Share This Post

Fazendo a "de fora"

116 vezes Fluminense

116 vezes Fluminense

O Fluminense completou 116 anos da sua fundação.

Ontem, os amigos da Flupress já falaram muito sobre o seu amor e carinho e desfiaram mil e uma evidências do gigantismo deste clube e da paixão que nos une a ele. Não preciso falar mais do mesmo. Já foi feito com a devida competência.

Todos sabem o que significa o Fluminense. Sim, há os que fingem que não sabem, mas estão cansados de saber. Quem não sabe, prefere viver fora da realidade. Minha barba grisalha evidencia uma quantidade de vida suficiente para já ter entendido que para quem não quer enxergá-la, cabe pouco ou nenhum esforço nosso para modificarmos isso. Cada um define e segue o seu caminho como achar melhor. O arbítrio é livre. E, embora eu discorde disso veementemente, há muitos que preferem achar que a ignorância é uma bênção … não fazem parte do meu escopo.

E posto isso, gostaria de falar um pouco da capacidade das pessoas que criaram e transformaram este clube nesta entidade autônoma, com vida própria, muito maior do que elas mesmas, que faz com que cores despertem alegria, que gols e títulos modifiquem os ânimos e as vezes até os rumos de nossas vidas, que derrotas nos despertem sentimentos de perda que, por muitas vezes, temos dificuldade de superar, como a perda de entes queridos, que nos permite sentir o amor mais incondicional de nossas vidas, quase similar ao que sentimos por pais e filhos.

Acho que o grande desafio da gente aqui nesta aventura é conseguir, após a nossa partida, termos trabalhado e participado de algo que será eterno. Estes caras que criaram este gigante e tantos outros que o nutriram e mantiveram fazendo-o crescer, dando inclusive a oportunidade que todos nós torcedores pudéssemos dar algo de nós para contribuir com esta eternidade, merecem ser reverenciados.

Aqui vai o meu agradecimento particular a todos eles, tanto para os que acertaram quanto para e os que erraram tentando acertar.

Só terão sempre o meu desprezo aqueles que acertam tentando destruir.

Mas mesmo com estes, minha preocupação é pouca. Jamais terão força e competência bastante para conseguir.

Daqui a 15 minutos o Flu vai fazer mais uma vez aquilo que a gente sempre espera com ansiedade. Entrar em campo e preencher o nosso dia. Assim como sempre, estarei atento, torcendo, xingando, bem-dizendo, praguejando … nunca mudará. E, mais uma vez, eu só posso agradecer por isso.

Parabéns, Fluminense ! Quando um dia eu me for, vou um pouco mais tranquilo porque sei que você seguirá.

 

Share This Post

Antônio Ramos avatar
Ex-jogador, auxiliar técnico e instrutor de futebol, escrevendo sobre o tema há mais de 20 anos. Torcedor do Fluminense Football Club.
P