Share This Post

Botafogo

Início discreto, confiança e protagonismo atual: Luiz Fernando cresce no Botafogo

Início discreto, confiança e protagonismo atual: Luiz Fernando cresce no Botafogo

No dia 03 de janeiro de 2018 o Botafogo acertou a contratação do atacante Luiz Fernando junto ao Atlético-GO, por R$ 2,5 milhões. Destaque do clube goiano no Brasileiro de 2017 com nove gols em 33 jogos, o jovem de 21 anos logo foi procurado pelo alvinegro para integrar o elenco e assinou com o clube até dezembro de 2021.

Iniciando a carreira profissional em 2015 pelo mesmo Atlético-GO, Luiz Fernando foi evoluindo e ganhando maturidade ao longo das temporadas. Na Série B de 2016, Luiz Fernando foi o autor de sete gols pela equipe goiana, tendo dado apenas 33 chutes, o que dá uma boa média de um gol a cada 4,7 chutes. Já na Série A de 2017, sua média foi melhor ainda; com nove tentos em 37 chutes, fazia um gol a cada 4,1 finalizações.





No Botafogo teve um início bem tímido, onde oscilou muito nas atuações. Tinha jogos bons e ruins, não conseguia manter uma regularidade.Entretanto, nos últimos meses vem se mostrando mais confiante e sendo um dos nomes importantes da equipe em 2018. Na temporada atual, até o momento, tem seis gols.

Entretanto, os números sem tanta expressividade escondem um rendimento que tem melhorado a cada partida, principalmente quando atua pelas extremidades do campo, variando entre o lado direito e o lado esquerdo, muitas vezes até mesmo durante o jogo, além de auxiliar também na recomposição defensiva.

Na partida de dessa terça-feira (09), diante do Vasco, foi possível ver um posicionamento predominante no lado esquerdo. Destaque para o aproveitamento de 100% na finalização: O único chute de Luiz no jogo balançou as redes.

Mapa de calor de Luiz Fernando diante do Vasco.(Dados Via SofaScore)

Fato interessante da partida contra o Cruz Maltino é que Luiz Fernando não estava 100% fisicamente. Voltando de lesão justamente no Clássico, o atacante deu conta do recado e foi destacado pelo treinador Zé Ricardo na entrevista coletiva após a partida.

É um jogador talentoso, está em evolução, vem com probleminha no joelho, precisamos tirar de alguns treinos, deve ganhar um ou dois dias para recuperar. Falei que seria importante ele se doar 200% no jogo de hoje, deu certo.

Característica que também deve ser destacada são os dribles do jovem atacante, principalmente no 1 x 1. Tem uma ótima capacidade de driblar em velocidade e em curto espaço físico, o que ajuda muito na criação de jogadas. No jogo contra o América-MG, por exemplo, Luiz Fernando utilizou desses recursos para driblar 3 jogadores do Coelho e achar um espaço na linha defensiva do adversário. Com liberdade após o drible, viu a chegada de Marcinho pela direita; após receber o passe o lateral fez o cruzamento que resultou no gol de cabeça de Rodrigo Lindoso, que deu a vitória ao alvinegro no jogo.

Share This Post

Guilherme Serafim avatar
Jornalista em formação. Amante de esportes num geral, mas o futebol tem seu lugar especial. Antes VAVEL Botafogo e MW Futebol. Agora Botafogo no site Futebolzinho.

Comente nesta notícia!

Comentários

No comments yet