Share This Post

Blogs / Nós Entre os Gols

Assim é se lhe parece

Assim é se lhe parece

Dei pra maldizer o nosso lar / Pra sujar teu nome, te humilhar / E me vingar a qualquer preço / Te adorando pelo avesso / Pra mostrar que inda sou tua / Só pra provar que inda sou tua” – Atrás da Porta, (Chico Buarque, Francis Hime).Diz-se há algum tempo que “Todo excesso em determinado ponto se transforma em força contrária”. Essa frase acompanhada do trecho musical acima talvez justifique os impropérios recebidos relativos ao texto anterior (leia aqui).

Dediquei tempo inclusive, na tentativa de explicar que um texto (crítico como é o caso), pode ser “opinativo” ou “narrativo” e que reclamar de um texto claramente opinativo é reclamar da falta de carne em almoço vegetariano.
Em vão… Honestamente, não posso presumir que entendam a construção que trata da concordância que acontece não com o que está explícito na frase, mas com o que está mentalmente subentendido. Falta silepse… Falta sinapse.Independentemente da quantidade de madeira que coloquem na “fogueira de bobagens” das (des)informações distorcidas meio à ataques pessoais sem o menor fundamento crível (sic), no futebolzinho ou em qualquer outro local defenderei o(s) patrimônio(s) esportivo(s) do Clube de Regatas do Flamengo e da mesma forma defendo que todos têm pleno direto de se expressarem e, contrariando o perfeito Sérgio Porto, vulgo Stanislaw Ponte Preta, não me incomodo se a inteligência é ostensiva ou a burrice é extravasante. Sem a menor presunção, falsa humildade, modéstia à parte, etc… Me preocupo (como ex-dono de Boteco), se consigo ainda fazer o Molho Barbecue Artesanal de antes.
Não dividiria com qualquer animal / Meu prato de domingo a carne assada / É o principal / Mesmo um mendigo elegante da rua / Prato bonito ou feio minha cabana minha angústia” – Hóstia, (Lauro Farias, Marcelo Falcão, Marcelo Lobato, Marcos Lobato, Xandão).Azar o meu ter que voltar a esse tipo de explicação logo na décima terceira coluna… Na décima terceira tenho que voltar a falar desse tempo atual de cólera creditada à dicotomia política do Clube e do País. Perdão, leitor, mas tenho que insistir que um pingo sempre será um pingo e não uma letra.
(mais) Uma Vez (o) Flamengo…
O Teatro dos Absurdos em que se tornou essa eleição à Presidência do Flamengo é de certa forma proporcional à algumas convicções de que, você não serve, é um pária, santo ou enganado dependendo do lado que apoie, espera que vença, etc.
Pouquíssimas colaborações nesse âmbito eleitoral, entretanto, umas das exceções é o pedido feito através do Twitter, postado por João Maluco (falso adjetivo, digo):No mundo ideal (dentro e fora do cibernético), João replica a história do Homem, a Menina e as Estrelas do Mar na areia da praia. Seu tweet faz diferença para quem lê, independe da quantidade ou votantes que agora batalham no campo das cores, personalidades e PDGs.
No mundo ideal assim deveria ser. Mas não é. Poucos ideais, sobram vaidades… A minha e a sua.
No mundo realmente invertido, o verdadeiro é um momento do falso.
Por falar em Guy Debord (outro “canhotinho”) e o espetáculo Teatro dos Absurdos – Eleições Flamengo:
“O espetáculo é ao mesmo tempo parte da sociedade, a própria sociedade e seu instrumento de unificação. Enquanto parte da sociedade, o espetáculo concentra todo o olhar e toda a consciência.
Por ser algo separado, ele é o foco do olhar iludido e da falsa consciência; a unificação que realiza não é outra coisa senão a linguagem oficial da separação generalizada.”
Atentos, pois.
Well I’ve always had a deep respect / And I mean that most sincerely / The band is just fantastic / That is really what I think / Oh, and by the way, which one’s Pink?” – Have a Cigar, (Roger Waters)
Até Breve, SRN!





Share This Post

Pascoal Grisolia avatar
Carioca e Flamengo desde a geração da primeira célula. Minhas elucubrações e as músicas que eu cito são extensões do que penso com meus botões modernamente chamados de teclas. Nem tudo é fina ironia ou se deve levar tão a sério. O mais importante é a provocação. Twitter: @pascoalgrisolia

Leave a Reply