. Rafaella Dourado

    Dourado foi a grande surpresa do ano! Fico até surpresa da galera de lá não ter vendido ele por uns trocados a mais e chamar de investimento!
    O fator campo dele hoje é muito maior do que o valor de mercado para venda.

  2. Tino

    Fred também tem importancia sem a bola…. ajuda a defesa e lidera os mais jovens. Mas se o assunto é bola na estopa, o Dourado é artilheiro do torneio não é a toa.

  3. Regina Carino

    Fred é genial fora e dentro das 4 linhas! Não acredito que volte pro Flu, infelizmente…não podia ter saído.
    O ano foi de conquistas pro Dourado; como diz nosso amigo Antônio, ele compensa na entrega a deficiência técnica. Me emocionei com ele no último jogo…saiu morto de tanto brigar por aquela vitória. Isso tem mto valor! Mas não dá pra comparar…a Leitura do Dedé é incontestável…sensacional!!!

  4. Antônio Ramos

    Excelente, Dedé!

    Saindo um pouco dos dados e avaliando as variáveis q ele não enxerga, indubitavelmente o Fred ainda é o melhor atacante de área brasileiro, mas esta diferença para os outros, que era abissal, já diminuiu muito. Vejo o Jô jogando muito (inclusive com a mão) e perto dele vejo o Dourado batendo no teto esse ano, ainda longe dos dois.

    Conta bastante pro Dourado jogar numa equipe inferior tecnicamente e ainda ter uma estrada boa pra seguir. Fred se aproxima do fim de carreira (pelo menos em nível competitivo) e apesar de achar que não é uma aposta ruim pra ninguém, é sempre um risco, ainda mais com o salário q pede.

    Claro q preferia tê-lo no meu time, mas entendo que se o Dourado seguir perto do teto em 2018 (e não quiserem se livrar dele) é uma função resolvida no Flu, havendo tantas outras mais prioritárias).

    O apoio à defesa da função deles, q sãonjogadores análogos, normalmente é baseada numa cercada na saída de bola adversária e aproveitamento da estatura na bola parada, e para uma sanfona básica, até pela idade, o Dourado está mais em condições de executar e, pelo mesmo motivo, o Dourado certamente fará mais jogos no ano, em condições normais.

    Hoje no Flu, dadas todas estas condições, prefiro o Dourado e guardo um lamento pelo Fred ter saído, mas como diria o Ti m Maia, “Ines é Marta”.

    1. Dedé Moreira Post author

      O post amigo não pretende esgotar o debate

      Números são apenas uma das vertentes que a gente analisa

      Você tem razão em muita coisa.

      Acho que com Dourado a gente ganha saúde, marcação na saída de bola, pênaltis e uma mobilidade maior

      Com Fred a gente ganha liderança, leitura de jogo, bola parada defensiva, capacidade de segurar a bola na frente

      1. Carlos Gaia

        Até do Magnata senti saudade esse ano, ano passado, na maioria das vezes que ele entrou, o rendimento do time melhorou, pq sabe segurar a bola, dar continuidade nas jogadas, esses dias assisti a um pedaço de Ceará e algum time, uns 25 minutos do segundo tempo, Magnata recebe lançamento pouco depois do meio campo coloca de peito na frente e dispara pela direita, deu um chute rasteiro e certeiro que encontrou a mão do goleiro que rebateu e o companheiro que vinha junto pelo meio só teve o trabalho de empurrar pro gol vazio.

        1. Bruna Personal

          É realmente um highlander… e ainda por cima aprendeu a jogar bola depois de veterano rs quando novo era um perebinha