Vasco

Ambulância com Bruno Silva precisa ser empurrada por jogadores de Vasco e Flamengo no Mané Garrincha

Uma cena bizarra aconteceu no clássico entre Vasco e Flamengo, no último sábado (16), no Mané Garrincha, pelo Campeonato Brasileiro. O volante vascaíno Bruno Silva precisou de atendimento após um choque grave com a cabeça e a ambulância, obrigatória em todos os estádios, foi acionada. Após o atleta ser atendido e colocado dentro do veículo, a van não quis dar partida e jogadores dos dois times precisaram empurrar para dar um ‘tranco’ e a ambulância sair de campo. CONFIRA OS DETALHES CLICANDO AQUI! O duelo entre Vasco e Flamengo, em Brasília, terminou 1 a 1, com gols de Andrés Ríos e Luiz Gustavo (contra).

Protesto! Vasco desembarca no Rio sob pressão da torcida: ‘Se cair, vai dar m****’

O Vasco da Gama chegou ao seu quinto jogo consecutivo sem vitória no Campeonato Brasileiro. No clássico diante do Flamengo, o empate em 1 a 1, no Mané Garrincha, deixou um gosto de derrota para a torcida, que foi ao desembarque do time no Rio de Janeiro. Cerca de dez pessoas cobraram o presidente Alexandre Campello, além de protestarem também contra o grupo de atletas. “Contra o Bahia (a vitória) é obrigação. Se cair, vai dar m****”, protestavam os presentes. No momento, o Vasco ocupa a 17º posição, estando no Z-4 do Brasileirão, com 25 pontos. O empate em Brasília foi construído com um gol de Andrés Rios para o Cruz-Maltino e uma bola na rede contra de Luiz Gustavo, o que configurou a igualdade no placar. O zagueiro do time da Colina já havia sido cobrado durante a semana e ac...

‘Não era o resultado que queríamos’, lamenta Alberto Valentim, após empate no clássico com o Flamengo

“Se tratando de classificação, não era o resultado que queríamos. Gostei muito do primeiro tempo. Era a nossa proposta de jogo, procurando jogar futebol no campo do adversário. Poderíamos ter feito o segundo gol”, Ainda sem vencer à frente do Vasco da Gama, foi assim que Alberto Valentim explicou o resultado de 1 a 1 no clássico diante do Flamengo. O time não vence há cinco partidas no Brasileiro e, após o empate no Mané Garrincha, em Brasília, o comandante também falou sobre a cobrança que o grupo vem sofrendo, mas frisou que a torcida está apoiando o Cruz-Maltino. “Foi uma semana de cobrança. Quero lembrar que foi o torcedor que veio conversar com a gente, que veio na porta do nosso hotel. Ele veio nos apoiar. A cobrança interna existe, imagina da maior riqueza do Vasco...

Alberto Valentim explica opção surpresa com Fabrício no meio-campo: ‘Eu queria ele fazendo essa ligação’

Por Lucas Pedrosa O técnico Alberto Valentim, após o empate em 1 a 1 com o Flamengo, no Mané Garrincha, explicou a opção surpresa por Fabrício no meio-campo em entrevista coletiva. Questionado sobre o lateral esquerdo que chegou a treinar em separado do elenco e descartado pela diretoria, o comandante vascaíno rasgou elogios ao jogador. “Fabrício vem trieinando muito bem, muito forte. É o que mais está correndo nos treinos, em distância, em alta intensidade. Tem qualidade. Eu queria ele fazendo essa ligação no meio-campo. Quem treina bem, vai jogar”. Na parada para a Copa do Mundo, Fabrício chegou a ser liberado por alguns dias para resolver seu futuro. A intenção do Vasco era negociá-lo, mas nenhuma proposta chegou e o atleta apenas ficou treinando no grupo. Um exemplo é que, ...

Após passar a noite em observação por choque na cabeça, Bruno Silva tem alta e volta ao Rio de Janeiro

O volante Bruno Silva, do Vasco, teve alta na manhã deste domingo (16) após passar a noite em observação em um hospital de Brasília. O motivo foi o choque com Luiz Gustavo, também do Cruz-Maltino, no clássico diante do Flamengo, no último sábado (15), no Mané Garrincha. No mesmo lance, Bruno caiu de cabeça e ficou desacordado até ser levado de ambulância. para uma clínica. O médico do Vasco da Gama, Marcos Teixeira, acompanhou Bruno Silva e também está de volta ao Rio de Janeiro. Ao Sportv, o doutor explicou o real panorama do volante vascaíno. “Ele permaneceu internado para observação. O quadro exige de 12h a 24h. Mas hoje pela manhã ele estava, lúcido. andando, tomou banho sozinho…”. Desta forma, Bruno Silva vai permanecer sendo acompanhado dos médicos e o quadro será a...

A melhora por caminho enviesados…

O empate em 1 a 1 no clássico entre Vasco e Flamengo, no Mané Garrincha, em Brasília, pela 25ª rodada do Brasileiro, não resolveu a vida dos técnicos Alberto Valentim e Maurício Barbieri. Tanto que as duas delegações desembarcaram no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, pressionadas por suas torcidas. Mas, dentro das deficiências que os dois times apresentam, o resultado no clássico abriu perspectivas de melhora – ainda que seja por caminhos enviesados. Leia no Blog FC & T. 

