Share This Post

Campeonato Brasileiro

Com salários atrasados e sem entrevistas, Botafogo está em reta final de intertemporada

Com salários atrasados e sem entrevistas, Botafogo está em reta final de intertemporada

Sem jogar desde 12 de junho, o Botafogo iniciou nesta segunda-feira a reta final de sua preparação para o retorno ao Campeonato Brasileiro. O protesto dos jogadores, em silêncio desde a semana passada devido aos dois meses de salários atrasados, segue.

A não ser que algum diretor consiga demovê-los da ideia, as entrevistas continuarão suspensas até que parte do débito do clube com o elenco seja quitado. Por enquanto, não há previsão sobre quando os jogadores receberão.

Se o plano inicial era não conceder entrevistas nem participar de ações de marketing na semana passada, nada mudou nesta que se iniciou. Não houve coletiva após o treino de segunda-feira e, nesta terça, nenhum atleta atenderá a imprensa.

Em campo

Eduardo Barroca tem todos os atletas à disposição. Biro Biro, recém-chegado, está em vias de ser anunciado. Já teve seu novo contrato com o Nova Iguaçu, detentor de seus direitos econômicos, registrado. Agora basta que o empréstimo por uma temporada ao Botafogo seja oficializado. Ele já treina com o grupo desde o dia 1º de julho.

Victor Rangel, regularizado dias antes da parada da Copa América e apresentado na pausa, já está totalmente integrado ao grupo, e fez um golaço no treino desta segunda-feira – veja em vídeo abaixo. Na sexta, o centroavante já havia marcado de voleio.

Leonardo Valencia, que busca deixar o clube, está atrás dos demais fisicamente. No início da intertemporada, determinado a sair, pediu para treinar indoor. Sem soluções, teve de voltar ao campo, mas dificilmente será utilizado por ora.

Barroca usou os dias sem jogos para aprimorar seu estilo de jogo, com foco na saída de bola e marcação sob pressão. Trabalhou bastante também a bola parada. Para as próximas partidas, o time pode ter novidades nas laterais, com Marcinho e Jonathan com chances de retorno ao time titular, e no meio, com Alan Santos disputando uma vaga. Nesta segunda, Cícero fez trabalho à parte no Nilton Santos.

Sem recursos, o Botafogo não deve agir no mercado nesse segundo semestre, a não ser que apareçam oportunidades imperdíveis dentro do perfil que o clube busca: jogadores que cheguem sem custos. As prioridades são um lateral-direito e um meia armador. Internamente, o Alvinegro se move ainda para renovar contratos: no elenco atual, 11 atletas têm vínculo com encerramento em dezembro deste ano.

O Botafogo volta aos gramados no próximo domingo, no Mineirão, onde enfrenta o Cruzeiro, às 16h. Antes tido como um dos favoritos para as principais competições, o adversário vive crise institucional e está na zona de rebaixamento, ocupando a 18ª colocação.

FONTE: Globoesporte.com

FOTO: Vitor Silva/Botafogo

Share This Post

Leave a Reply

P