Share This Post

São Paulo / Vasco

No banco do São Paulo, Nenê fez o último gol de falta do Vasco no Brasileirão

No banco do São Paulo, Nenê fez o último gol de falta do Vasco no Brasileirão

Criticado por alguns e amado por outros, o meia Nenê, hoje no banco de reservas do São Paulo, fez o último gol de falta do Vasco no Campeonato Brasileiro, ainda na temporada de 2017.

A partida foi realizada na Vila Belmiro contra o Santos. O Vasco ganhou por 2 a 1, com golaços de Evander, de fora da área, e Nenê, de falta, aos 47 minutos do segundo tempo. Confira os gols da partida:





NÚMEROS E TÍTULOS DE NENÊ PELO VASCO

O ex-camisa 10 do Vasco disputou 129 partidas, marcou 42 gols e deu 32 assistências.

– Campeão da Taça Guanabara 2016
– Campeão Carioca 2016
– Campeão da Taça Rio 2017

Com os 42 gols, Nenê é o quarto maior artilheiro do Vasco no século XXI, ficando atrás de Romário (131), Élton (52) e Leandro Amaral (51).

Na década, contando a partir de 01 de janeiro de 2010, Nenê é o segundo líder em assistências do Vasco, tendo 32 contra 33 do Eder Luis (segundo levantamento feito pelo Blog do Garone).

– Artilheiro e garçom do Vasco na temporada 2017, com 11 gols e 9 assistências.
– Artilheiro e garçom do Vasco na temporada 2016, com 21 gols e 18 assistências.
– Vice-artilheiro do Vasco na temporada 2015 com 9 gols.

A soma de gols de Yago Pikachu (27) e Andrés Ríos (15) pelo Vasco dá o mesmo número que a de Nenê pelo clube (42).

Nenê guardando seu último gol de falta pelo Vasco, garantindo a virada e a vitória contra o Santos (Foto: Nelson Costa/Vasco.com.br) 

CARÊNCIA NAS COBRANÇAS DE FALTA

Apesar dos números de Yago Pikachu agradarem, o atleta não supriu uma necessidade depois da saída do Nenê: gols de falta. Pikachu jamais fez um gol desta forma pelo Vasco e a necessidade da equipe está nítida: não conseguiu fazer marcar diretamente de bola parada no Brasileiro 2018.

Share This Post

Matheus Reis avatar
Roteirista por formação, estudante de Jornalismo na UniCarioca e Ciências Sociais na Uerj. Escrevo para o Expresso 1898 e sou setorista do Vasco no Futebolzinho.

Leave a Reply