Share This Post

Campeonato Brasileiro

Diniz se diz orgulhoso, mas frustrado

Diniz se diz orgulhoso, mas frustrado

Assim como no empate com o Cruzeiro, Fernando Diniz voltou a citar o sentimento misto de orgulho e frustração, após o 0 a 0 no Fla-Flu, válido agora pela 8ª rodada do Brasileiro. O Fluminense, com sete pontos, está a um da zona de rebaixamento.

“Mais ou menos como aconteceu em Minas, quarta-feira. Misto de orgulho com o que os jogadores produziram, e frustração por não ter conseguido o resultado. Cabe a nós perseverar. Pontuação do Fluminense não reflete o que estamos fazendo. Estamos no caminho certo”, disse o técnico.

No clássico, Paulo Henrique Ganso fez um desarme e chutou cinco vezes longe da meta de Diego Alves, de acordo com o site “Footstats”. Questionado sobre a atuação do meio-campo, Diniz elogiou a capacidade de construção e movimentação do atleta, apesar dos chutes sem alvos.

“Ganso não está conseguindo acertar o alvo, mas está tentando. É um primeiro passo. Ele está que igual ao time, tem que insistir que as bolas vão acabar entrando. O que chama a atenção é a capacidade dele na construção. Está em todos os lugares do campo”.

Conforme antecipado pelo novo presidente e vice-presidente, Mário Bittencourt e Celso Barros compareceram ao hotel da delegação para dar força aos jogadores. Inclusive, em uma das declarações, Celso elogiou o trabalho de Diniz, mas criticou a falta de resultados.

“Pessoalmente ainda não conversamos. Eles passaram bastante força para a equipe como um todo. Mas treinador de futebol, no geral, tem que se sentir seguro com o dia de amanhã. Não sou apegado ao meu emprego, mas ao meu trabalho”, finalizou.

Com sete pontos, na 16ª posição da competição, o Fluminense já pensa no próximo duelo. Na próxima quinta-feira(13), a equipe enfrentará a Chapecoense, na última partida antes da paralisação para Copa América.

 

FOTO: Maílson Santana/FFC

Share This Post

Gabriel Lutterbach avatar
Jornalista em formação, 19 anos, mais carioca do que mineiro, mesmo sendo ao contrário na realidade. Setorista do Fluminense pelo Futebolzinho. Tudo que eu entendo do ser humano, devo ao futebol.
P