Estávamos postos em sossego

Estávamos postos em sossego

Lá estavam os indígenas postos em sossego, na Bahia, quando de repente chegaram os portugueses, com vestimentas ridículas, papo mole e espelhos. A recepção foi com peixinho assado na lança e muito afeto. O fim, todos conhecemos. Como também estavam postos em sossego o...
Cansei de ser enganado!

Cansei de ser enganado!

Jadson abre pra Gilberto, que faz a finta, puxa paro meio e rola para Marcos Júnior, que UUUUHHHHHHHHHH…….. Novamente Jadson, Gilberto, recebe Pedro, abre para Sornoza, que UUUUUUUUUHHHHHHHH… Triangulação, mudança de posição, carrossel, tiki-taka e...
Altitude e atitude

Altitude e atitude

E lá vai o Fluminense morro acima fazer o jogo na maior altitude de sua história, como bem escreveu o João Bolt na última quarta-feira. No meio da crise do gás na Bolívia, o Tricolor busca seu próprio gás a quatro mil metros de altura para defender os 3 a 0 da ida...
Um balanço e mil folhas

Um balanço e mil folhas

Cada torcedor constrói uma relação particular com seu clube de coração. Falarei brevemente sobre a minha. Sou tricolor desde que me entendo por gente devido à escolha feita pelo meu pai, o argentino Júlio, ao chegar ao Brasil e se deparar com a Máquina de Rivellino...
Aquele bar ruim que você respeita

Aquele bar ruim que você respeita

Sabe aquele botequim, o velho bar de português, o cospe-grosso, o botecaço mesmo, que a gente sabe que não devia estar ali, mas adora? Ok, talvez nem todos saibam ou tenham adotado um para chamar de escritório. Seja por idade, seja por preferir “points da moda com...
“La Casa de Abel”

“La Casa de Abel”

A reboque da série do momento, a torcida tenta embalar o Fluminense ao som de “Bella Ciao”. Em “La Casa de Abel”, de fato será necessário erguer a bandeira centenária para estancar a sangria do encarnado. Será um ano no qual, de Rio a Tóquio,...