Nos Entre os Gols

Nos Entre os Gols, blog do Flamengo no Futebolzinho com Pascoal Grisolia.

Em algum lugar do passado


Desde a madrugada pós eliminação da Copa do Brasil tenho mais uma certeza além da morte: Ao escrever o romance A Clockwork Orange (Laranja Mecânica), e publicá-lo em 1962, Anthony Burguess não criou uma realidade completamente distante e fictícia… “Cada cara representa uma mentira / Nascimento, vida e morte, quem diria / Até sonhar de madrugada, uma moça sem mancada / Uma mulher não deve vacilar / Hoje pode transformar, e o que diria a juventude / Um dia você vai chorar, vejo clara as fantasias” – Juventude Transviada, (Luiz Melodia) Olá, Leitores! Vocês não sabiam, mas eu estava com muitas saudades de abrir o editor de textos e, com o devido crédito ao extraordinário músico Lobão – escrever minhas bobagens, pra me lembrar que eu “sou” a coisa mais brega que pousou na tua sopa....

Qualquer Cor Que Você Goste


O dia 31 de agosto de 2018 ainda está longe de terminar quando eu começo a escrever esta coluna. Longe, mas não o bastante para que, até as 23:59:59 não tenhamos outras surpresas. Oxalá consiga esse que mal escreve terminar essas linhas em breve tempo, porque e infelizmente nesses últimos dias… Infelizmente eu ando cansado de Flamengo, um sentimento estranho e inédito, admito, não sei lidar com isso. Olá, Leitores! Esse dia ficará marcado como o início de várias batalhas: pelo voto, por convicções, pela amizade hipotecada em algum tempo ou interesse particular. Assim são as eleições presidenciais no Flamengo, uma guerra entre pessoas que torcem e amam o mesmo clube, mas que, a qualquer tempo, passado e futuro move e remove sentimentos… Desumanos. Mal começara o dia – e bem como...

Os Maniqueístas


 “… A banda cover do Diabo acho que já tá por fora / O mercado tá de olho é no som que Deus criou / Com trombetas distorcidas e harpas envenenadas / Mundo inteiro vai pirar com o Heavy Metal do Senhor…” – Heavy Metal do Senhor, Zeca Baleiro – (Zeca Baleiro) A cada mal resultado esportivo muitos tentam “teoricamente” dividir o Planeta Flamengo com dois tipos de pessoas que lutarão pelo poder (leia-se presidência), na próxima eleição com uma espécie de divisão de opostos e incompatíveis. Opostos e incompatíveis… O bem versus o mal… Será?Olá, Leitores! Preciso mais uma vez (e não me cansarei), dizer muito obrigado por sua leitura. Antes de prosseguir, deixo bem claro a você o que penso em relação à Presidência atual do Clube de Regatas do Flamengo, ocupada por um...

Quem Quer Manter a Ordem?


“… É seu dever manter a ordem? / É seu dever de cidadão?/ Mas o que é criar desordem / Quem é que diz o que é ou não?…” Desordem – Os Titãs – (Sérgio Britto, Marcelo Fromer, Charles Gavin) A última quinzena não foi nada fácil. Dois resultados esportivos negativos, lateral do time principal filosofando no twitter, a volta dos que não foram (sic) de alguns, digamos, radicais… E a cereja do bolo pós derrota na última quarta-feira (8/8), o lançamento oficial de uma das candidaturas à presidência do Clube de Regatas do Flamengo. Prezado leitor, tire o seu sorriso do caminho que eu quero passar com a minha dor.Os que me prestigiam aqui no Futebolzinho com sua leitura, sabem que normalmente uso imagens para ilustrar determinados assuntos. Essa acima, por exemplo, tem...

Com sua Licença, São Judas Tadeu


“… Jorge sentou praça na cavalaria / E eu estou feliz porque eu também sou da sua companhia / Eu estou vestido com as roupas e as armas de Jorge / Para que meus inimigos tenham pés, não me alcancem / Para que meus inimigos tenham mãos, não me peguem, não me toquem / Para que meus inimigos tenham olhos e não me vejam…” – Jorge de Capadócia – Jorge Bem Jor E hoje (sexta-feira, 27 de julho), tem Eclipse Lunar. Dizem que é o Eclipse do Século, assim como dizem que as “manchas” apresentadas no satélite representam São Jorge. Santo Guerreiro, amado por tantos e padroeiro de várias cidades pelo mundo, sincretizado como “Papai Ogum” ou Oxossi, herança da vasta e maravilhosa Cultura Africana. Salve Jorge! Seja no dia 23 de abril, seja em qual eclipse for. Olá para quem é de olá… S...

