Share This Post

Caio Barbosa / Fluminense / Flupress

Fluminense tem atuação deprimente no Ceará

Fluminense tem atuação deprimente no Ceará

Três dias após uma empolgante vitória sobre o Palmeiras, quem diria, o Fluminense decepcionou diante do Ceará, com uma das piores atuações da história do clube. Um negócio absolutamente inacreditável. Como diria Renato Gaúcho, não ganharia nem de um time de grávidas no oitavo mês. E vou além: não ganharia nem do Flamengo. Vou tentar ser compreensivo e entender os motivos que levaram o treineiro a não escalar o Marcos Júnio. Só não dá para entender por que, com a falta de opções, durante o jogo ele não mudou o time para o 3-5-2, liberando Carlos Gilberto Torres e Airton Beijinho, que pareciam em melhores condições físicas.

Como não há muito o que fazer, o momento é de “não tem tu, vai tu mesmo”, só nos resta pedir “Fora, Abad” e continuar apoiando. Se a gente largar, acabou. Quinta-feira estaremos lá, e cá estão as notas da debacle de Fortaleza.





JÚLIO CÉSAR – O melhor Júlio César da história dos goleiros não teve culpa no gol e ainda salvou algumas bolas. NOTA 8.

CARLOS GILBERTO TORRES – Poderia ter rendido mais do que rendeu. NOTA CINCO.

GUM – Não acho que tenha falhado no gol. Achei mérito do atacante. E foi bem nos demais lances. Como tem mais títulos que o Zico, NOTA SETE.

DIGÃO – Foi o Digão. NOTA TRÊS.

AIRTON BEIJINHO – Subaproveitado que nem o Carlos Gilberto Torres. NOTA CINCO.

RICHARD – Já não sei se é o melhor volante que temos. Quero ver mais o Airton Pancada. Mas não teve culpa pelo resultado. NOTA CINCO.

MATHEUS NORTON – Isso é uma merda. NOTA ZERO.

JADSON – Atuação abaixo do lamentável. Lixo. NOTA ZERO.

LUCIANO – Entrou em seu lugar e manteve o nível. NOTA ZERO.

SORNOZA – Esse Vampiro é o pior jogador do mundo de todos os tempos. Não estava cansado. Não atuou contra o Palmeiras. Não correu porque é vagabundo mesmo. NOTA ZERO.

EVERALDO – O DJ Lindão pelo menos teve vontade de jogar. NOTA SEIS.

JUNIOR DUTRA – Uma merda. NOTA ZERO.

MATHEUS ALESSANDRO – Outra merda. Jogador horroroso. Não estava cansado. É horroroso mesmo. NOTA ZERO.

PEDRO – Não viu a cor da bola. Ninguém a levou até ele. SEM NOTA.

Share This Post

Caio Barbosa avatar
Jornalista desde o século passado. Estudou na Universidade Federal FLUMINENSE e foi setorista dos clubes cariocas, inclusive o FLUMINENSE, pelo Diário Lance!, UOL/Folha, Jornal Extra e Globoesporte.com

2 Comments

  1. Guilherme Milone Silva avatar

    Pô Caio! Que mania de aliviar a barra do Richard. O cara é horroroso. Erra passes, é lento e não tem técnica. Não serve nem para banco! Ibañez resolve muito mais que ele.
    Deixe de besteira, cabra da peste rsrssrs

  2. Regina Carino avatar

    Caramba! Não vi esse jogo, mas pela quantidade de “0” não perdi nada…

Comments are now closed for this post.