Share This Post

Flamengo

Réver diz que faltou ‘maturidade’ ao Flamengo para tratar o ‘caso Diego Alves’

Réver diz que faltou ‘maturidade’ ao Flamengo para tratar o ‘caso Diego Alves’

O bate-boca entre o goleiro Diego Alves e o técnico Dorival Júnior, em reunião entre jogadores e comissão técnica na última quarta-feira (31), foi o principal assunto do dia na rotina do Flamengo. E o zagueiro Réver, mesmo na companhia do filho Réver Júnior, não se furtou a comentar o caso quando questionado, após o treino dessa sexta-feira (2), no Ninho do Urubu. O capitão usou os termos “falta de diálogo” e ” maturidade” para tratar de algo comum no futebol. O caso, nas palavras do zagueiro, deveria ter sido resolvido internamente para não deixar que o assunto desviasse a atenção do jogo de domingo (4), contra o São Paulo, no Morumbi, às 17 horas (de Brasília).

”São coisas que acontecem no futebol. Problema nosso interno. Vamos resolvê-lo internamente como sempre aconteceu no Flamengo. Quem deveria falar com vocês sobre isso é a diretoria. Nossos problemas são resolvidos internamente. Estamos aqui para trabalhar. Toda essa situação é muito triste. Não podemos nos abater por isso. Brigamos pelo Brasileiro. Não podemos nos abater e nos abalar por isso. Acredito que faltou diálogo e um pouco de maturidade de nós para não desviarmos o foco do objetivo que é o Brasileiro. Isso afeta de alguma maneira. Nós jogadores temos que colocar um ponto final isso e deixar para a diretoria resolver” disse Réver.





O Flamengo está a quatro pontos do líder Palmeiras e precisa da vitória no jogo de domingo para diminuir a diferença. Réver lembrou da derrota no primeiro turno, no Maracanã (São Paulo 1 a 0), mas destacou que os times hoje vivem realidade distinta.

”Momento totalmente diferente do jogo do primeiro turno. Mudamos algumas peças. O momento hoje do São Paulo não é parecido. A partir do momento que queremos alcançar o título do Brasileiro, temos que vencer, independentemente do adversário. Vamos atrás dos três pontos. Independentemente do jogo do Palmeiras, no sábado (dia 3), sabemos o que temos que fazer. Temos feito bons jogos fora de casa. Tem tudo para ser um grande jogo.”

O zagueiro falou também sobre o confronto com o Diego Souza. Elogiou o atacante do São Paulo e disse que é um jogador que é muito difícil de ser marcado.

“É um jogador de muita qualidade. Um dos melhores atacantes do futebol brasileiro, muito difícil de ser marcado. Isso mostra a grandeza do jogo. Tabus estão aí para serem quebrados. Já quebramos alguns. Temos a chance de fazer uma nova história.”

Acompanhe a entrevista coletiva de Réver na íntegra na parceria com o canal Esportes360, no YouTube.

Share This Post

Patrick Bruno avatar
Estudante de jornalismo e setorista do Flamengo pelo Futebolzinho.

Leave a Reply