Nas 4 linhas com Dedé

Nas 4 linhas com Dedé Moreira – Coluna dedicada para avaliação tática e jogos importantes do cenário mundial. Futebolzinho.com

Fluminense, Flamengo, Real, Guardiola e as convenções do futebol moderno

Guardiola terminará essa temporada sem títulos pela primeira vez desde que começou a sua carreira como treinador profissional. Foi mal no Manchester esse ano. Mal pode ser exagero, mas a evolução esperada sobre seu comando não aconteceu. Guardiola foi rígido na suas ideias de jogo. O que cabia e encantou no Barcelona e no Bayern com grandes elencos e jogadores decisivos, não cabia neste Manchester City (com vários jogadores escolhidos por ele). Seu time não foi altamente competitivo e nem prazeroso de se assistir. No domingo o Real enfrentava o Barcelona e empatava o jogo, com um jogador a menos, até o minuto final. E o empate praticamente selava o título espanhol para o Real Madrid. Agora olhem essas imagens que antecedem o gol da vitória do Barcelona: 30 segundos pra acabar o jogo. Later...

Caso Scarpa: Alguns questionamentos

Scarpa se machucou no dia 25 de fevereiro. Em 28 de fevereiro, o jornal O Dia publicou essa notícia: http://odia.ig.com.br/esporte/fluminense/2017-02-28/gustavo-scarpa-fica-fora-de-treino-e-deve-desfalcar-fluminense-na-copa-do-brasil.html A notícia fala que o meia vinha se recuperando bem e enfrentaria o Flamengo na decisão da Taça Guanabara. O jornal fala textualmente que chegou ao clube mancando e não treinou. No dia 03/03, o Globoesporte.com publica essa notícia aqui: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/fluminense/noticia/2017/03/misterio-gustavo-scarpa-vai-campo-mas-nao-esta-confirmado-no-fla-flu.html Nela, diz que Scarpa foi a campo, treinou, mas continuava sendo dúvida para o Fla-Flu. Reparem que o Scarpa treina. Na comemoração da Taça Guanabara, Scarpa estava em campo, pulan...

Ainda o Fla-Flu

Tinha tudo pra dar errado. Torcida única, a venda de ingressos tardia por conta da decisão de promotores e juízes completamente desconectados com o povo  e a cultura do Rio de Janeiro, liminares, indecisão sobre o local do jogo. Tudo o que antecedeu ao Fla-Flu foi muito complicado. Exceto as posturas de Fluminense e Flamengo, juntos, lutando, pelo pouco que resta dos estaduas, cada vez mais desinteressantes e desnecessários. E fez-se um domingo tipicamente carioca. Sol, praia, Fla-Flu, torcida, festa e paz. E um jogo de arrepiar. Há algumas semanas escrevi no Globoesporte que o Flamengo não poderia enfrentar o Fluminense com o tripé, Rômulo, Rever e Vaz na proteção. Que era jogo pro Márcio Araújo, muito mais veloz nas coberturas. Zé Ricardo errou na escalação e o Flamengo no posicionamento...

Sinop: Esse é o jogo da semana pro Fluminense

Todo mundo falando no Fla-Flu de domingo. Todo mundo pensando no Fla-Flu de domingo. Fla-Flu é foda. Inebria, enlouquece, é um jogo que todos esperam sim. Mas sejamos pragmáticos: O Fla-Flu de domingo é uma decisão de turno. Taça Guanabara não é título, e acho ótimo escrever antes do jogo sem saber quem vai ganhar, pra não ficar parecendo desvalorização em caso de derrota ou supervalorização em caso de vitória. Aliás, hoje em dia, nem o título estadual se comemora mais. Mais vale ser o quinto colocado no Brasileiro e jogar a libertadores em 2017. Libertadores. Voltar a essa competição é fundamental para o Fluminense. Todos os esforços deve, ser nesse sentido. E temos 3 chances pra isso: Títulos da Copa do Brasil ou Sulamericana e uma boa colocação no Campeonato Brasileiro. E amanhã, pela C...

Os Top Scout

Jogador ofensivo precisa ser decisivo. Apresentar números. Precisa fazer gol e/ou dar passe pra gol. Então eu calculei o percentual de poder de decisão de 51 jogadores (tem representantes de todos os times) da série A do campeonato brasileiro. A fórmula é simples: O PPD (Percentual de Poder de Decisão) = (gols + passes p/gol) dividido pela quantidade de jogos de cada jogador. O resultado multiplica por 100. Exemplo: Dedé fez 5 gols e deu 5 passes pra gol. Jogou 20 jogos. (5 + 5)/20 = 0,5. 0,5 x 100 = 50% que é seu percentual médio de poder de decisão. A cada 2 jogos, 1 lance decisivo (gol ou passe). Mole de entender né? O Footstats me ajudou. Então lá vai a lista do percentual de poder de decisão de 50 jogadores (todos ofensivos, de lado, centralizados, meias) da Série A em ordem decrescen...

Cícero, Orejuela, Moisés, Tchê Tchê, Arão, Rodriguinho…

Cícero não é um grande jogador. Nunca foi ou será. E o salário de quase R$ 500 mil era realmente alto. Mas eu acredito que sua saída enfraquece nosso elenco e fortalece o do São Paulo. E vou comparar alguns números (que acho importantes pra sua posição) com os dos destaques do campeonato brasileiro (em que ele mesmo, apesar da perseguição de parte da torcida, foi um deles). Vamos parar de chamar esses caras de volantes. Todos os citados são meio campistas, que em maior ou menor grau marcam, jogam, organizam, tentam chegar na frente. Da seleção do campeonato brasileiro escolhi Moisés e Tchê Tchê. Moisés (34 jogos) Gols – 3 Passes pra gol – 2 Desarmes – média de 2,14 por jogo Finalizações certas – média de 0,73 por jogo Finalizações erradas – média de 1,20 por j...

