Share This Post

Destaque / Flamengo

No terceiro jogo em mais de dois meses, Miguel Trauco renasce contra o Atlético-MG

No terceiro jogo em mais de dois meses, Miguel Trauco renasce contra o Atlético-MG

A bela tarde de sol neste domingo (23), no Maracanã, marcou não só a vitória do Flamengo por 2 a 1, mas também o renascer do lateral-esquerdo Miguel Trauco. Autor das duas assistências para os gols de Willian Arão e Lucas Paquetá, o peruano fez apenas o seu terceiro jogo em mais de dois meses. A atuação foi muito comemorada pelo atleta após o duelo com o Atlético-MG, pelo Brasileirão.

“Foi uma partida muito dura contra uma equipe muito forte. Importante pela vitória. Estou contente pelas assistências e por ajudar a equipe cada vez mais. Agora é encarar isso como motivação para ganhar confiança”, disse Trauco.





Ainda no primeiro minuto da partida, Trauco recebeu na ponta esquerda e achou Willian Arão chegando como elemento surpresa na entrada da área. O passe foi na medida para o volante abrir o placar para o Flamengo no Maracanã. Depois, quando a partida já estava 1 a 1, o peruano acertou um lindo cruzamento na cabeça de Lucas Paquetá, que só teve trabalho de finalizar e dar a vitória ao Flamengo no Maracanã.

POUCA UTILIZAÇÃO APÓS ‘LÍNGUA SOLTA’
Antes do duelo contra o Atlético-MG, Trauco só havia jogado 104 minutos após a Copa do Mundo. Nas partidas contra o São Paulo (derrota por 1 a 0) e contra o Cruzeiro (vitória por 1 a 0). Ou seja: dos 15 compromissos que o Flamengo disputou após o Mundial vencido pela França, o peruano só disputou três. Vale lembrar que o atleta chegou a dizer que estava incomodado com a reserva e queria sair do clube carioca no meio deste ano. Tentou uma transferência para o futebol francês, mas as negociações não prosperam e ele continuou no clube.

Com confiança, o lateral-esquerdo pode ter colocado uma pulga atrás da orelha de Maurício Barbieri, que vinha depositando suas fichas em Renê. As características são diferentes, já que Renê é mais defensivo e a maior virtude de Trauco é justamente no ataque, mas com o renascimento do peruano, quem ganha é o elenco rubro-negro na reta final da temporada 2018, tanto no Brasileirão quanto na Copa do Brasil.

 

Share This Post

Lucas Pedrosa avatar
Jornalista. Cobertura de Vasco, Flamengo, Botafogo e Fluminense pelo site Futebolzinho. Passagens por Lance! e Esporte Interativo. Ética. Verdade. Respeito. Sempre apaixonado por esse tal de futebol.