Share This Post

Flamengo

Jorge, ex-lateral-esquerdo rubro-negro, estreia pela segunda divisão de Portugal

Reprodução / Internet

O lateral-esquerdo Jorge negociado com o Monaco por 8,5 milhões de euros (R$ 28,8 milhões, no câmbio da época) em 2017, segunda maior venda da história do Flamengo depois da negociação de Vinícius Júnior para o Real Madrid, estreou no time B do Porto no último sábado (22), no empate em 1 a 1 com o Oliveirense, jogo válido pela segunda divisão portuguesa. Segundo o jornalista Marcos Alves, em reportagem para o site UOL, Jorge teve a companhia de outros três brasileiros: o lateral-direito João Pedro, ex-Palmeiras, Bahia e Chapecoense; o zagueiro Diego Landis, ex-Desportivo Brasil; e o volante Luizão, ex-São Paulo.

Revelado nas divisões de base de Vasco e Flamengo, Jorge, de 22 anos, chegou a ser convocado pelo técnico Tite para substituir Filipe Luis, cortado, durante as eliminatórias da Copa do Mundo, em 2017, e ainda hoje é visto com potencial para disputar vaga na lateral esquerda neste novo ciclo da seleção brasileira.





O jogador sofreu uma lesão no joelho esquerdo no fim de janeiro, perdeu espaço no time francês dirigido pelo português Leonardo Jardim e acabou emprestado ao atual campeão da Primeira Liga de Portugal até o junho de 2019, com direitos econômicos fixados em bases não reveladas oficialmente.

Como o negócio foi fechado nos últimos dias da janela de transferências europeias, Jorge treinou por quase três semanas e foi lançado no time B dos Dragões para ganhar ritmo. A ideia é prepara-lo para a reserva imediata do também brasileiro Alex Telles, um dos destaques do Porto do técnico Sérgio Conceição na última temporada.

Share This Post