Share This Post

Fluminense

Reunião do Conselho Deliberativo do Fluminense termina em confusão. De novo.

Reunião do Conselho Deliberativo do Fluminense termina em confusão. De novo.

Apesar do bom momento do time do Fluminense em campo, fora dele o clima segue turbulento. A reunião do Conselho Deliberativo, realizada na noite desta terça-feira no Salão Nobre das Laranjeiras, teve de ser suspensa antes mesmo do seu início. O encontro discutiria a aprovação das contas da gestão do presidente Pedro Abad em 2017 antes mesmo de serem reexaminadas as do “exercício 2016”, mas um tumulto generalizado, com bate-boca e agressões determinou o cancelamento da assembléia. Pior: sem a definição de uma nova data para apreciar a matéria porque não há um consenso sobre nova apreciação ou não das contas de 2016.

Conselheiros de oposição pedem a reabertura das contas de 2016 porque o balanço atual transforma o superávit de R$ 8,3 milhões do ano anterior para um déficit de R$ 13,5 milhões nas demonstrações de 2017. Houve acalorada discussão por mais de uma hora em torno do tema até que se decidiu colocar em votação se as contas de 2017 deveriam ser analisadas na reunião, ficando para outro encontro a nova apreciação das contas de 2016.  Os conselheiros decidiram, por 55 a 47, fazer a votação quando nova confusão foi formada, desta vez com agressões. O presidente do Conselho Deliberativo, Fernando Leite, optou, então, por suspender a reunião.

Em janeiro e em junho, deste ano, outras duas reuniões também tiveram de ser canceladas por motivos de confusão.





Share This Post

Gabriel Lutterbach avatar
Jornalista em formação, 19 anos, mais carioca do que mineiro, mesmo sendo ao contrário na realidade. Setorista do Fluminense pelo Futebolzinho. O que eu subentendo do ser humano, devo ao futebol.

Leave a Reply