Vasco: parabéns pelos 100 anos de glórias e conquistas

Datas redondas, como 120 anos, são perfeitas para grandes comemorações. Mas para o Vasco, que completa seu centésimo vigésimo ano de fundação hoje, poucos são os motivos para festa. E não apenas por conta do melancólico empate com o Ceará em São Januário. Esse aliás, nem chega perto de ser o principal motivo para o clima não ser exatamente festivo. O pior é a sensação clara, e certamente compartilhada com a grande maioria da nossa torcida, de que o Vasco parou na história, ou ainda, recuando há pelo menos 18 anos. E como a atual gestão tem ainda mais dois anos pela frente e não dá a menor pinta de que conseguirá reverter essa situação, podemos dizer que o nosso amado clube interrompeu sua gloriosa história no seu centenário. (Abre parênteses: claro que não podemos esquecer o ano de 2011, n...

Dotozinho tenta tumultuar e choca zero vascaínos

Na minha opinião, a melhor piada sobre o namoro homossexual recém-assumido pelo tricolor Lulu Santos é a que dizia que o cantor “sai do armário e choca um total de zero pessoas”. Me lembrei desse caso assim que vi esse tweet do Eurico Brandão, o “Dotozinho”: Já sabíamos que o Brant não assumia desde o primeiro dia. Acordo já estava fechado desde antes da eleição. Um dia conto tudo mas só daqui a um tempo. — Eurico Angelo Brandão De Oliveira Miranda (@euricobmiranda) August 1, 2018 Seja verdade ou não, esse tipo de informação não chega a ser uma surpresa para muita gente. Teorias de que o Campello formava a tal “chapa-laranja” do Dotô (aquela encabeçada por um aliado qualquer posando de oposição para tirar votos de quem realmente se opõe ao clã Miranda) durante as eleições era algo co...

Vasco reduz a folha

Economia na folha salarial à vista, no Vasco. Cerca de R$ 900 mil mensais com a saída de quatro jogadores: Riascos, que rescindiu contrato para jogar na China, Bruno Paulista, devolvido ao Sporting-POR, Erazo e Wellington. Erazo, inclusive, está liberado há algumas semanas para tratar de sua transferência para o Barcelona de Guayaquil. Wellington tem tudo para fechar com o Atlético-PR. Passando nos exames médicos de seu novo clube, ele terá seu contrato rescindido com o Vasco, que deixará de pagar cerca de R$ 220 mil. A saber se haverá reposições para o elenco. O clube negocia com o zagueiro Oswaldo Henríquez e o atacante Maxi López.

Cria do Vasco, Coutinho se sente bem com a amarelinha

Escrevo isso antes do jogo contra o México, portanto, são impressões sobre a primeira fase da Copa. E só podemos chegar a uma conclusão se falarmos sobre os três primeiros jogos da Seleção Brasileira no Mundial. O nome do time, até agora, é Phillipe Coutinho. Coutinho foi fundamental em três dos cinco gols da seleção, marcando dois e fazendo a assistência de um. Com isso, o camisa 11 assumiu o protagonismo da amarelinha, independente do hype em favor do “garoto” Neymar. Claro que devemos levar em consideração a falta de ritmo da estrela maior da equipe.  E é bem possível que Neymar ainda melhore de produção. Mas isso não diminui a bola que Coutinho vem jogando. Bola essa que fez do meia o jogador mais importante na classificação do Brasil para as oitavas de final. E é pelas belas atuações ...

A ‘exaltação’ que diminui a história do Vasco

Mesmo com a vitória do Vasco sobre a La U e a conquista de uma vaguinha na Copa Sul-Americana, meu perfil no Twitter (o @jc_CRVG, onde costumo comentar as partidas do time em tempo real) protagonizou uma polêmica: fui falar mal do Gustavo Villani, locutor da SporTV que transmitiu a partida, e uma chuva de protestos caiu sobre a minha cabeça. Foi uma surpresa pra mim. Não apenas porque não imaginava que o locutor tivesse um fã clube tão grande. Mas principalmente pelo motivo: eu fui defender o Vasco e os próprios vascaínos discordaram veementemente de mim. Explico melhor…não entrei no mérito das qualidades do Villani como narrador. Ele realmente transmite emoção e fala bem menos besteiras que média dos locutores que vemos por aí. A questão é que, mesmo relembrando a cada momento a imp...

Campello: um inocente na presidência do Vasco

A justificativa utilizada pelo presidente Alexandre Campello para abandonar a coalizão de chapas que venceu o último pleito vascaíno foi de que uma das chapas (a Sempre Vasco, do candidato Julio Brant) abandonou o diálogo com as chapas parceiras e passou a arquitetar medidas sem uma discussão prévia com seu grupo político. A história depois disso, todos já sabem. Campello pulou fora da coalizão, se lançou candidato à presidência e venceu Brant, o indicado pelo grupo vencedor do pleito. Para isso, o atual presidente contou com o apoio de chapas perdedoras, incluindo aí a do Eurico Miranda (a quem Campello atacou durante toda campanha). Meses depois, o que vemos? O grupo que colocou Campello no poder se esfacelar com uma demissão em massa de vice-presidentes. E, a maior ironia nisso tudo, os...