Share This Post

Copa Libertadores / Flamengo

Torcedores do Peñarol agridem flamenguistas no Leme

Torcedores do Peñarol agridem flamenguistas no Leme

O Rio de Janeiro foi, mais uma vez, palco de brigas generalizadas entre torcidas de futebol, porém dessa vez contou com um vilão internacional. Na tarde desta quarta-feira (03), torcedores do Peñarol agrediram cruelmente algumas pessoas que caminhavam com a camisa do Flamengo na praia do Leme. As duas equipes se enfrentaram no Maracanã pela Copa Libertadores.

Foto de Mário Barbosa do Canal Virada de Mesa

Segundo testemunhas, a confusão começou quando um grupo uruguaios ao tentava promover pequenos furtos na orla. Um grupo de turistas vindo do Espírito Santo para torcer pelo Flamengo foi abordado pelos torcedores do Peñarol e os rubro-negros em menor número, passaram a ser agredidoa. A polícia militar foi acionada e mais de 100 uniformizados da torcida uruguaia foram revistados e muitos detidos. A PM relatou presença de algumas substâncias ilícitas e armas brancas.

“Um ônibus de rubro-negros do Espírito Santo encontrou o grupo do Peñarol, que atacou os torcedores do Flamengo. Minha equipe atuou, com auxílio do 19 batalhão. Quem foi detido não vai para o jogo. Vai para a delegacia” “, explico ao jornal O Globo o comandante do Bepe, tenente-coronel Silvio Luiz.

As cenas mais chocantes foram vistas quando um senhor flamenguista foi intensamente espancado pelos uruguaios. Com ferimentos graves na cabeça, o rapaz foi levado ao Hospital Miguel Couto. Os mais de 100 torcedores detidos pela polícia foram levados ao Jecrim, no Maracanã. Entre 60 a 65 já liberados por falta de reconhecimentos. Segundo nota oficial, a PM não liberou o restante antes do início do jogo no Maracanã.

Share This Post

Thiago Soares avatar
Um jovem estudante de jornalismo que ama esporte, games e a comunicação. Sua paixão pelo futebol começa quando uma tia o leva pela primeira vez ao Maracanã. Não tinha para onde correr, foi amor a primeira vista. Além de esportes, Thiago escreve para uma mídia comunitária da favela da Rocinha.