Share This Post

Campeonato Carioca / Flamengo

Técnico interino diz que tática estratégica para a conquista foi decidida há dois dias

Técnico interino diz que tática estratégica para a conquista foi decidida há dois dias

Técnico interino para a final da Taça Rio, o auxiliar de Abel Braga, Leomir de Souza, dividiu os méritos da conquista com o “chefe” Abel Braga, que só retornará aos trabalho nesta terça-feira (2), por recomendação dos médicos que realizaram procedimentos no sábado (30) para a correção de uma arritmia cardíaca. Leomir fez duas substituições ousadas aos 39m e 43 do segundo tempo, trocando jogadores do sistema defensivo por atacantes e dele, Bill, acabou sendo o autor do cruzamento que achou Arrascaeta livre na área.

“Deixar bem claro que eu não fiz as alterações sozinho. Foi uma decisão tomada com o Abel, na sexta-feira e no sábado, conversando sobre as possibilidades do jogo. Se está perdendo, você coloca mais jogadores de frente; se você está ganhando, coloca mais jogadores de marcação. Se tiver perdendo tem que arriscar, não adianta. Tem que tentar ir para cima, você corre o risco de tomar o segundo gol, a gente chegou a correr esse risco, mas tinha que se arriscar e tudo deu certo. Os meninos entraram bem. O Bill e o Vinícius nunca jogaram na equipe principal, e hoje entraram bem. São jogadores de grande futuro para o Flamengo.”

Leomir de Souza falou da responsabilidade de substituir Abel Braga: 

“Não é fácil substitui-lo. É difícil, um cara que tem um carisma muito grande, um amigo, meu irmão, meu parceiro. Tive essa função hoje (domingo) de tentar ajudar a motivar os jogadores em um jogo muito difícil. Graças a Deus conquistamos nosso objetivo maior que era ganhar o jogo.”

O técnico elogiou o comportamento dos jogadores, ressaltando o espírito competitivo até o apito final::

“Nossa maior virtude foi não desistir. A gente ficou tentando o empate desde o momento que tomamos o gol – não desorganizou, o que é muito importante. Estávamos pedindo muito isso aos jogadores durante o jogo, para não desorganizar: ‘Vamos lá que a gente vai conseguir’. Eles foram muito felizes, fizeram um bom jogo. Durante o primeiro tempo foi parelho, mas eu acho que fomos um pouco melhor. Conseguiu o empate e depois fomos mais felizes nos pênaltis.”

Com um dos orçamentos mais caros do país, o Flamengo mostrou que tem mais de uma combinação possível para ir a campo. E o próprio técnico interino falou sobre isso.

“É claro que a gente estava com o time alternativo. E a gente não gosta muito de falar em time A ou time B. Jogamos assim por causa do jogo da Libertadores contra o Peñarol, na quarta-feira (3). A gente tem um grupo muito bom e o Abel tem feito isso muito bem, dando oportunidades para todos os jogadores. Disputamos uma final de turno contra o Vasco, que tem um excelente time, e conquistamos nosso objetivo que é ter a vantagem de jogar na semifinal pelo empate.”

Confira a coletiva completa do técnico Leomir de Souza:

Share This Post

Thiago Soares avatar
Um jovem estudante de jornalismo que ama esporte, games e a comunicação. Sua paixão pelo futebol começa quando uma tia o leva pela primeira vez ao Maracanã. Não tinha para onde correr, foi amor a primeira vista. Além de esportes, Thiago escreve para uma mídia comunitária da favela da Rocinha.
P