Share This Post

Fazendo a "de fora"

Torcedor e Analista – O conflito continua …

Torcedor e Analista – O conflito continua …

Lado Torcedor:
– Ahhh, moleque … hoje é dia de reestréia do Flu no brasileiro, contra o WascO, ou Vice da Gama, lá na Barreira do Mickey. Temos jogador novo, um time diferente, um técnico campeão começando o trabalho … não vem com seu negativismo, não … ainda bem que ninguém é obrigado a te ler, como eu …

Lado Analista:
– Eu ainda nem comecei a escrever, cara … já vai me torrar o saco com seu mundinho de contos de fada desde cedo?!





Lado Torcedor:
– “Você quer dar uma de esperto, “entendido”, mas é meio burrinho, né ? Esqueceu que compartilhamos o mesmo cérebro, jumento? Já sei o que você pretende escrever …

Lado Analista:
– É, tento esquecer, juro … e você também esquece que ao me chamar de burro está se incluindo nisso … o que por sinal é um puta conflito que vivo: quando acho você burro, o que acontece recorrentemente, estou me chamando de burro por tabela. Bacana, vai pro teu cantinho ficar lembrando dos títulos de 2010 e 2012 enquanto tento remontar meu raciocínio aqui.

Lado Torcedor:
– Evidente que vou, aliás, você com esta sua mania de ver sempre o lado negro das coisas, se lembra que fomos os últimos no Rio a ganhar Brasileiro? Título que o time do cheirinho, badalado, protegido pela mídia, endinheirado, não vê há séculos … Há pouquíssimos 6 anos éramos campeões brasileiros e com três rodadas de antecedência, tal a superioridade.

Lado Analista:
– Claro. Aliás foi um dos raros momentos em que estávamos concordando um com o outro, lembra?

Lado Torcedor:
– Lembro não … você sabe que no fundo é mais divertido pra mim implicar com a sua racionalidade, mas como você não me deixa ser totalmente insensível, sei que você só está realmente feliz quando estamos em concordância e torço pra que isso aconteça em breve. Até porque se você não está feliz, eu fico na merda por tabela. Quer ver um exemplo? Por conta desta sua mania de achar sempre que está tudo uma merda, há quanto tempo você não me leva pra ver um jogo do Flu ao vivo? Eu gosto desta porra, sabia?

Lado Analista:
– Você tem razão, desculpe. As vezes é difícil pra mim lidar com sentimento e razão. É foda pra mim ir ver e torcer por algo que eu não acredito que vá dar certo. Acho que eu preciso trabalhar isso.

Lado Torcedor:
– Pára com essa porra de “trabalhar isso”! Simplifica, cara! Eu já sou o trabalho feito. Eu já tô aqui justamente pra não deixar que isto aconteça. Você só precisa parar de resistir. Quer analisar? Admiro você por isso, juro. Tire suas conclusões, bole um plano, monte um projeto, mas na hora de eu me manifestar e ativar o coração, não tente me inibir. Cala a porra da boca e acata. Você vai conseguir me calar por alguns momentos, entendo que seja necessário até, mas precisa parar pra me ouvir. Não vai estar em concordância comigo nunca se continuar a tentar me matar dentro de você. E sem mim, cara, tua vida vai ficar uma merda. Tô errado?

Lado Analista:
– O que te deu hoje? Você tá parecendo mais inteligente do que eu, pela primeira vez.

Lado Torcedor:
– Pois é, né … esqueceu que tá em São Paulo, jumento, e que não adianta comprar ingresso pra Ratolândia hoje, porque não poderemos ir?

Lado Analista:
– Cacete ! Pior que esqueci, ainda bem que não achei onde comprar, já tava com o cartão na mão … hahaha

Lado Torcedor:
– Então me promete que hoje a noite a gente vai cair na porrada em algum bar desta província aqui pra passarem o jogo pra gente e vamos torcer pra caralho.

Lado Analista:
– Prometo!

Share This Post

Antônio Ramos avatar
Ex-jogador, auxiliar técnico e instrutor de futebol, escrevendo sobre o tema há mais de 20 anos. Torcedor do Fluminense Football Club.

3 Comments

  1. Rafael CRF avatar

    hahaha boa!!

  2. Abigail Cavazos avatar

    kkkkkkkkk

  3. Regina Carino avatar

    Hahahahah…mto bom! Eu não vivo eeeesse conflito…mas não tem Tricolor nesse mundo de Deus que hoje não viva em conflito.

Comments are now closed for this post.