Share This Post

Flupress / João Bolt

O primeiro Fluminense x Grêmio

O primeiro Fluminense x Grêmio

“O possante esquadrão do Fluminense F.C., do Rio de Janeiro, que ora nos visita, obteve na tarde de ontem um espetacular triunfo frente ao Grêmio Porto-Alegrense, pelo expressivo placard de 4×0”. Foi desta forma que o jornal gaúcho “A Federação” abriu sua matéria sobre o jogo Fluminense x Grêmio, disputado no dia 15 de Agosto de 1937. O primeiro confronto da história entre os dois clubes, que hoje voltam a se enfrentar pelo Campeonato Brasileiro.

Na mesma matéria o Fluminense é citado como o “clube brasileiro de maior cartaz, constituído unicamente por cracks de grande renome”. Não é exagero. O Fluminense tinha na época um dos maiores times de sua história. Um esquadrão que começou a ser formado em 1935, com a contratação de vários jogadores da seleção paulista, e durou, com variações é claro, até 1941, quando conquistou o Campeonato Carioca no lendário Fla-Flu da Lagoa.





Dos 11 jogadores que entraram em campo naquela tarde de domingo, quatro estariam na Copa do Mundo no ano seguinte: Romeu, Tim, Hércules e Machado. E só não foram cinco porque o goleiro titular Batatais, outro que foi à Copa, não pôde jogar. Para se ter uma ideia do poderio ofensivo da equipe, Vicentino, Romeu, Sandro, Tim e Hércules, os cinco jogadores da linha de frente tricolor nesta partida, juntos somam 446 gols pelo Fluminense.

Por seu lado o Grêmio também tinha um time de respeito. Seria campeão citadino de Porto Alegre em 1937. Naquele ano Grêmio e Internacional se profissionalizaram e não disputaram o Campeonato Gaúcho, que ainda era amador. Desta forma o campeonato de Porto Alegre acabou sendo o mais relevante do estado na temporada.

Era portanto um jogo de grande cartaz, como se dizia. Outro fato que aumentava o interesse pela partida é que os jogos entre clubes cariocas e gaúchos na época eram muito pouco comuns. Para se chegar a Porto Alegre era necessário encarar uma viagem de cinco dias de navio. Com tanto interesse e expectativa era natural que se esperasse um grande público, e foi o que ocorreu. O Estádio da Baixada, antigo campo do Grêmio, ficou completamente lotado.

O Grêmio até conseguiu equilibrar o jogo no primeiro tempo, segurando o 0x0. Mas na segunda etapa os craques tricolores botaram em prática toda a sua categoria e chegaram à vitória. Vicentino com um chute forte abriu a contagem. Romeu fez o segundo. Sandro, completando um cruzamento de Hércules, fez o terceiro. E o próprio Hércules, de falta, o quarto.

Ficha técnica:

Share This Post

João Claudio Boltshauser avatar
João Claudio Boltshauser (Bolt pra facilitar) curte escrever sobre o Fluminense Football Club, em especial sobre sua história. Aquela que traduz a predestinação para a glória.

8 Comments

  1. Valterson Botelho avatar

    Valeu Joao. Que o Abel mostre a matéria aos jogadores na prelecao para relembrar a grandeza do Fluminense.

  2. Show como sempre!! Precisando mesmo divulgar a matéria no vestiário pro time de hj se lembrar que o Flu é time de guerreiros!!

  3. João Claudio Boltshauser avatar

    Nessa época era certamente o maior clube do país. Modelo de organização. O presidente do Fluminense era Alaor Prata, ex-Prefeito do Rio de Janeiro. Isso num tempo em que Prefeito era um cargo de respeito.

  4. Welma Reis avatar

    Que bacana essas histórias do Flu!

  5. ALFREDO FRANCH avatar

    Palmas para nosso historiador.

  6. Raimundo Santana avatar

    Cara, parabéns pelo artigo. Sensacional.

  7. João Claudio Boltshauser avatar

    Welma, Alfredo e Raimundo,
    Legal que curtiram o post. Semana que vem tem mais histórias do Flu.
    Saudações Tricolores!!!

  8. Regina Carino avatar

    Daqui a alguns anos a história do jogo de ontem tb será contada…e mais uma vez apontando para a superioridade do Flu. Eles possuem um elenco poderoso, time vencedor da Libertadores…mas quem venceu foi a camisa Tricolor. Sim, não vencemos no placar, mas vencemos na moral!
    Fluminense sempre vai exigir respeito desses gaúchos!

    Parabéns, João Claudio! É sempre um prazer viajar com seus textos!

Comments are now closed for this post.