Seleção Brasileira

Flamengo acerta a venda de Lucas Paquetá para o Milan por R$ 150 milhões

O Flamengo depende de exames médicos para anunciar oficialmente a venda de Lucas Paquetá para o Milan. O meia de 21 anos, um dos principais jogadores do time nesta temporada, está sendo negociado por 35 milhões de euros – 15 milhões a menos do que a muta rescisória. O valor corresponde a R$ 150 milhões no encerramento do câmbio desta terça-feira (9) O jogador estava nos planos também do PSG de Neymar e Mbappè, mas os italianos fecharam a operação. Paquetá, que tem onze gols marcados em 48 partidas do Flamengo nesta temporada, fica no clube até dezembro. O jogador fez parte da relação de convocados do técnico Tite para os recentes amistosos da seleção brasileira contra Estados Unidos e El Salvador.

Faltou goleiro??

Havia alguns rumores, até mesmo antes da eliminação do Brasil pela Bélgica, que estávamos fracos de goleiro na Copa. Depois na eliminação, em que muitos acharam o segundo gol defensável, isto se transformou em hipótese. Após a apresentação do Cássio contra o Botafogo na 4a feira, sem ritmo depois de um tempão sem jogar, virou tese. Tudo bem que estou em terras corinthianas, mas, apesar disso, me surpreendeu a quantidade de gente que veio me procurar ontem e hoje para dizer isso. Iniciando pelo Cássio, não me surpreende, acho ele o melhor goleiro do Brasil. Pode-se dizer, sim, que ele merecia ter sido titular. Teria sido a minha opção, inclusive. Mais, o Alisson seria meu terceiro goleiro, pois ainda acho o Wanderley do Santos melhor que ele e o Diego. Entretanto, do ponto de não ter sido a...

E agora, José? Futebol – Alegrias e Tristezas

Quando um resultado esportivo adverso serve para uma reflexão sobre vários aspectos.

Cria do Vasco, Coutinho se sente bem com a amarelinha

Escrevo isso antes do jogo contra o México, portanto, são impressões sobre a primeira fase da Copa. E só podemos chegar a uma conclusão se falarmos sobre os três primeiros jogos da Seleção Brasileira no Mundial. O nome do time, até agora, é Phillipe Coutinho. Coutinho foi fundamental em três dos cinco gols da seleção, marcando dois e fazendo a assistência de um. Com isso, o camisa 11 assumiu o protagonismo da amarelinha, independente do hype em favor do “garoto” Neymar. Claro que devemos levar em consideração a falta de ritmo da estrela maior da equipe.  E é bem possível que Neymar ainda melhore de produção. Mas isso não diminui a bola que Coutinho vem jogando. Bola essa que fez do meia o jogador mais importante na classificação do Brasil para as oitavas de final. E é pelas belas atuações ...