Share This Post

Campeonato Carioca / Flamengo / Vasco

Arrascaeta brilha no fim e César garante título da Taça Rio nas cobranças de pênaltis

Arrascaeta brilha no fim e César garante título da Taça Rio nas cobranças de pênaltis

O Flamengo conquistou a Taça Rio e adicionou uma dose extra de emoção na reta final do Campeonato Estadual: O time de reservas que o técnico Abel Braga ordenou que fosse levado a campo, na tarde deste domingo (31), para a decisão com o Vasco, empatou em 1 a 1 no tempo normal e ergueu o troféu do returno nas cobranças de pênaltis, vencendo por 3 a 1. Agora, voltará a medir forças com o Fluminense na noite do próximo sábado (6) em busca de uma vaga na finalíssima contra o vencedor de Vasco x Bangu, que se enfrentarão no domingo (8).

O gol que levou o time rubro-negro à conquista de sua nona edição da Taça Rio foi marcado pelo uruguaio Arrascaeta aos 49 minutos do segundo tempo, numa cabeçada que fez lembrar do gol da histórica conquista do Estadual de 1978, marcado pelo zagueiro Rondinelli, aos 43m da etapa final. O Vasco havia aberto o placar aos nove minutos, também do segundo tempo, e também com uma bonita cabeçada do jovem artilheiro Tiago Reis, autor de quatro gols em quatro jogos. O capitão Rhodolfo ergueu a troféu para dar início à comemoração com direito a homenagem ao comandante Abel Braga.

A partida…

O jogo foi marcado pelo início frenético do time dirigido à beira do campo por Leomir, auxiliar de Abel Braga. O  Vasco teve certa dificuldade para “entrar no jogo” e quando começava a equilibrar o controle perdeu zagueiro Leandro Castán, com um desconforto muscular na coxa. Alberto Valentim foi obrigado a queimar uma substituição, colocando em campo o jovem Ricardo Graça, e antes mesmo do intervalo foi obrigado a trocar também o volante Bruno Silva pelo cearense Raul, depois de um choque com o companheiro Lucas Mineiro.

Mesmo assim, o time vascaíno conseguiu reter a bola (183 toques contra 147), e ter mais posse de bola na primeira etapa (54.1% a 45.9%). No entanto, com Vitinho ligado no jogo, o Flamengo teve mais finalizações (oito contra sete), duas delas com o seu atacante levando perigo ao gol de Fernando Miguel. No segundo tempo, o time vascaíno retornou mais disposto e abriu o placar aos 9m, em cobrança de escanteio de Danilo Barcelos na cabeça do jovem centroavante Tiago Reis (19 anos).

Após o gol, o time de Alberto Valentim foi perdendo a intensidade, recuando e passando a jogar nos contra-ataques – todos desperdiçados por ineficiência ofensiva. O Flamengo ficou com mais posse de bola (fechou a etapa com 62.04% contra 37.96%), e o dobro de finalizações (10 a 5). Até que, já nos acréscimos, o jovem atacante Bill (19 anos), que saíra do banco de reservas, cruzou na medida para Arrascaeta empatar o jogo. A decisão foi para as cobranças de pênaltis e o Vasco começou melhor, com Fernando Miguel pegando a batida de Rodinei. Mas, em seguida, César também defendeu a de Thiago Reis e foi premiado com os erros de Rossi e Werley que chutaram para fora. A torcida foi a loucura e logo o Maracanã se tornou um mar de felicidade em vermelho e preto.

Semifinais do Estadual

Com o título da Taça Rio, o Flamengo impediu que o Vasco fosse a final de forma direta (sem jogar as semifinais) e acabou colocando o Fluminense nas semifinais por ser o quarto clube com maior número de pontos no geral. No próximo sábado (6), Flamengo e Fluminense duelarão às 19h, e, nop domingo, o Vasco terá novamente o Bangu como adversário, às 16h, ambos no Maracanã. Flamengo e Vasco possuem a vantagem do empate por terem as duas melhores campanhas.

Ficha Técnica

VASCO: Fernando Miguel; Raúl Cáceres, Werley, Leandro Cástan, Danilo Barcelos; Bruno Silva, Lucas Mineiro, Bruno César, Marrony, Rossi e Thiago Reis. Técnico: Alberto Valentim

Reservas: Gabriel Félix, Luiz Gustavo, Ricardo Graça, Henrique, Fellipe Bastos, Andrey, Raul, Thiago Galhardo, Yan Sasse, Yago Pikachu, Lucas Santos e Ribamar.

Substituições:
Saiu Leandro Cástan e entrou Ricardo Graça (21’/1ºT)
Saui Bruno Silva e entrou Raul (43’/1ºT)
Saiu Bruno César e entrou Thiago Galhardo (27’/2ºT)

FLAMENGO: Cesar; Rodinei, Thuler, Rhodolfo, Trauco; Hugo Moura, Ronaldo, Arrascaeta; Lucas Silva, Uribe e Vitinho. Técnico: Leomir (Interino)

Reservas: Gabriel Batista, Thiago, Kleber, Matheus Dantas ,Ramon ,Vinícius , Yuri César, Vitor Gabriel e Bill

Substituições:
Saiu Lucas Silva e entrou Vitor Gabriel (25’/2ºT)
Saiu Thuler e entrou Bill (39’/2ºT)
Saiu Ronaldo e entrou Vinícius (43/2ºT)

Gols: Thiago Reis (09’/2ºT) e Arrascaeta (48’/2ºT)

Cartões Amarelos: Werley (46’/1ºT), Bruno César (24’/2ºT) e Lucas Mineiro (46’/2ºT) pelo Vasco. E Trauco (03’/2ºT), Thuler (35’/2ºT) e Vinícius (44’/2ºT) para o Flamengo.

FONTE: Globoesporte.com

REDAÇÃO: Futebolzinho

Foto: Antonio Scorza / Agência O Globo

Share This Post

P