Share This Post

Flamengo

Milan poderá pagar mais R$ 43 milhões ao Flamengo por performance de Paquetá

Gilvan Ribeiro/Flamengo

O Milan poderá pagar mais € 10 milhões (R$ 43 milhões) de bônus pelos direitos federativos de Lucas Paquetá, além dos € 35 milhões (cerca de R$ 151 milhões) acertados, caso o jogador alcance metas de performance pelo clube italiano. Dono de 70% dos direitos econômicos, o Flamengo ficará com € 24.5 milhões (R$ 106 milhões) do valor da negociação – fora o bônus. Jogador e seu representante, o agente Eduardo Uram, ficarão com os  30% restantes.

Segundo apuração dos jornalistas dos jornalistas Cahê Mota e Janir Jr do site GloboEsporte.Com, o Milan tem até janeiro do próximo ano para quitar um valor entre € 5 e 10 milhões (R$ 21 a 43 milhões). O restante será dividido em parcelas até 2020, prazo fina para a quitação dos € 35 milhões.





O vazamento do negócio gerou insatisfação dos torcedores nas redes sociais, e também críticas do ex-presidente do clube, o radialista e empresário Kleber Leite, que escreveu em seu blog ter considerado “estranha, e inoportuna para este momento, a venda de Paquetá para o Milan, por 35 milhões de euros”.

Lucas Paquetá fez a primeira pare dos exames médicos nesta quarta-feira (10) e completará a bateria na manhã desta quinta-feira (11), ficando por detalhes para a oficialização do negócio. O jogador treinou no CT do Ninho do Urubu visando o clássico deste sábado (13), às 17h (de Brasíia), no Maracanã.

Share This Post

Leave a Reply