Share This Post

Botafogo

Confiante, Zé Ricardo reitera evolução do Botafogo: ‘Início de uma recuperação’

Confiante, Zé Ricardo reitera evolução do Botafogo: ‘Início de uma recuperação’

O Botafogo voltou ao trabalho na manhã desta segunda (8) e fez um treino no campo anexo do estádio Nilton Santos, visando ao clássico diante do Vasco nesta terça (09), às 21h (de Brasília), que ocorre no mesmo local. Antes do início da atividade, o comandante Zé Ricardo concedeu entrevista coletiva e acredita na recuperação do Alvinegro para se livrar do rebaixamento.

“A gente sempre tem a expectativa que clubes (Vasco e Botafogo) com esse tamanho estejam brigando em cima, mas essa (luta contra o rebaixamento) é a realidade que temos hoje. Estamos nos preparando para isso, uma vitória poderá dar para a gente o início de uma recuperação”. disse Zé Ricardo, que também frisou a evolução do Alvinegro nos últimos jogos.

“Certamente a gente espera que a equipe continue em evolução. Nas últimas três partidas, duas vitórias e um empate contra o líder, que dá para a gente uma certeza que caminhamos alguns passos, mas precisamos reforçar essa caminhada”, finalizou.

CONFIRA OUTROS TRECHOS DA COLETIVA DE ZÉ RICARDO: 





Retornos dos lesionados
“Estamos tentando recuperar 100% os atletas, ainda temos alguns problemas, isso faz parte da rotina e esperamos poder contar com todos. Não tenho certeza se iremos contar com todos esses (Valência, Jean, Luiz Fernando e Bochecha), alguns atletas estão se recuperando. Hoje a gente define o elenco que vai para o jogo”.

Embate com Valentim e conhecimento do adversário
“Em um passado recente nos enfrentamos algumas vezes, quis o destino que depois de algumas situações estivéssemos agora em lados opostos. É um jogo em que as duas equipes buscarão o gol porque precisam da vitória. Se não puder contar com Bochecha, Luiz Fernando, tem a volta do Erik. Conhecemos os elencos, a forma de trabalhar de um ou outro. Um detalhezinho ou outro que a gente espera aproveitar”.

Zagueiros artilheiros
“Tanto o Carli quanto o Igor (Rabello), principalmente são atletas que fazem muitos gols. A bola parada, independentemente de quem está no comando, é uma jogada muito forte no futebol mundial, vamos contar com eles nesses momentos”.

Emocional de Moisés
“Moisés está bem, conversamos com ele. Uns atletas sentem mais, outros menos, ele é muito jovem ainda, tem 22 para 23 anos, apesar do tempo que vem jogando. A gente conta com ele para o restante da temporada. Mostrou que está recuperado. Não tem nenhum problema em relação a isso (pênalti perdido). Futebol a cada rodada permite fortalecer, ele tem muita personalidade, e a gente entende que esse episódio vai servir muito para o crescimento dele como atleta”.

Tranquilidade vem com a vitória?
“Tranquilo não tem nada, nem para a gente nem para o Vasco, equipes que estão naquela zona. Estado de alerta maior possível nessa reta final, nosso objetivo principal é afastar da zona perigosa. Tem que ser nesse sentido. Ter uma reta final sem precisar passar por sustos. Acho que todos estão conscientes do que precisam fazer em campo. A gente espera que a nossa torcida nos empurre também, como falei no início da nossa coletiva, acredito que a gente esteja em evolução”.

Share This Post