Share This Post

Copa Libertadores

Brasileiros fecham a primeira rodada do torneio com 61,9% de aproveitamento

Brasileiros fecham a primeira rodada do torneio com 61,9% de aproveitamento

A primeira rodada da Copa Libertadores terminou nesta quinta-feira (7) com um saldo relativamente bom para os clubes brasileiros. Seis dos sete participantes jogaram fora de casa, quatro deles estreando com vitória – Flamengo, Internacional-RS, Palmeiras, Cruzeiro – Grêmio empatou e o Athlético-PR foi derrotado. O único a abrir o torneio jogando como mandante, perdeu: o Atlético-MG.

O último a entrar na disputa foi o Cruzeiro, que na noite desta quinta-feira (7) venceu o Huracán por 1 a 0, no estádio El Palacio, em Buenos Aires, gol marcado por Rodriguinho, ainda no primeiro tempo. Apesar da vitória, o goleiro Fábio foi um dos destaques, com grandes defesas no fim, evitando o empate dos argentinos.

GRUPO A
O Internacional-RS foi um dos que estrearam como visitante, conseguindo importante vitória fora de casa, nesta quarta-feira (6), sobre o Palestino por 1 a 0, no estádio San Carlos de Apoquindo, no Chile. O clube não disputava uma edição do torneio, desde 2015. O time de Odair Hellmann fez uma partida segura e obteve a vantagem com um gol de Rafael Sóbis, em cobrança de falta, aos 37 minutos do segundo tempo.  Com o empate entre River Plate e Alianza Lima (1 a 1), o Internacional-RS saltou em primeiro lugar.

GRUPO B
Mesmo sem Dedé, Thiago Neves e Raniel, o time de Mano Menezes fez bom início, controlando bem o jogo e tomando conta dos espaços no campo de ataque – mesmo sob chuva. E acabou chegando ao gol aos 29 minutos numa jogada combinada entre dois Robinho e Rodriguinho, substitutos de Thiago Neves e Raniel. Em desvantagem, os argentinos pressionaram, mas esbarraram nas defesas do goleiro Fábio, principalmente no segundo tempo, quando fez pelo menos três difíceis intervenções. Cruzeiro fez os três pontos e aguarda o confronto desta sexta-feira (8) entre Deportivo Lara da Venezuela e Emelec do Equador.

GRUPO D
Jogando em Oruro, na Bolívia, a 3.700 metros acima do nível do mar, o Flamengo de Abel Braga fez um jogo estratégico e conseguiu estrear com vitória: com um gol de Gabriel Barbosa aos 14 minutos do segundo tempo, o time rubro-negro derrotou o San José, e agora espera pelo confronto entre LDU, do Equador, e Peñarol, do Uruguai, que se enfrentam nesta quinta-feira (7), para saber sua colocação no grupo. Seja lá qual for, os rubro-negros farão os próximos três jogos no Maracanã em excelentes condições de alcançar a marca de 12 pontos e garantir a classificação de forma antecipada.

GRUPO E
O Atlético-MG recebeu o Cerro Porteño no Mineirão, também na quarta (06), e alternou altos e baixos na partida. Teve dois gols corretamente anulados (Cazares e Ricardo Oliveira), mas acabou derrotado por 1 a 0 com gol irregular do centroavante Churín (impedido), aos 32 minutos do segundo tempo. Com a vitória do Nacional, do Uruguai, sobre o Zamora, da Venezuela (1 a 0), paraguaios e uruguaios dividem a liderança do grupo. Atlético-MG e Zamora aparecem na terceira e quarta posições, respectivamente.

GRUPO F
Também na quarta-feira (6), o atual campeão brasileiro derrotou o Junior Barranquilla, da Colômbia, no estádio Metropolitano, por 2 a 0, e saltou na liderança do grupo. Felipão adotou postura mais defensiva, porém o Palmeiras fez o melhor resultado entre os brasileiros. Gustavo Scarpa fez 1 a 0 aos 10 minutos do primeiro tempo, em passe de Dudu, e Marco Rocha, 46 do segundo, em tabela com Borja, fizeram os gols. No outro jogo do grupo, Melgar do Peru e San Lorenzo da Argentina empataram em 0 a 0.

GRUPO G
O Athletico-PR, campeão da Copa Sul-Americana de 2018, estreou com derrota para o Tolima, na terça-feira (05), no estádio Manuel Murillo Toro, na Colômbia, por 1 a 0 – gol do lateral-esquerdo Banguero, aos 29 minutos da primeira etapa. O time não fez uma boa partida e agora terá de fazer uma corrida de recuperação. Com o empate entre Jorge Wilstermann e Boca Juniors, o Tolima arrancou na liderança, e deixou o time paranaense na lanterna.

GRUPO H
O Grêmio teve o adversário de estréia mais complicado, mas não fez feio: na noite de quarta-feira (6), empatou em 1 a 1 com o Rosário Central, no estádio Gigante de Arroyito, na Argentina, e se manteve bem posicionado na luta por vaga na próxima fase. Zampedri marcou para os donos da casa logo no primeiro minuto, escorando passe de Gil, mas o time brasileiro empatou aos 12, em linda jogada individual de Everton. Como o Libertad do Paraguai goleou a Universidad Católica do Chile (4 a 1), Grêmio e Rosário dividem a segunda e terceira posição.

Fonte: Globoesporte.com

Redação: Futebolzinho.com

Share This Post

P