Share This Post

Vasco

Thiago Galhardo corresponde à aposta de Valentim em sua posição de origem

Thiago Galhardo corresponde à aposta de Valentim em sua posição de origem

O último domingo (11) pode ter sido um recomeço para Thiago Galhardo. Apesar da derrota por 2 a 1 para o Grêmio, na Arena, o meia ganhou a confiança de Alberto Valentim para ser o ‘camisa 10’ da equipe, sua posição de origem, e marcou o gol vascaíno depois de bela jogada com Maxi López. Após oscilações, jogos fora de posição, lesões e ter ficado no banco para Fabrício, Galhardo correspondeu em boa hora e anima para a reta final do Brasileiro.

Thiago Galhardo já marcou seis vezes com a camisa vascaína e deu quatro assistências para seus companheiros em 2018. Apesar disso, o atleta não tem tido uma boa sequência de jogos, seja pelas lesões ou por opções técnicas. Desde que chegou à equipe, Valentim optou por começar jogando com o meia apenas três vezes em 14 jogos.





No entanto, ele vinha sendo escalado fora de sua posição de origem e estava atuando como segundo volante. Na última semana, o camisa 8 revelou que teve uma conversa com o técnico pedindo pra voltar a sua posição.

“Conversei com ele e pedi para não jogar mais ali, como volante, porque não estava conseguindo render tudo o que poderia. Não estava ajudando o time. Voltei para a minha posição de origem. Quando estava como volante me preocupava muito com a questão tática e estava um pouco perdido dentro do que o Alberto pede.”

No clássico carioca no último sábado (05), o meia entrou aos 11 minutos do segundo tempo e logo em seguida participou do lance que gerou o pênalti batido por Maxi Lopez, que garantiu a vitória vascaína sobre o Fluminense.

Thiago Galhardo comemora seu gol diante do Grêmio, na Arena tricolor (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Contra o Grêmio, o gol da equipe cruz-maltina saiu aos 12 minutos após Galhardo girar no meio de três jogadores, achar Maxi López e o argentino devolver de calcanhar para o meia, que bateu colocado e a bola só parou no fundo da rede.

PARCEIRA COM O HERMANO
O último gol de Thiago Galhardo havia sido contra a Chapeconse, no final de agosto, em São Januário. Na ocasião, Maxi Lopez também foi o responsável pela assistência para o meia marcar. Ao final da partida, o atleta falou sobre o jogo e o entrosamento com o argentino.

“Acho que fui bem. Ainda sinto um pouco de falta de sequência, senti cãibras. Espero que meu entrosamento com o Maxi ajude o time. Temos uma boa amizade fora de campo.”

Maxi Lópeza abraça Thiago Galhardo após assistência de calcanhar para o meia marcar contra o Grêmio (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

A cinco rodadas do fim do campeonato, o Vasco ocupa a 15ª posição na tabela e está a três pontos da zona de rebaixamento, com 38 pontos.

O próximo confronto do time carioca será na próxima quarta-feira (14), em São Januário, às 19h (de Brasília), contra o Atlético-PR. Já foram vendidos mais de 13 mil ingressos para a partida e os vascaínos esperam mais uma boa partida de Thiago Galhardo para espantar cada vez mais o fantasma do rebaixamento.

Share This Post

Comente nesta notícia!

Comentários

No comments yet