Share This Post

Flamengo

Réver, o capitão, e Diego, a referência, não conseguem explicação para mais uma eliminação

Réver, o capitão, e Diego, a referência, não conseguem explicação para mais uma eliminação

O Flamengo chegou à sua segunda eliminação menos de um mês depois da queda na Libertadores. O Corinthians venceu o jogo de volta na Arena do Timão, por 2 a 1, pela semifinal da Copa do Brasil (o jogo de ida, no Maracanã, terminou 0 a 0), e deixou sem palavras as principais lideranças do elenco rubro-negro. O capitão Réver e o astro Diego não souberam explicar o que ocorre com o time que não consegue levar a melhor nos duelos de mata-mata.

“Mais uma vez é difícil dar explicação. A gente saiu perdendo, empatamos, e tínhamos de repente o jogo sob controle. Tomamos um gol que desarrumou nosso comportamento. Tentamos ir de qualquer jeito, ansiosos no passe. Não conseguimos o empate. Agora é buscar o Brasileiro para brigar pelo título”, afirmou o zagueiro, que foi acompanhado pelo meia Diego.





“Alguma coisa falta. É terrível o sentimento. O momento é de assimilar esse golpe duríssimo e não se conformar. Não estamos aqui para dar desculpas. Estamos aqui para assumir responsabilidades. Temos que lutar até o final para chegar no final do ano e ver o balanço”, finalizou o camisa 10, que pediu para sair ainda no segundo tempo. O Flamengo informou que ele será reavaliado nesta quinta-feira (27) por conta de dores na coxa direita.

O meia Diego foi pouco efetivo no tempo em que esteve no gramado da Arena Corinthians (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Agora, o Flamengo pensa no duelo com o Bahia pelo Campeonato Brasileiro. A partida acontece no sábado (30), na Arena Fonte Nova, e está marcada para às 21h (de Brasília). Com 48 pontos, o Rubro-Negro é o quarto colocado da competição.

 

Share This Post