Share This Post

Vasco

Time joga contra a degola e tenta quebrar escrita com o Santos no Pacaembu

Time joga contra a degola e tenta quebrar escrita com o Santos no Pacaembu

Vasco e Santos já se enfrentaram 96 vezes em competições oficiais, desde o primeiro confronto com goleada de 4 a 0 em favor dos cariocas, em 1933: são 33 vitórias para cada lado, com 30 empates. No total, já são 120 partidas, com 41 vitórias santistas, 36 empates e 43 triunfos vascaínos. Mas há uma escrita a ser considerada no confronto desta noite. O time carioca nunca venceu o adversário em jogos no Pacaembu: em onze duelos, perdeu nove e empatou dois. É, portanto, pitada a mais de dramaticidade na partida das 20h (de Brasília), neste estádio.

O curioso é que o primeiro confronto entre ambos no Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu, foi disputado no dia 13 de maio de 1959, pelo Torneio Rio-São Paulo, com vitória do Santos por 3 a 0, mesmo placar do confronto do dia 5 de novembro de 1994, pelo Brasileiro – o último duelo neste estádio. Nestes onze confrontos entre os dois gigantes do futebol brasileiro nos 35 anos entre 1959 e 1994, os santistas fizeram trinta gols e sofreram apenas quatro dos vascaínos. (Veja a relação mais abaixo)





O jogo desta quinta-feira é adiado da terceira rodada do Brasileiro. No returno, o Santos venceu por 3 a 0 no Maracanã.

O técnico Alberto Valentim promoverá o retorno de três jogadores ao time titular: o lateral Rafael Galhardo volta à ocupar a lateral direita no lugar de Lenon, machucado, e os volantes Bruno Cosendey e Andrey reaparecem nas vagas de Desábato e Bruno Silva, que se recuperam de fratura no pé.

Sem Maxi López, que cumprirá suspensão automática, o Vasco jogará com Martín Silva; Rafael Galhardo, Luiz Gustavo, Leandro Castan e Ramon; Willian Maranhão, Cosendey, Andrey e Fabrício; Pikachu e Andrés Rios.

O Santos não terá o zagueiro Lucas Veríssimo, machucado, mas terá a volta de Gustavo Henrique à zaga titular ao lado de Róbson Bambu, depois de cumprir suspensão. O técnico Cuca não ainda se decidiu quanto a presença do atacante Derlis González, que se recupera de torção no pé direito.

O Peixe deve ir a campo com Vanderlei; Victor Ferraz, Róbson Bambu, Gustavo Henrique e Dodô; Alison, Carlos Sánchez e Diego Pituca; Rodrygo, Gabriel e Bruno Henrique ou Eduardo Sasha.

Os times disputam os três pontos com interesses distintos: em caso de vitória, o Santos assumirá o oitavo lugar  com 25 pontos; e o Vasco, se vencer, chega aos 31 pontos e se afasta do Z-4.

O lateral Ramon mostra confiança e crê que o Vasco ainda possa sonhar com vaga nas copas continentais.

“A nossa equipe é para brigar por algo maior e vamos procurar provar isso nessas partidas fora de casa. São jogos importantes e precisamos somar pontos, até para nos afastarmos da zona e adquirirmos mais confiança”, disse o jogador em entrevista ao site do Vasco.

Ramon é um dos líderes do elenco do Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

VEJA A RELAÇÃO DOS CONFRONTOS ENTRE SANTOS E VASCO NO PACAEMBU

17/05/1959 – Santos 3 x 0 Vasco – Torneio Rio-São Paulo – Pacaembu
02/03/1961 – Santos 5 x 1 Vasco – Torneio Rio-São Paulo – Pacaembu
29/03/1964 – Santos 2 x 0 Vasco – Torneio Rio-São Paulo – Pacaembu
01/12/1965 – Santos 5 x 1 Vasco – Taça Brasil – Pacaembu
20/03/1966 – Santos 5 x 2 Vasco – Torneio Rio-São Paulo – Pacaembu
24/10/1971 – Santos 2 x 0 Vasco – Campeonato Brasileiro – Pacaembu
09/12/1971 – Santos 4 x 0 Vasco – Campeonato Brasileiro – Pacaembu
17/01/1982 – Santos 1 x 0 Vasco – Campeonato Brasileiro – Pacaembu
11/09/1986 – Santos 0 x 0 Vasco – Campeonato Brasileiro – Pacaembu
06/11/1987 – Santos 0 x 0 Vasco – Campeonato Brasileiro – Pacaembu
05/11/1994 – Santos 3 x 0 Vasco – Campeonato Brasileiro – Pacaembu

Share This Post

Lucas Pedrosa avatar
Jornalista. Cobertura de Vasco, Flamengo, Botafogo e Fluminense pelo site Futebolzinho. Passagens por Lance! e Esporte Interativo. Ética. Verdade. Respeito. Sempre apaixonado por esse tal de futebol.