Seja na terra, seja no mar… Sempre Flamengo será


“… Eu sei que vão censurar meu proceder / Eu sei, mulher / Que você mesma vai dizer / Que eu voltei pra me humilhar / É, mas não faz mal / Você pode até sorrir / Perdão foi feito pra gente pedir / Perdão foi feito pra gente pedir…” – Atire a Primeira Pedra – Ataulfo Alves, Mário Lago Perdão foi feito “pra” gente pedir. Peço pelo atraso na publicação da coluna. Estava nesses últimos dias angustiantes envolvido por questões pessoais e não me sobrava o tempo, o ritmo e principalmente a motivação para escrever e admito, sigo aqui nestas linhas de forma subjetiva, passo ao largo dos resultados esportivos, porém, fico atento ao que acontece no Universo Flamengo. Olá, Leitores! A segunda-feira estava só começando quando o aplicativo de mensagens me mostra a pergunta de um amigo: “Já v...

Flamengo em sua Batalha de Zela


Me impressiona como fatos históricos, personagens, letras musicais (parecem propositais) ou locais se encaixam de forma análoga em um assunto atual como se fosse um cubo mágico. Neste caso um Cubo Mágico Flamengo… “… Mas sua verdade não me engana / Nesse termo de maldade / Que piração / Eu tô na terra ou no céu / Ninguém se entende / Nessa Torre de Babel / O mundo tá acabando, não vai sobrar quase nada / A nossa hora tá chegando / E ainda fazem piada…” Torre de Babel – Barão Vermelho, Roberto Frejat, Guto Goffi, Ezequiel Neves Ainda fazem piada diz o trecho musical… Pano rápido. Antes gostaria de agradecer a todos que dedicaram seu tempo para ler esta coluna. Como eu disse ao “culpado”, André Tozzini, nem no meu maior devaneio (e tenho muitos) eu esperava tantos lei...

E agora, José? Futebol – Alegrias e Tristezas

Quando um resultado esportivo adverso serve para uma reflexão sobre vários aspectos.

O Pão Nosso de Cada Dia


“… Eu quis cantar / Minha canção iluminada de sol / Soltei os panos sobre os mastros no ar / Soltei os tigres e os leões nos quintais / Mas as pessoas na sala de jantar / São ocupadas em nascer e morrer…” (Panis et Circenses – Os Mutantes – Caetano Veloso, Gilberto Gil) Só que, entre o nascer e o morrer existe o espetáculo do Futebol, e, com sua permissão (ou quase), abuso e uso mais uma expressão em latim, língua que eu tenho uma grande vontade de aprender: Refazendo então… Só que, entre o nascer e o morrer das pessoas ocupadas existe o espetáculo do futebol, “cui prodest?” ou “A quem beneficia?” Saudações Leitores! Estamos na época da Copa do Mundo na Rússia e automaticamente vem a lembrança da Copa anterior, a que foi realizada aqui no “picadeiro” de extens...

Imponderável Futebol Clube


“… Quanto tempo? Não muito, porque você colhe o que planta.” – Wake Up, Rage Against The Machine, álbum Rage Against The Machine, 1992 – Tema que encerra o filme The Matrix, 1999. Saudações, Leitores! Eu queria terminar o artigo postado semana passada (mistura de Shakespeare, Lenine e Tristania – leia aqui), onde uma pergunta e uma afirmação poética convidam você a uma reflexão: que “nada é bom ou mau, a não ser por força do pensamento” e o trecho musical em que o compositor pergunta “será que tempo que lhe falta pra perceber”. “Fatos cibernéticos” (me refiro à algumas postagens lidas no twitter) na semana entre 17 e 21 de junho ainda me impedem e outros que, doravante acontecerão. Afinal… O instinto humano… Antes de prosseguir, aviso que me manterei no “campo do futebol”...

O Caráter (ou a falta dele) e o Jogo de Futebol


“… Bem-vindo, meu amigo / (Agora) É você e eu / Você sente o olho que vê você? / Você pode sentir seu grito silenciado? / Este é o nosso sonho próprio horrível…” – The Wretched  – Tristania, álbum Ashes, 2005. E chegamos ao nosso segundo texto e antes que você prossiga, preciso avisá-lo que não faço nenhum juízo de fato. Sigo na contramão dessa modernidade onde se deve ter cuidado com tudo que se escreve, fala ou desenha sob a pena de estarmos politicamente incorreto. Obviamente que essa minha forma até certo ponto egoísta de ser não me dá o direito de ser incorreto ou grosseiro com pessoas e o título deste texto e a citação inicial de uma letra musical não indica verdades absolutas. Posto isso, convido você a mais uma reflexão relativista baseada em uma...

Desejo que Vocês Estejam Aqui


Quando André Tozzini – cabalisticamente – na noite de 6/6 me convida para escrever uma coluna aqui no Futebolzinho e sugere que eu escreva sobre Músicas e Flamengo, imediatamente me lembro da música “Déjà Vu” do último álbum do Roger Waters, que começa com uma reflexão interessante: “Se eu tivesse sido Deus, eu teria reorganizado as veias no rosto para torná-las mais resistentes ao álcool e menos propensas ao envelhecimento”. Obviamente não há algum termo comparativo entre mim, Deus e Roger Waters. Longe disso! Flamengo e Músicas, são minhas duas maiores paixões e que, em determinado momento fizeram, fazem e farão parte de todas as minhas alegrias e porque não dizer tantas outras angústias. E seu eu fosse mesmo Deus por noventa minutos (dose exigente, pois), transformaria esse New Maracanã...