No twitter logo após a vergonha protagonizada na quarta feira printaram algumas postagens do Abad, todas de antes da eleição.

É necessário registrá-las, porque passado o pleito a hora é de cobranças:

Se preparem pra rir… ou chorar…

” Abad é compromisso com as conquistas da gestão Peter”  22/10/2016

” Eu tenho orgulho de fazer parte dessa história. À frente do Fluminense, ajudei a equacionar as dívidas” 29/09/2016

” Sabendo escolher e precificar cada investimento de forma profissional, pra não fugir do Profut” 01/11/2016

“O primeiro passo foi dado” 27/09/2016 (Falando do estádio)

“O futebol que vou fazer é bem diferente desse. Nova filosofia, mais resultados no campo, nova estrutura no comando” 07/07/2016

“Marcelo Teixeira é imprescindível ao Fluminense. Escolhe camisa.” 25/06/2016

” É chato falar de mim mesmo, mas eu sei o que, como e com quem fazer futebol. Queria muito poder fazer isso em 2017.” 07/07/2016

Eu procurei o projeto de Abad/Flusócio pra eleição de 2017.

O “projeto” era um powerpoint  com 10 objetivos e no centro o objetivo maior: a conquista da libertadores da América, assim numerados:

1 – Implementação de um novo modelo de gerenciamento de futebol: Base + Profissional

2 – Ampliação de investimentos no CT de Xerém para formação de atletas de alto desempenho para o Brasil e para o mundo

3 – Construção do Novo Estádio

4 – Finalização do CT do Fluminense

5 – Formação de novos ídolos

6 – Ações para aproximação com o torcedor

7 – Incentivo de Novos projetos nos Esportes Olímpicos

8 – Revitalização do Espaço da sede de Laranjeiras

9 – Gestão eficiente e transparente com balanço financeiro auditado

10 – Fortalecimento do Marketing

Vocês tem noção de que esses caras não tinham nada pra oferecer?

O tal projeto é só isso! Na verdade isso não é projeto né? São objetivos.

Um projeto discriminaria um conjunto de ações pra que esses objetivos fossem alcançados. Ou seja, Abad e Flusócio nunca tiveram um projeto para o Fluminense.

Na verdade tinham sim: Ganhar a eleição. Chegando lá, fracos incompetentes que são, trataram logo de colocar um escudo chamado Abel Braga na frente deles.

E na falta de projeto, ficaram as postagens do Abad:

Falar em estádio, quando não se paga salário é ridicularizar o torcedor.

Falar em dívida equacionada quando há risco real de sair do Profut é um tapa na cara.

Falar que o Marcelo Teixeira ( o cara por trás desse planejamento pífio de futebol e que, por email, liberou a grana que o clube receberia pelo Diego Souza) é imprescindível é um escárnio.

Dizer que escolhe e precifica cada investimento é gozar com nossa cara, vide Robinho, João Carlos, Romarinho e cia.

O torcedor do Fluminense também está esperando a tal Nova Filosofia, até porque como Abad mesmo disse ele sabe o que, como e com quem fazer futebol.

Apareça Abad e responda:

Quais são seus planos?

Quais são seus objetivos?

O que seria essa nova filosofia?

O que é fazer futebol diferente?

Como tirar o Fluminense dessa draga? Quais ações concretas?

São perguntas que merecem uma resposta para o torcedor.

Se a gestão é incompetente e mentiu descaradamente pro torcedor, espero que não seja covarde e fique se escorando eternamente na figura do Abel.

Tabelinha

– Desculpa galera, depois eu volto com números e análises mais detalhadas. É hora de cobrar desses caras!

– Vocês só criticam… Quero ver propor alguma coisa. Teria várias a propor, mas não me dispus a disputar eleição e ser presidente do Fluminense. De vocês eu espero soluções. Cadê?

– Por hoje eu poupei o Abel. Só por hoje. O trabalho de Abel é reflexo, também, da gestão catastrófica de Peter e, agora Abad.

– Se vocês não tiverem soluções, voltem pra arquibancada! Se bem que no caso da Flusócio ou é camarote ou PPV, arquibancada será mais complicado.

 

 

 

 

 

 

Dedé Moreira avatar

Blog do torcedor do flu no Globoesporte, Futebolzinho.com. Gestão Técnica de Futebol e Análise de Desempenho pela Universidade do Futebol.