Share This Post

Fluminense / Mercado

Fluminense analisa contratação do goleiro Simão, destaque do campeão da Série C

Fluminense analisa contratação do goleiro Simão, destaque do campeão da Série C

Destaque na campanha do título da Série C, o goleiro Simão, do Operário-PR, vem sendo monitorado pelo Fluminense para a próxima temporada. O atleta poderá assinar um pré-contrato a partir de maio. A intenção dos dirigentes tricolores seria um acordo de dois anos sem custos, com o clube paranaense mantendo parte dos direitos econômicos do jogador para lucrar em uma possível transferência.

Logo, o Fluminense serviria de vitrine para o goleiro, mas o Operário-PR quer uma compensação financeira no ato da negociação.





“Simão é um excelente goleiro e não vejo problemas em liberá-lo para a Série A caso seja dentro das condições do Operário-PR. Queremos ficar com 35% dos direitos econômicos. A multa dele é de R$ 2,5 milhões e podemos abrir mão de parte do valor. Mas queremos pelo menos R$ 1 milhão”, resumiu o presidente José Álvaro Góes.

O clube carioca ainda não sabe se poderá contar com Júlio César e Rodolfo para 2019. Ambos estão em tratativas para renovação de contrato. Até por isso, o Tricolor monitora o mercado de goleiro de perto. No entanto, pode ver o Simão parar no Avaí, uma vez que o Leão da Ilha já apresentou uma proposta pelo atleta. Agora, espera a contraposta para a negociação evoluir.

O goleiro de 25 anos tem contrato até outubro de 2019. Na final da Série C contra o Cuiabá, ficou marcado por uma sequência de cinco defesas difíceis. Simão começou nas categorias de base do Criciúma e se profissionalizou pelo Novo Hamburgo. Na temporada 2018, disputou 32 jogos e sofreu 25 gols.

VEJA A SEQUÊNCIA DE DEFESAS DIFÍCEIS DO GOLEIRO SIMÃO:

Imagens: PUC TV Esportes
Fonte: Globo.com
Redação: Futebolzinho.Com

Share This Post

Gabriel Lutterbach avatar
Jornalista em formação, 19 anos, mais carioca do que mineiro, mesmo sendo ao contrário na realidade. Setorista do Fluminense pelo Futebolzinho. Tudo que eu entendo do ser humano, devo ao futebol.

Comente nesta notícia!

Comentários

No comments yet