Share This Post

Caio Barbosa / Flupress

Saída de Abel e as notas de Neymar & Cia.

Saída de Abel e as notas de Neymar & Cia.

Neymar foi caçado em campo, mas jogou mal segundo o Face.

Meus amigos, eu gostaria de falar sobre a saída do Abel, com quem falei no último sábado, mas não só prometi a ele que não falaria nada sobre a conversa, como também não tenho coragem de, neste momento, falar a respeito. Até porque são sete anos falando ininterrruptamente, mostrando passo a passo como a turma da Flusócio destruiria o Fluminense. Antes que eu surte, vamos ao humor, que é a melhor saída nestes próximos dias. Depois, prometo, voltarei à carga. Vamos às notas do jogo de Neymar e Cia.

Alisson – Na única participação efetiva, falhou. Obviamente deveria ter saído na bola. O Júlio César (não aquele, mas o nosso) teria resolvido. É bonito, gostoso, mas vacilou. NOTA ZERO.





Danilo – Tadinho. Me lembrou o Zé Carlos Imitador de Galinha, na Copa de 98. Coragem, rapaz. Vai ser gauche na vida.

Thiago Silva – Acertou todas as jogadas e quase fez um gol. O melhor da defesa. NOTA 8.

Miranda – Falhou no primeiro ataque suíço. Melhorou e sofreu falta no lance do gol. Tivesse mais talento com os pés, faria o gol de empate no fim. NOTA SEIS.

Marcelo – Um horror. E nem foi sua pior atuação pela seleção, mas ainda assim um horror. Oitavo jogo de Copa. Oitavo jogo ruim. Errou mais de 20 passes. Falhou no primeiro lance do jogo. Falhou e deu origem ao escanteio que resultou no gol suíço. Não fez uma jogada efetiva. Não acertou um drible. Não deu uma assistência. Não acertou um cruzamento. Só apareceu dando trivelinhas e cavadinhas laterais, as famosas firulas, e dando um pescotapa fofo no Philippe Coutinho. NOTA ZERO

Casemiro – Aquém do esperado. Ainda levou um amarelo e foi substituído. NOTA QUATRO

Fernandinho – Entrou em seu lugar e teve atuação água de salsicha. NOTA QUATRO.

Paulinho – Perdeu gol ridículo, chutando no estilo Roni, que já havia sido copiado pelo Suarez. É bola, mas não jogou porra nenhuma. NOTA ZERO.

Renato Augusto – Tô até agora querendo entender o porquê desta substituição com o jogo empatado. Perdeu um gol no fim, mas deu excelente assistência para Jesus, que sofreu pênalti não marcado.

Philippe Coutinho – Fez um golaço, tava a fim de jogo, criou boas chances. Mas parecia que só ele e o Neymar queriam bola. Faltou alguém para jogar com ele pela esquerda. Marcelo estava na defesa dando trivela pros lados e botando a lingua para fora. NOTA 8.

Neymar – O Facebook está dizendo que ele não jogou nada. Tudo bem. Natural que esperemos mais do cara. Mas foi seu primeiro jogo oficial após uma fratura no pé. Começou a jogada do gol, abrindo um buraco na defesa suíça. Cobrou um escanteio na cabeça de Gabriel Jesus, que errou bisonhamente. Cobrou um escanteio na cabeça de Thiago Silva, que cabeceou com muito perigo. Meteu uma bola na caixa de Philipe Coutinho, que chutou com perigo. Sofreu dez falta. Teve o pescoço puxado, a camisa puxada, o pé pisado. Mas segundo o Facebook, não jogou nada, quem jogou foi o Marcelo. NOTA SETE.

William – Foi visto pela direita e sumiu. Tipo pato da Fiesp. NOTA ZERO.

Jesus – Parecia o original, que prometeu voltar para tirar o pecado da Terra, já se passaram dois mil anos e até agora, nada. Foi visto apenas sofrendo um pênalti, mas estava tão sumido que nem o árbitro, nem Deus, nem ninguém saiu em defesa de Jesus. Mas não vou crucificá-lo. NOTA 5.

Firmino – Diferentemente de Jesus, entrou com o Diabo no corpo. Um chutaço que quase parou na gaveta. E uma boa cabeçada. Entrou bem. NOTA SETE.

Share This Post

Caio Barbosa avatar
Jornalista desde o século passado. Estudou na Universidade Federal FLUMINENSE e foi setorista dos clubes cariocas, inclusive o FLUMINENSE, pelo Diário Lance!, UOL/Folha, Jornal Extra e Globoesporte.com

Comente nesta notícia!

Comentários

No comments yet