Jádson fluminense

Jadson analisa momento de pressão no Fluminense e afirma que está ‘muito feliz’ no clube


O Fluminense vive um momento conturbado dentro e fora de campo atualmente. Sem vencer há cinco jogos, o Tricolor também convive com a falta de pagamento de salários, crise política e o fim da paciência da torcida. Em entrevista coletiva no CT Pedro Antonio, o volante Jadson afirmou que o time já convive com a pressão desde que a temporada iniciou. “Pressão maior do que vivemos o ano inteiro é difícil. Desde que o ano começou vivemos uma corda bamba. Tem que ganhar, jogar bem, crise política… Não tem como colocar mais pressão em cima do nosso grupo. Não temos uma situação tão confortável, mas também não é tão delicada. Se está ruim para nós, imagina para os quatro na zona de rebaixamento. Precisamos fazer um bom jogo, transformar em gols as nossas oportunidades, sair de lá tranq...

Tricolores deixam o campo revoltados com a arbitragem de Bráulio Machado


Os jogadores do Fluminense reconheceram a superioridade e a qualidade do líder do Campeonato Brasileiro. Mas saíram na bronca com a arbitragem do confronto desta quarta-feira (14), na Allianz Arena, em São Paulo. Para o goleiro Júlio César, o árbitro Bráulio da Silva Machado apitou faltas inexistentes, como no segundo e terceiro gol, beneficiando o clube paulista na vitória por 3 a 0 “É fato que a equipe do Palmeiras tem uma qualidade enorme, não por acaso está na liderança do campeonato, mas com uma arbitragem assim fica difícil. Me desculpe, mas faltas que não existem. Os segundo e terceiro gols originados em faltas que não foram nada. Entrega a taça para o Palmeiras logo”, desabafou Júlio César em entrevista à TV Globo. Na saída para o intervalo, Jadson já havia usado palavr...

Destaques da goleada sobre o Paraná, volantes ‘artilheiros’ comentam atuações


O improvável homem do jogo. Desta forma pode-se descrever Jádson, autor de dois gols na goleada tricolor por 4 a 0 contra Paraná, válido pela 28° rodada do Campeonato Brasileiro, no Maracanã. Até então, o volante só havia marcado um gol com a camisa tricolor (contra o Botafogo, no Campeonato Carioca). Mais do que isso: o atleta nunca havia antes marcado duas vezes na mesma partida em sua carreira. Questionado sobre sua noite iluminada, ele não escondeu a alegria. “Fiquei feliz, pude fazer dois gols hoje. Mas estou mais feliz pelo desempenho em campo, pela vitória. Precisávamos dessa vitória para respirar no campeonato, dar uma arrancada, ter uma sequência boa” disse Jádson. Durante a sua comemoração, foi só amor e não deixou de mandar coração para a sua esposa. O próprio reconheceu que não...