Share This Post

Botafogo / Copa Sul-Americana

Golaço de Erik no apagar das luzes quebra a invencibilidade do Defensa y Justicia

Golaço de Erik no apagar das luzes quebra a invencibilidade do Defensa y Justicia

Em uma noite de muita chuva, nesta quarta-feira (6), o Botafogo recebeu o Defensa y Justicia, da Argentina, no Nilton Santos, e conseguiu estrear com vitória na Sul-Americana. Lavando a alma para a sequência da temporada, Erik arriscou de longe no último lance do jogo e marcou um golaço. A vitória por 1 a 0 do time de Zé Ricardo premiou os torcedores que foram ao estádio prestigiar o “jogo de ida” da primeira fase da competição. O time argentino não perdia desde outubro e estava há 17 jogos sem derrota.

As equipes voltam a se enfrentar no próximo dia 20, desta vez na Norberto Tomaghello, na Argentina. Mas com o resultado, o Botafogo leva a vantagem na decisão da vaga para a segunda fase da competição. O time alvinegro terá poderá se classificar com um empate. Se perder por diferença de um gol (com exceção de um novo 1 a 0), o clube segue na competição. Se perder por este placar, a disputa da vaga vai para os pênaltis. O Defensa avançará no torneio de forma direta caso vença por dois de diferença.

POUCAS CHANCES

Devido a forte chuva, poucas chances foram criadas no início do jogo. Os jogadores tanto do Botafogo quanto do Defensa y Justicia se pouparam de jogadas mais ríspidas e focaram no trabalho de estudo, tentando aproveitar as falhas do adversário. As chances mais perigosas do primeiro tempo aconteceram aos 27 e 29 minutos, quando Alex Santana e Marcinho tentaram finalizar e quase acertaram o alvo. 

CHUVA SEGUE ATRAPALHANDO

Na volta para o segundo tempo, a intensa chuva seguia atrapalhando o jogo em campo. Os setores de criação acabavam ficando presos. Os jogadores do Defensa, a partir da segunda metade da etapa final, foram se soltando um pouco mais e até chegaram com perigo aos 23 minutos, quando Gatito Fernández foi acionado para grande defesa em tentativa de Nicolás Fernández.

LAVA A ALMA, ERIK!

O jogo se encaminhava para terminar no 0 a 0, sem muitas inspirações, até que Erik no último lance em campo resolveu a partida para o Botafogo. De longe, arriscou com uma bomba e estufou as redes defendidas por Unsain. Para lavar a alma alvinegra neste início de temporada. Vitória para dar confiança e moral aos comandados de Zé Ricardo, que vão com vantagem para o jogo de volta no fim deste mês e na continuação do ano, podem embalar nos demais torneios.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 1 x 0 DEFENSA Y JUSTICIA (ARG)

Estádio: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Data/hora: 6/2/2019, às 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Esteban Ostojich (URU) – Nota LANCE!: 6,5, Aplicou cartões corretamente e não influenciou no resultado. 

Assistentes: Miguel Nievas (URU) e Horácio Ferrero (URU)

Público/renda: 9.492 pagantes/ R$ 211.430,00

Cartão amarelo: Marcinho, Luiz Fernando, Joel Carli (BOT) e Barboza, Lisandro Martínez (DEF)

Cartão vermelho: –

GOL: Erik 48’/2ºT (1-0)

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Marcinho, Joel Carli, Gabriel e Jonathan; Jean, Alex Santana, Luiz Fernando (Gustavo Bochecha, aos 28’/2ºT), Rodrigo Pimpão (Gustavo Ferrareis, aos 33’/2ºT) e Erik; Kieza (Leandro Carvalho, aos 28’/2ºT). Técnico: Zé Ricardo.

DEFENSA Y JUSTICIA: Unsain; Julio González, Bareiro, Barboza e Delgado; Leonel Miranda, Alexis Castro (Matías Rojas, aos 15’/2ºT) e Blanco (Lisandro Martínez, no intervalo); Ciro Rius, Nicolás Fernández (Fernando Márquez, aos 33’/2ºT) e Aliseda. Técnico: Sebastián Beccacece. 

Fonte: Lancenet.com

Redação: Futebolzinho.com

Share This Post