Share This Post

Copa do Brasil / Cruzeiro / Fluminense

Na raça, time consegue empate e deixa duelo aberto para o segundo jogo

Na raça, time consegue empate e deixa duelo aberto para o segundo jogo

Pela primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira (15), no Maracanã, Fluminense empatou com um Cruzeiro em 1 a 1, em jogo morno, sem muitas chances de gol. Pedro Rocha marcou para equipe mineira e João Pedro igualou o placar no último minuto. Como não há gol qualificado, os times jogam por uma vitória no jogo de volta, no dia 5 de junho, no Mineirão.

O jogo:

O estilo tradicional de posse da bola pelo lado do Fluminense foi mantido e o time começou a rodar e inverter as jogadas no início da partida, mas como nos últimos jogos, não levou perigo ao gol adversário. Já o Cruzeiro, que optou em fazer pressão alto, não conseguia mostrar seu futebol, pois era facilmente dominado e não demostrou poder de reação para sair dessa situação desconfortável. Apesar do domínio tricolor, o time não acertou muitos chutes no alvo, sendo pouco preciso e muito afobado nas jogadas de definição para arrematar para o gol. Os goleiros Fábio e Rodolfo não trabalharam no primeiro tempo, de tão inativo estava a criatividade das equipes

Apesar do pouco esforço das equipes em fazer a rede balançar, o número de finalização mostrou que o Fluminense tentou abrir o placar, e o Cruzeiro com o ataque imóvel. O primeiro tempo terminou 10×0 de arremetes para o clube carioca, mas não significou precisão no chute. O clube mineiro passou em branco.

O segundo tempo começou mais acelerado, mas a falta de ambição de fazer o gol era algo que atrapalhava, e os meios campistas precisam achar uma bola perfeita para que os atacantes entrassem mais na partida. Com isso, aos 13m, o time celeste consegue boa trama no meio campo e a bola caiu no pé de Robinho- o jogador com mais assistências pelo Cruzeiro na temporada. O Volante acertou uma enfiada de bola no meio do sistema defensivo tricolor, encontrando Pedro rocha, que correu até área e chutou cruzado no canto do goleiro Rodolfo. Placar inaugurado no Maracanã. Após o gol, o goleiro tricolor é vaiado pela torcida, pois não tem passado segurança de baixa da trave e teria falhado no lance.

Fernando Diniz substituiu Léo Arthur, Daniel, Luciano, colocando na partida Marcos Paulo, Ewandro e João Pedro, buscando atacar mais para arrancar um empate. Mano Menezes também quer dar dinâmica ao seu time e colocou Sassá, David e Jadson para correrem e segurarem o resultado favorável para Minas Gerais.

O time de guerreiros não desiste e luta até o fim. Em um escanteio aos 49m, no último minuto da partida, em cobrança de escanteio, João Pedro empata o jogo, deixando esperança para o jogo da volta

Próximos jogos:

Os times seguem no Rio para se enfrentarem novamente, só que agora pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro, no sábado (18), no Maracanã. Equipes querendo   recuperar suas respectivas derrotas da última rodada.

FICHA TÉCNICA

COPA DO BRASIL 2019 – Oitavas de Final – Jogo de Ida
Maracanã – Rio de Janeiro/RJ

Fluminense (1)
Rodolfo; Gilberto, Nino, Matheus Ferraz e Caio Henrique; Allan, Daniel (Ewandro) e Paulo Henrique Ganso; Léo Artur (Marcos Paulo), Luciano (João Pedro) e Yony González.

Técnico: Fernando Diniz

Cruzeiro (1)
Fabio; Orejuela, Dedé, Léo e Egídio; Henrique e Lucas Romero; Robinho, Rodriguinho (Jadson) e Pedro Rocha (David); Fred (Sassá).

Técnico: Mano Menezes

Gol: Pedro Rocha (12’/2T) – CRU; João Pedro (48’/2T) – FLU

Cartões amarelos: Ganso e Nino (FLU); Rodriguinho, Lucas Romero e Egídio (CRU)

Arbitragem: Luiz Flavio de Oliveira, auxiliado por Emerson de Carvalho e Neuza Back.

Público: 16.806 torcedores presentes

Renda: R$ 398.635,00

Fotos: Lucas Merçon/ FFC

 

 

Share This Post

P