Share This Post

Fluminense

Marcelo Oliveira e Richard exaltam torcida após classificação: ‘Parceria fundamental’

Marcelo Oliveira e Richard exaltam torcida após classificação: ‘Parceria fundamental’

A noite foi de festa para a torcida Tricolor. Com quase 40 mil pessoas no Maracanã, o time de Marcelo Oliveira venceu o Deportivo Cuenca por 2 a 0 e carimbou a classificação para as quartas de final da Copa Sul-Americana, nesta quinta-feira (04). Além de Digão, Richard marcou gol para o Fluminense. O comandante e o volante estiveram lado a lado na entrevista coletiva e exaltaram o feito do time carioca.

“Vitória importante, fundamental para a nossa passagem, nós conquistamos uma vantagem que era importante, mas que numa competição como essa a gente tinha que ter determinados cuidados, adversário veio aqui, conseguiu jogar mais do que pensei, mas sem tanto susto para nosso goleiro. Ponto muito positivo são duas vitórias, sem levar gols, nos dá condições de passar para a outra fase e agora são seis jogos até o final. A parceria do torcedor foi fundamental, jogadores sentem dentro de campo essa energia e foi realmente fundamental”, disse Marcelo Oliveira.

O volante Richard fez seu segundo gol em 2018 e dedicou o gol que fez ao grupo do Fluminense, destacando a classificação e a torcida do Tricolor e já focando no próximo adversário pelo Campeonato Brasileiro, o Paraná.





“Queria agradecer a Deus primeiramente pelo gol. Por mais que eu seja um cabeça de área, eu só tinha feito gol na primeira rodada do Brasileiro, fico muito feliz em ajudar a equipe. Não é muito a minha, mas o gol é do grupo todo que vem batalhando para conseguir essa classificação. Tem sido fundamental a torcida. Tem sido muito importante nessa reta final. Precisamos disso. Tenho certeza que se a gente impor o que a gente tem feito dentro de campo, vai dar tudo certo, com todo respeito à equipe do Paraná”.

Momento do gol de Richard, após dar um toque por cima do goleiro do Deportivo Cuenca (Foto: Fluminense Oficial)

O Fluminense volta atuar pelo Campeonato Brasileiro na próxima segunda-feira (8), diante do Paraná, às 20h (de Brasília), no Maracanã. O time está na 10ª colocação, com 34 pontos, e ainda acredita que de degrau em degrau, pode, quem sabe, beliscar uma vaguinha na pré-Libertadores.

CONFIRA OUTROS TRECHOS DA ENTREVISTA COLETIVA DE MARCELO OLIVEIRA:

3-5-2
Os números são bons. Nós precisamos ajustar situações. No jogo do Grêmio demos poucas chances para o adversário, mas construímos pouco. Então temos que ter essa segurança, rapidez, o Gum tem experiência e boa técnica, então solto os laterais, Ayrton faz isso muito bem. Posso usar as duas formas de jogar. Os três zagueiros me dá mais uma agressividade na bola aérea, a estatura aumenta. Qualquer sistema é fácil de jogar desde que os jogadores entendam e cumpram suas funções.

CABEZAS
Cabezas já está melhorando muito sua condição. Sofreu um período de adaptação no clube. Melhorou muito, vai ter chances no Brasileiro e possivelmente em uma das duas vagas que teremos para inscrever. A referência que temos dele é muito boa.

GOL DE RICHARD 

A ideia em relação ao posicionamento do Richard é que ele ficasse um pouco mais com os três zagueiros, mas também lembrei que o Richard tinha dado um chote muito bom contra o Grêmio, depois ele deu um passe de calcanhar que quase gerou um gol. Na medida que ele saísse, ele tem boa técnica para ele adiantar e belo gol, gol de atacante.

SEIS FINAIS? 
Acho que isso é legal, funciona. Jogador gosta desse desafio. Você tem o Brasileiro, 38 jogos. Copa do Brasil joga mais. Mas faltam seis (na Sul-Americana). Você pode jogar em casa, criar estratégias, mas vamos pensar nisso mais para frente.

NACIONAL DO URUGUAI, PRÓXIMO ADVERSÁRIO 
Eu não diria preocupação, porque não posso passar isso para os atletas. Eu joguei no Nacional durante um ano. Equipe de muita tradição, camisa e o futebol uruguaio a gente sabe que é sempre muito duro. Eles competem muito, equipe bem arrumada, tanto é que reverteu uma situação negativa em função do primeiro jogo na Argentina. Vamos pensar nisso no momento certo, vamos ter que pensar bem, mobilizar bem, porque vai ser um jogo extremamente difícil no Rio de Janeiro.

Share This Post

Lucas Pedrosa avatar
Jornalista. Cobertura de Vasco, Flamengo, Botafogo e Fluminense pelo site Futebolzinho. Passagens por Lance! e Esporte Interativo. Ética. Verdade. Respeito. Sempre apaixonado por esse tal de futebol.

1 Comment

  1. Regina Carino avatar

    É isso, Marcelo…a torcida faz a festa do lado de cá e os jogadores brigam dentro das 4 linhas.

Comments are now closed for this post.