Share This Post

Campeonato Carioca / Flamengo / Vasco

Predestinado, Bruno Henrique faz dois gols e põe rubro-negros com a mão na taça

Predestinado, Bruno Henrique faz dois gols e põe rubro-negros com a mão na taça

O Flamengo venceu o Vasco por 2 a 0,  neste domingo (14), no Engenhão, e a dor de cabeça dos vascaínos tem nome composto: Bruno Henrique. O centroavante, que está fora do próximo jogo por conta de um cartão amarelo recebido neste jogo, fez dois gols e colocou o Flamengo com a mão na troféu de campeão estadual. No próximo domingo, o time de Abel Braga pode perder por até um gol de diferença que leva o título.

O JOGO

O primeiro tempo do ‘Clássico dos Milhões’ não deixou dúvidas quanto ao que seria visto nos 90 minutos: um jogo de ataque contra defesa. O técnico Alberto Valentim optou pela entrada de Bruno César na equipe titular e viu o time sofrer na criação de jogadas. Com muitos erros na saída de bola e a falta de aproximação entre os setores do time, o Vasco se defendeu em toda a etapa inicial e viu Fernando Miguel e a dupla de zaga, Werley e Castan, segurarem o empate no primeiro tempo.  O Flamengo de Abel Braga, que teve 62% de posse de bola, 8 finalizações e 2 chances de gol, foi para o intervalo sabendo que deveria voltar na mesma pegada.

E a postura dos times nos 45 minutos finais não foi diferente do primeiro tempo, exceto pelo êxito conquistado pelo Flamengo. O Vasco voltou com o menino Lucas Santos no lugar de Bruno César, na tentativa de criar jogadas ofensivas, mas aos 9 minutos viu o rival comemorar. Éverton Ribeiro cruzou escanteio e Danilo Barcelos, de cabeça, afastou mal. A bola sobrou para Bruno Henrique, que mandou pro fundo da rede na saída de Fernando Miguel e deixou o Flamengo na frente: 1×0.

Após o gol, o Vasco encenou uma reação, que não foi consolidada. Aos 22, Valentim optou pela saída de Marrony, que era o jogador mais atento ofensivamente na equipe vascaína, para a entrada de Yan Sasse. Com a reação desacelerada e o Flamengo propondo o jogo, o atacante Bruno Henrique mostrou que tinha sede de gol. Aos 25, o atacante marcou o segundo, que foi anulado pelo VAR após o árbitro Rodrigo Nunes de Sá interpretar que ele estaria em posição de impedimento no momento do gol.

Aos 31, Valentim trocou Maxi Lopez por Tiago Reis, em sua última tentativa de mudar o panorama da partida. Mas o centroavante rubro negro estava predestinado a viver sua noite de glória. Aos 32, Cáceres perdeu a bola para Arrascaeta na lateral e viu o meia cruzar e Fernando Miguel espalmar a bola, que continuou viva na área e sobrou nos pés de Bruno Henrique que mandou pro fundo da rede e sacramentou a vitória: Flamengo 2×0.

PANORAMA DA FINAL

A final do Campeonato Carioca não possui vantagem do empate. No entanto, como o Flamengo saiu na frente com o placar de 2 a 0 no primeiro jogo da decisão, pode empatar ou até perder por um gol de diferença para levantar a taça. Para sair campeão, O Vasco precisa ganhar por três gols de diferença se não quiser levar a partida pros pênaltis.

A SEMANA

O Vasco volta aos gramados na próxima quarta-feira (17), para enfrentar o Santos, pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil. A partida será na Vila Belmiro, às 19h15 (de Brasília).

Já o Flamengo não possui compromissos durante a semana e estará descansado para o segundo jogo da final do Carioca, que acontece no próximo domingo, às 16:00, no Maracanã.

FICHA TÉCNICA

VASCO 0 x 2 FLAMENGO

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 14 de abril de 2019 (Domingo)

Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Assistentes: Silbert Faria Sisquim (RJ) e Thiago Corrêa Farinha (RJ)

Cartões amarelos: Lucas Mineiro e Cáceres (Vasco); Bruno Henrique (Flamengo)

GOLS

FLAMENGO: Bruno Henrique, aos 9 e 30min do segundo tempo

VASCO: Fernando Miguel, Raúl Cáceres, Werley, Leandro Castán e Danilo Barcelos; Raul, Lucas Mineiro, Bruno César (Lucas Santos) e Yago Pikachu; Marrony (Yan Sasse) e Maxi López (Tiago Reis). Técnico: Alberto Valentim

FLAMENGO: Diego Alves, Pará, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Gustavo Cuéllar, Willian Arão, Everton Ribeiro (Diego) e De Arrascaeta (Lincoln); Bruno Henrique e Gabigol (Vitinho). Técnico: Abel Braga

FOTO: Alexandre Vidal

REDAÇÃO: Futebolzinho.com

Share This Post

Fernanda Vidon avatar
Carioca, 18 anos. Cursando jornalismo ou, eu diria... vivendo um sonho! Na cobertura do Vasco pelo Futebolzinho. Além disso, apaixonada por rap br e auto conhecimento. "Prometa a si mesmo que terá uma vida incrível e o Universo entenderá o recado."
P