Share This Post

Atlético-MG / Campeonato Brasileiro / Flamengo

Galo leva a melhor no Independência com um a menos no segundo tempo

Galo leva a melhor no Independência com um a menos no segundo tempo

Se o torcedor rubro-negro estava feliz pela vitória sobre o Corinthians nesta quarta-feira (15), pela Copa do Brasil, a felicidade deu lugar a tristeza neste sábado (18). No Independência, o Flamengo foi derrotado pelo Atlético-MG por 2 a 1, com gols de Cazares e Chará – Bruno Henrique descontou para o time carioca. O Flamengo volta a campo no próximo domingo (26), às 16h, no Maracanã, para enfrentar o Athletico-PR. E o Atlético-MG enfrenta o Grêmio, no sábado, às 19h, na Arena do Grêmio.

O JOGO
A etapa inicial mostrou o que o jogo seria disputado com intensidade e equilíbrio. E foi o time da casa quem abriu o placar. Aos 27 minutos, Rodrigo Caio disputou a bola com Ricardo Oliveira e Cazares viu a redonda sobrar pra ele. Não desperdiçou: o equatoriano invadiu a área, driblou dois e marcou um golaço. A reação rubro-negra veio em seguida: aos 30, o time rubro-negro trocou passes, até Willian Arão fazer a bola chegar aos pés de Bruno Henrique. O atacante driblou o marcador, acertou um belo chute e empatou o jogo. No final do primeiro tempo, aos 50 minutos, o VAR entrou em ação: o árbitro Paulo Roberto Alves Junior (PR)  havia dado cartão amarelo para Elias, devido a uma entrada forte em Renê, mas acabou expulsando o atleta após a revisar o lance.

Mesmo em desvantagem numérica, o Atlético-MG virou o jogo aos três minutos, com um golaço de Chará. O colombiano aproveitou a rebatida mal-sucedida do zagueiro Léo Duarte e, mesmo sem ângulo, acertou um belo chute. O Flamengo sentiu a pressão e passou a ser dominado pelo Galo ,até os 20 minutos da segunda etapa. Abel Braga, na tentativa de mudar o panorama, pôs Vitinho no lugar de Léo Duarte, aos 14, e Lincoln no de Arrascaeta, aos 17. A partir de então, o time carioca teve posse de bola de 67%, contra 33% do Galo, cruzou 50 bolas na área e viu Víctor fazer belas defesas. Mas não foi feliz nas finalizações. Placar final: 2 a 1 para o time mineiro.

TABELA
Com a derrota, o Flamengo tem sete pontos e ocupa a sétimo posição na classificação do Brasileirão. Até o final da rodada, o time carioca pode ser ultrapassado por Bahia, Internacional, Goiás e Corinthians. O Atlético-MG foi para o segundo lugar, com 12 pontos, e segue na cola do líder Palmeiras – que neste sábado (19) goleou o Santos, por 4 a 0. Até o final da rodada, o time de Felipão pode ser ultrapassado pelo São Paulo.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 2 x 1 FLAMENGO-RJ

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

Gols: Cazares, aos 27 minutos do primeiro tempo, Chará, no primeiro minuto do segundo tempo (Atlético-MG); Bruno Henrique, aos 31 do primeiro tempo (Flamengo)
Cartão amarelo: Luan (Atlético)
Cartão vermelho: Elias (Atlético)

ATLÉTICO-MG: Victor; Guga, Réver (Léo Silva), Igor Rabello e Patric; José Welison, Elias e Luan; Cazares (Vinícius), Chará e Ricardo Oliveira (Adilson). Técnico: Rodrigo Santana.

FLAMENGO: Diego Alves, Pará, Rodrigo Caio, Léo Duarte (Vitinho) e Renê; Gustavo Cuéllar, Willian Arão, Everton Ribeiro e De Arrascaeta (Lincoln); Bruno Henrique e Gabigol (Berrío). Técnico: Abel Braga.

FOTO: Alexandre Vidal/Flamengo

FONTE: GazetaEsportiva.com

REDAÇÃO: Futebolzinho.com

Share This Post

Fernanda Vidon avatar
Carioca, 18 anos. Cursando jornalismo ou, eu diria... vivendo um sonho! Na cobertura do Vasco pelo Futebolzinho. Além disso, apaixonada por rap br e auto conhecimento. "Prometa a si mesmo que terá uma vida incrível e o Universo entenderá o recado."
P