Reflexão

Gian é estudante de Direito da UFRJ. E torce pelo Fluminense. Escreveu o texto abaixo no facebook dele e achei excelente. Tanto que resolvi colocá-lo aqui, em forma de post, compartilhá-lo com os leitores do futebolzinho.com Aí vai: “Não me importam as chuteiras coloridas, mas o povo nos estádios ou O futebol moderno para além de Didico. Surgiu há alguns anos e logo se alastrou. Era uma luta bela, contra um maléfico adversário comum, criando em todos a incumbência de combatê-lo. Era a famigerada oposição ao futebol moderno. Mas, de tão pronunciado, de tão odiado, o dito “futebol moderno” parece ter tido sua semântica deturpada. Aliado ao crescimento de Cenas Lamentáveis e Manuais dos Jogadores Ruins, logo, o futebol moderno foi coberto pela sombra de Aloísios Chulapas, Di...

Contratações e Dispensas 2016-2017

Vamos fazer hoje um post sobre a situação de momento de cada time brasileiro em relação a dispensas e contratações. Apenas negociações resolvidas constam dessa lista. Flamengo  Chega –  Trauco – Lateral esquerdo, peruano, ex universitário. Vasco  Chega – Cristóvão é o novo treinador – Escudero, meio campo ex Vitória Botafogo Chega – Roger, centroavante, ex Ponte Preta – Gatito Fernandez,  goleiro ex Figueirense – Montillo, meia Sai – Sidão goleiro – Neilton, atacante – Diogo Barbosa, lateral esquerdo São Paulo Chega – Rogério Ceni, treinador – Welington Nem ex Flu, Shaktar – Sidão goleiro, ex Botafogo e Audax – Neilton, atacante, ex Botafogo Sai – Hudson, volante – Michel Bastos, meio/lateral esquerdo...

City 1 x 3 Chelsea. Uma pequena aula de Antonio Conte.

Em dia de Barcelona e Real madrid, Manchester City e Chelsea protagonizaram um dos melhores jogos do ano. Vamos falar primeiro do vencedor e líder da Premier League. O Chelsea. O Chelsea, diferente do que vem sendo dito, não joga com 3 zagueiros. Os zagueiros são David Luiz e Cahil. Azpilicueta é lateral, assim como Marcos Alonso na esquerda. O que Conte faz é, com a bola, fazer a linha de 3 na saída com o David Luiz que tem ótima saída pelo centro e Azpilicueta, que é lateral pelo lado, apoiando Moses (ou Pedro ou William, quem jogar pela direita). Mas é na defesa que a escola italiana se faz presente. E foi aqui que Conte conseguiu anular um princípio de jogo consagrado por Pep Guardiola. A  amplitude que cria espaços no meio campo. Já é tendência. Linha de 5 jogadores atrás, seguidas po...

Eu apoio Mário Bittencourt

Eu não costumo escrever, nem aqui, muito menos no Globoesporte, posts relacionados à política do Fluminense. Primeiro porque não gosto do assunto, segundo porque minha praia é campo e bola, de preferência, indo pra rede adversária. Mas sábado tem eleição no Fluminense. Eleição para presidente. E, como sempre faço em relação a todos os assuntos, vou me posicionar. Em favor do candidato Mário Bittencourt. E aqui explicito os motivos: – O Plano de Gestão de Mário Bittencourt é o mais bem elaborado Começo informando que não consegui encontrar o Plano de Gestão do candidato Celso Barros. O candidato da Flusócio, Pedro Abad tem o apoio do presidente Peter. É a continuidade dessa gestão. A Flusócio sempre foi base de apoio do presidente Peter. No site da candidatura (www.abadpresidente.com....

Brasil e Argentina

Jogo que o mundo do futebol para pra ver. Por mais que digam que seleção não é a mesma coisa, que não há mais interesse, ninguém fica indiferente a um Brasil e Argentina. Temos um desfile de grandes jogadores: Marcelo, Dani Alves, Philippe Coutinho, Mascherano, Di Maria e Higuain. Temos um craque: Neymar E temos Messi. Tudo no mesmo jogo. Principalmente Neymar e Messi que redefinem com perfeição o novo papel do camisa 10 no futebol moderno. O lugar do camisa 10 mudou no campo de jogo. Com as linhas muito próximas (compactadas) o 10 centralizado da década de 80 e 90 foi buscar espaço em 3 lugares dependendo das suas características: – Recuou pra organizar o jogo. – Foi pro lado do campo armar e vir pra dentro com a bola e/ou fazer a diagonal. – Virou falso nove pra jogar n...

Falta gestão. Falta mentalidade vencedora. Falta gol

O Cruzeiro entrou em campo desgastado pela decisão que tiveram na quarta-feira, numa tentativa de reverter um resultado adverso. O Cruzeiro entrou em campo arrebentado psicologicamente pela eliminação dolorosa do meio de semana. O Cruzeiro, que não fez um bom trabalho de reposição do elenco bi campeão patina no brasileiro, briga embaixo. O Cruzeiro que nem time titular possui, pois seu treinador ainda não achou o dele. Esse Cruzeiro arrebentou o Fluminense ontem. O vergonhoso Fluminense. 2 pontos conquistados nos últimos 6 jogos, 18 pontos disputados. A título de comparação os 4 últimos colocados antes da rodada de fim de semana haviam feito nos últimos 5 jogos: Vitória – 4 pontos Figueirense – 3 pontos América MG – 9 pontos Santa Cruz – 4 pontos Nessas últimas 6 ro...