Marcelo Oliveira

Marcelo Oliveira se despede dos tricolores dizendo ter entregue o que podia…

A eliminação nas semifinais da Copa Sul-Americana para o Atlético-PR foi a gota d’água para a passagem de Marcelo Oliveira pelo Fluminense. A péssima sequência recente de resultados e os jogos sem marcar gols pesaram contra o treinador, que, no entanto, garantiu ficar na torcida para que o time tricolor escape do rebaixamento no Campeonato Brasileiro no domingo, quando enfrenta o América no Maracanã. “Só posso finalizar agradecendo aos nossos jogadores, que, por todo o empenho que demonstraram na temporada, merecem muito a vitória nesta última rodada; à torcida, que sempre demonstrou seu apoio e amor, mesmo em um ano difícil; aos funcionários do clube, sempre comprometidos com o melhor para a instituição, independentemente do cenário; e à diretoria, que me fez o convite para co...

Choro no vestiário e fé: Marcelo Oliveira lamenta eliminação, mas confia em permanência na Série A

O Fluminense vive o momento de maior pressão na temporada. Após a eliminação na Copa Sul-Americana nesta quarta, após derrota por 2 a 0 para o Atlético-PR, no Maracanã, Marcelo Oliveira revelou que alguns jogadores chegaram a chorar no vestiário e fez questão de pedir a mobilização dos tricolores para o duelo decisivo no Brasileirão neste domingo, às 17h (de Brasília), diante do América-MG, que vale a permanência na Série A. – Por mais que a gente tenha dificuldades e limitações, existe uma dignidade, uma honradez desses atletas de passarem por tudo isso e seguirem brigando. Alguns deles estavam chorando no vestiário e já começamos a fazer essa mobilização para domingo. – Para que possamos fazer um jogo muito melhor, competente, para buscar a vitória. O América-MG tem seus obje...

Há onze horas sem gol, time de Marcelo Oliveira bate recorde histórico negativo

O Fluminense perdeu mais uma partida neste domingo (25) e chegou à marca impressionante de 657 minutos (10,9 horas) sem balançar as redes no Brasileiro. O último foi marcado por Luciano aos 18 minutos do segundo tempo na vitória de 1 a 0 sobre o Atlético-MG, jogo válido pela 30° rodada do Brasileiro. Desde então já são sete jogos sem vitória: Santos, Vasco, Sport, Palmeiras, Ceará, Bahia e Internacional. Mas há um outro dado negativo: se for computado o gol do mesmo Luciano aos 3 minutos do segundo tempo da partida contra o Nacional, pelas quartas de final da Sul-Americana, o time repete a marca de 672 minutos (11,2 horas) sem gol em igualmente sete jogos sem vitória: Vasco, Atlético-PR, Sport, Palmeiras, Ceará, Bahia e Internacional. – Não tenho explicação absoluta para essa irregul...

Marcelo Oliveira admite preocupação com a situação, mas critica arbitragem no Brasil

A derrota para o líder do Brasileiro, fora de casa, deixou o Fluminense mais próximo dos times na parte de baixo da tabela. Para quem há pouco tempo estava praticamente livre do rebaixamento, o rendimento nas últimas partidas deixou Marcelo Oliveira preocupado: nas últimas seis rodadas, o Tricolor só venceu uma partida. Pior: fez apenas um gol. O treinador convocou a torcida para a “final” diante do Ceará, segunda-feira (19), no Maracanã. “Quando não ganha, claro que preocupa. Temos de manter o equilíbrio. Em algumas dessas partidas sem ganhar, o time foi bem. Jogamos bem contra o Sport, poderíamos ter ganho. Hoje tivemos jogo equilibrado. Ficar na parte de baixo da tabela é ruim e pesado, especialmente pela camisa do Fluminense. Temos uma decisão importante, é uma final....

Marcelo reprova a atuação do Fluminense e critica preparação dos jogadores no Brasil

Marcelo Oliveira reprovou a atuação do Fluminense no empate em 0 a 0 com o Sport, na noite de domingo (11), no Maracanã. Apesar de o time tricolor ter tido mais finalizações (14 a 2, segundo o Footstats), e mais posse de bola (62% a 38%), as chances criadas não foram convertidas em gol e isso o deixou visivelmente frustrado. O treinador fez uma crítica velada à maneira como os jogadores se preparam nos treinamentos. “Jogador brasileiro peca muito de não trabalhar alguns complementos, como cabeceio, perna esquerda… Vamos trabalhar dentro dessa dificuldade que tivemos hoje” , disse. Marcelo esperava ver o Fluminense longe da zona de rebaixamento para ter mais tranquilidade na preparação visando à semifinal da Copa Sul-Americana, dia 28, no Maracanã – jogo de volta con...

Marcelo Oliveira frisa chances perdidas pelo Atlético-PR e acredita: ‘Podemos reverter’

O Fluminense saiu em desvantagem na semifinal da Sul-Americana. Após perder por 2 a 0, na Arena da Baixada, o treinador Marcelo Oliveira reconheceu que o Atlético-PR poderia ter feito mais gols e assim encaminhado a classificação. No entanto, usou as mesmas palavras para justificar que, devido as chances perdidas do adversário, o Tricolor está vivo na competição sul-americana. “O Atlético-PR poderia ter feito mais gols e encaminhado a classificação. Entendemos que eles perderam várias chances aqui e está em aberto ainda. Vamos buscar aproveitar o fator campo para tentar reverter o resultado”, analisou o técnico. O Furacão teve o dobro de finalizações (10 x 5), foi mais intenso e soube aproveitar as chances claras de gol que criou (4 x 2). Desta forma, para Marcelo Oliveira, foi...

