Share This Post

Botafogo / Copa Sul-Americana

Goleada sobre o “papão argentino” e classificação na Sul-Americana

Goleada sobre o  “papão argentino” e classificação na Sul-Americana

A vitória por 1 a 0 sobre o Defensa y Justicia no Nilton Santos, no jogo de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana, deu ao Botafogo vantagem significativa para a partida na Argentina. E a classificação à próxima fase do torneio veio em larga escala. A equipe soube defender o resultado obtido no Rio de Janeiro, e neutralizou as ações do time que, invicto, divide com o Racing a liderança do Campeonato Argentino. Erik marcou duas vezes e Alex Santana fechou o surpreendente placar de 3 a 0 com um golaço do “meio da rua”.

Primeira Etapa

No primeiro tempo, o Botafogo adotou postura defensiva e marcou seu oponente atrás da linha do meio de campo. O time de Zé Ricardo só levou perigo à meta do Defensa aos 32 minutos, quando Kieza conseguiu tocar de joelho e a bola passou rente a trave. O mandante abusou dos cruzamentos na área que chegaram a preocupar Gatito e a zaga botafoguense em determinados lances.

Segunda Etapa

No segundo tempo, Beccacece fez algumas substituições e mudou a estratégia colocando o time pra frente, mas com essa postura mais ofensiva acabou deixando alguns buracos na defesa muito bem aproveitados nos contra-ataques pelo Botafogo. Com isso, a equipe carioca garantiu sua classificação com gols de Erik, aos 7 e pênalti convertido aos 29, e para fechar a contagem, Alex Santana, aos 35, encobriu o goleiro de longe marcando um golaço e decretando a vitória do time da Estrela Solitária.

Recompensa

Passar de fase na Sul-Americana é sinônimo de desafogo nas contas do Botafogo. Só para disputar a primeira etapa do torneio, a equipe carioca lucrou 300 mil dólares. Assegurado na próxima fase, o time receberá mais 375 mil dólares.

Próximos compromissos

O Botafogo espera sorteio e definição de outros confrontos para conhecer quem será seu próximo adversário na segunda etapa da Sul-Americana. A primeira fase só chega ao fim no dia 2 de maio.

Após isso, a equipe de General Severiano troca o foco e retoma as atenções para o Estadual: no sábado (23), às 19h30, enfrentará o Vasco no Nilton Santos, na abertura do segundo turno do Campeonato Carioca (Taça Rio).

Além disso, na próxima quarta-feira (27) o Botafogo tem compromisso pela segunda fase da Copa do Brasil: também no Nilton Santos, recebe o Cuiabá, às 21h30 (de Brasília).

Curiosidade

O triunfo em cima do Defensa y Justicia foi a primeira vitória do Botafogo em partidas oficiais em solo argentino. Anteriormente, e equipe carioca tinha participado de quatro jogos oficiais contra times argentinos: duas pela Sul-Americana e outras duas pela Libertadores:

River Plate 4 x 2 Botafogo – Sul-Americana de 2007

Estudiantes 2 x 0 Botafogo – Sul-Americana de 2008

San Lorenzo 3 x 0 Botafogo – Libertadores de 2014

Estudiantes 1 x 0 Botafogo – Libertadores de 2017

Ficha Técnica da Partida

Escalações:

Defensa y Justicia

Unsain; Tripichio, Lisandro Martínez, Barboza, Delgado, Villarruel; Blanco, Alexis Castro, Merlini; Aliseda e Fernando Márquez. Técnico: Sebastian Beccace

Reservas:

Avellaneda, Caire, Julio González, Bareiro, Barrientos, Leonel Miranda, José Fernández, Matías Rojas, Ciro Rius, Huguenet e Nicolás Fernández.

Botafogo

Gatito Fernández; Marcinho, Marcelo Benevenuto, Gabriel, Jonathan; Jean, Alex Santana, Luiz Fernando; Rodrigo Pimpão, Erik e Kieza. Técnico: Zé Ricardo.

Reservas:

Diego Cavalieri, Diego, Gilson, João Paulo, Alan Santos, Gustavo Bochecha, Gustavo Ferrareis, Rickson, Leonardo Valencia e Leandro Carvalho.

Substituições:

Defensa y Justicia

Saiu Villarruel e entrou Leonel Miranda (00’/2ºT)

Saiu Merlini e entrou Matías Rojas (07’/2ºT)

Saiu Delgado e entrou Nicolás Fernández(13’/2ºT)

Botafogo

Saiu Jonathan e entrou Gilson (17’/2ºT)

Saiu Kieza e entrou Helerson (26’/2ºT)

Saiu Luiz Fernando e entrou Leonardo Valencia (33’/2ºT)

Gols:

Botafogo

Erik (07’/2ºT)

Erik (29/2ºT)

Alex Santana (35’/2ºT)

Cartões Amarelos:

Defensa y Justicia

Alexis Castro (28’/1ºT)

Nícolas Fernández (24’/2ºT)

Botafogo

Luiz Fernando (20’/1ºT)

Jean (25’/1ºT)

Gatito Fernández (39’/1ºT)

Marcinho (06’/2ºT)

Rodrigo Pimpão (20’/2ºT)

Cartões Vermelhos:

Botafogo

Marcinho (23’/2ºT)

Fonte: Globoesporte.com

Redação: Futebolzinho

Foto: JAVIER GONZALEZ TOLEDO / AFP

Share This Post

P