Share This Post

Fluminense

Destaques da goleada sobre o Paraná, volantes ‘artilheiros’ comentam atuações

Destaques da goleada sobre o Paraná, volantes ‘artilheiros’ comentam atuações

O improvável homem do jogo. Desta forma pode-se descrever Jádson, autor de dois gols na goleada tricolor por 4 a 0 contra Paraná, válido pela 28° rodada do Campeonato Brasileiro, no Maracanã. Até então, o volante só havia marcado um gol com a camisa tricolor (contra o Botafogo, no Campeonato Carioca). Mais do que isso: o atleta nunca havia antes marcado duas vezes na mesma partida em sua carreira. Questionado sobre sua noite iluminada, ele não escondeu a alegria.

“Fiquei feliz, pude fazer dois gols hoje. Mas estou mais feliz pelo desempenho em campo, pela vitória. Precisávamos dessa vitória para respirar no campeonato, dar uma arrancada, ter uma sequência boa” disse Jádson.

Foto: Lucas Merçon/Fluminense

Durante a sua comemoração, foi só amor e não deixou de mandar coração para a sua esposa. O próprio reconheceu que não é habitual fazer gols. Quando marca, tem que fazer a média.





“Procuramos fazer sempre que fazemos um gol. Tem que fazer uma média em casa. Eu já não faço gol, quando faço tem que dar uma valorizada”, disse sorrindo.

Outro importante personagem do jogo foi Richard. Pela segunda partida consecutiva deixou sua marca (foi assim também contra o Deportivo Cuenca, pela Sul-Americana). Em bom momento, o primeiro volante comentou sobre o seu posicionamento e do artilheiro da noite.

“O professor até pede bastante para eu ficar. Mas procuro encaixar nos espaços, hoje pude chegar mais uma vez a equipe. Eu e Jadson já estamos adaptados ao esquema de três zagueiros, desde o Abel. Pegamos mais na bola nesse esquema”, disse Richard.

O Fluminense volta a entrar em campo sábado (13), no Maracanã, em partida válida pela 29° rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Flamengo, às 17h (de Brasília). 

Share This Post

Gabriel Lutterbach avatar
Jornalista em formação, 19 anos, mais carioca do que mineiro, mesmo sendo ao contrário na realidade. Setorista do Fluminense pelo Futebolzinho. O que eu subentendo do ser humano, devo ao futebol.

Leave a Reply