Marcelo Oliveira gosta da postura do Fluminense, mas critica Sornoza pela expulsão

O Fluminense teve mais posse de bola, finalizações, escanteios – e até mais presença no campo do adversário. Mas foi o Vasco quem venceu o clássico deste sábado (3), por 1 a 0, na 32° rodada do Brasileiro. Apesar dos dados positivos da análise de desempenho, o técnico Marcelo Oliveira considerou o resultado justo. Segundo ele, faltou “efetividade” ao time tricolor. “Ficamos bastante com a bola, e tivemos 22 finalizações. Algumas foram para fora. Entendo que no primeiro tempo rondamos muito a área e erramos na última bola. Tivemos competência, mas não fomos efetivos. Foram 70% de posse de bola, nove escanteios, mas estando no futebol há tanto tempo, se me perguntarem se foi justo, digo que sim. O Vasco achou uma situação com a bola na mão no Paulo (Ricardo, zagueiro)...

Ainda com dúvidas na equipe, Fluminense enfrenta o Nacional-URU em Montevidéu

Nesta quarta-feira (31), o Fluminense enfrentará o Nacional-URU, em Montevidéu, às 19h30 (de Brasília) valendo vaga nas semifinais da Sul-Americana. O clube carioca precisa de uma vitória simples ou empate por dois ou mais gols para avançar de fase. No entanto, há outra dor de cabeça para Marcelo Oliveira: Gum e Léo não estão confirmados e, segundo o treinador, o caso do Léo preocupa mais para o confronto decisivo. “Léo preocupa um pouco mais. Ainda está um pouco inseguro e temos a chance de testá-lo pela última vez nesta terça para decidir. Sobre o Gum a expectativa é melhor. Ele está sentindo um pouco o tornozelo, mas é um tipo de lesão que dá para jogar. Gum se posiciona muito bem, é importante, experiente. Vamos aguardar. O importante é entrar forte, com bom equilíbrio entre a de...

Marcelo Oliveira mostra confiança para jogo da volta: ‘Absoluta certeza que é possível’

O Fluminense quase conseguiu sair com uma vantagem para o jogo de volta, mas pagou o preço pelo excesso de erros e acabou ficando somente no empate em 1 a 1 contra o Nacional-URU, no Estádio Nilton Santos. O gol no fim foi um balde de água fria nos torcedores e jogadores. Porém, não para o treinador do clube carioca. Em entrevista coletiva após o duelo, Marcelo Oliveira lamentou o placar e disse acreditar na classificação fora de casa. “Temos absoluta certeza que é possível. Esse grupo se superou várias vezes. Da mesma forma que o Nacional conseguiu gol no fim, podemos buscar a vitória lá. Nacional jogou muito bem, é um time bom. Não foi surpresa. Deve ser um jogo muito bom lá. Vamos nos preparar bem para tentar trazer a classificação”, analisou Marcelo Oliveira O treinador tam...

Marcelo Oliveira pede calma à torcida, e mais duas vitórias ao time, para então priorizar a Sul-Americana

A vitória do Fluminense diante do Atlético-MG foi bastante comemorada por Marcelo Oliveira. O treinador falou sobre o gol de Luciano, pediu calma com a euforia por vaga no G-6. Marcelo frisou que o objetivo maior, neste momento, é pensar antes em duas vitórias que afaste, matematicamente, o risco de rebaixamento. O time chegou aos 40 pontos e à partir dos 44 ou 45 o técnico poderá mesclar os jogadores, priorizando a Copa Sul-Americana, competição com a qual a torcida ainda se mostra animada. “Muitos falam em 44 ou 45 pontos. Isso pode mudar em relação aos próximos jogos. Com mais duas vitórias, a gente fica tranquilo e passa a pensar em coisas maiores. Atingindo essa pontuação, passaremos a ter tranquilidade para mesclar o time e priorizar a Sul-Americana. É um título importante e dá...

Fluminense confirma retorno de Leo e Sornoza para jogo contra Atlético-MG

Na manhã deste sábado, o Fluminense fechou a preparação de maneira descontraída, visando o jogo contra Atlético-MG, domingo (21), às 16h (horário de Brasília), Estádio Nilton Santos. A semana de treinos foi também de muita conversa, e Marcelo Oliveira acredita na recuperação do time facilmente derrotado no Fla-Flu. Para isso, conta com a volta do lateral-direito Léo e do meia Sornoza. “Léo nesse momento é o lateral-direito que temos em condições de jogo – o Julião também, mas está há muito tempo sem jogar. E está cumprindo bem tanto na linha de quatro quanto como ala, atacando. Treinou muito bem. Pode nos ajudar nesse tipo de jogo no qual precisamos atacar bem, mas também nos defender muito”, disse o técnico. Sobre Sonorza, foi ainda mais efusivo: “Sornoza está confirmado...

Marcelo Oliveira e Richard exaltam torcida após classificação: ‘Parceria fundamental’

A noite foi de festa para a torcida Tricolor. Com quase 40 mil pessoas no Maracanã, o time de Marcelo Oliveira venceu o Deportivo Cuenca por 2 a 0 e carimbou a classificação para as quartas de final da Copa Sul-Americana, nesta quinta-feira (04). Além de Digão, Richard marcou gol para o Fluminense. O comandante e o volante estiveram lado a lado na entrevista coletiva e exaltaram o feito do time carioca. “Vitória importante, fundamental para a nossa passagem, nós conquistamos uma vantagem que era importante, mas que numa competição como essa a gente tinha que ter determinados cuidados, adversário veio aqui, conseguiu jogar mais do que pensei, mas sem tanto susto para nosso goleiro. Ponto muito positivo são duas vitórias, sem levar gols, nos dá condições de passar para a outra fase e a...

  • 1
  • 2