Renato Gaúcho

Ramiro não treina com bola e Grêmio pode ter mais um desfalque jogo de domingo


Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Paulo Miranda e Cortez; Michel, Maicon, Ramiro ou Alisson, Jean Pyerre e Everton; Jael. Embora não confirme, essa é a provável formação que o técnico Renato Gaúcho levará a campo no domingo para enfrentar o Vasco, às 17h (de Brasília), em sua Arena, em Porto Alegre. O zagueiro Kannemann e o atacante Luan, em recuperação física, não têm data prevista para retornarem o time, e o meia Ramiro passou a ser dúvida por não ter treinado com os companheiros na tarde desta quinta-feira, no CT Luiz Carvalho.                                                     Renato conversa com o elenco antes do treino do CT Luiz Carvalho. Foto: Eduardo Moura O jogador foi substituído na vitória de 1 a 0 sobre o Atlético-MG, no último sábado, mas treinou normalmente até quarta-feira....

Empresário de Renato Gaúcho não descarta o Flamengo, mas frisa prioridade ao Grêmio


O Grêmio vai marcar uma reunião nos próximos dias para tentar renovar o contrato do técnico Renato Gaúcho. O empresário do treinador, Gerson Oldemburg, aguarda a iniciativa do clube gaúcho, mas não descarta ouvir outras propostas. Segundo Oldemburg, a prioridade é do Grêmio. Mas, questionado se Renato estaria aberto a conversar com outros clubes, entre eles o Flamengo, que já o procurou no começo do ano, o agente deixou em aberto. “Por enquanto, não tenho tido nenhum contato de clubes. Todos os clubes que nos procuram são tratados com maior respeito. Mas acredito que o Grêmio deve marcar algo essa semana”, afirmou o empresário. No Grêmio, o presidente Romildo Bolzan está otimista por um desfecho rápido da renovação. No entanto, a imprensa gaúcha acredita que Renato pode ser sed...

Uma inédita sobre o Gol de Barriga


Se o Fla-Flu começou 40 minutos antes do nada, como sentenciou Nelson Rodrigues, o Gol de Barriga, a maior representação do grande clássico do futebol, teve início uma semana antes daquele inesquecível 25 de junho de 1995. A gestação daquela barriga santa começou dia 18, no acanhado Estádio Odair Gama, em Três Rios. Poucos têm noção disso. Oficialmente, apenas 4.018 tricolores. Quem esteve lá, no entanto, lembra que pelo menos 10 mil de nós nos acotovelamos e levamos o Fluminense a uma vitória que foi imprescindível para a conquista histórica do domingo seguinte. Os mais jovens talvez não saibam, mas o maior Fla-Flu de todos os tempos não foi uma finalíssima. O jogo valia pela última rodada do octogonal final e o Flamengo tinha dois pontos a mais que o Fluminense na penúltima rodada. E jog...