Share This Post

Fluminense

Clube anuncia a contratação do meia Paulo Henrique Ganso

Clube anuncia a contratação do meia Paulo Henrique Ganso

Agora é oficial: Paulo Henrique Ganso vestirá a camisa do Fluminense em 2019. Depois de uma longa novela, o clube acertou a contratação do atleta de 29 anos, que assinou por cinco anos, após rescindir o vínculo com o Sevilla (ESP). O desejo do atleta em jogar no Tricolor foi fundamental para que os clubes chegassem a um desfecho feliz.

Ganso estava emprestado ao Amiens, da França, mas desejava retornar ao futebol brasileiro. Tanto que foi liberado por ambos os clubes para procurar uma nova equipe. O meia tem previsão de chegada para sábado e apresentação oficial deverá ser feita na segunda-feira (4) ou na terça-feira (5) da próxima semana.

O Sevilla pretendia ceder o jogador por empréstimo de apenas seis meses (até o fim da temporada europeia). No entanto, a princípio, o Fluminense desejava contar com o jogador por uma temporada. Na esperança de tentar vender o jogador, o clube espanhol esperou até o término da janela europeia de transferências internacionais, nesta quinta-feira (31). No fim, o atleta conseguiu rescindir o contrato e assinou com o Tricolor.

CARREIRA:

SANTOS:

Revelado nas categorias de base do Santos, Ganso marcou era no clube paulista. Ao lado de Neymar, foram essências na conquista da Copa Libertadores da América em 2011. Ao todo, disputou 151 partidas e marcou 36 gols. Às vésperas da Copa do Mundo de 2010, muitos torcedores pediam a Dunga a convocação de Paulo Henrique Ganso. No entanto, o pedido não foi atendido, e Ganso ficou apenas na lista de suplentes. Agravada por uma sequência lesões de quatro cirurgias, sendo duas artroscopias no joelho direito (uma em 2010 e outra em 2012) e duas reconstruções de ligamento (uma no joelho direito, em 2007, e outra no joelho esquerdo, em 2010), o meio-campo perdeu espaço na seleção brasileira.

Imagem relacionada

Ao lado de Neymar, Ganso marcou era no Santos. Campeão da Libertadores, o meia chegou a ser cogitado na Copa do Mundo de 2010. (Foto: FoxSports)

SÃO PAULO:

Em 2012, transferiu-se para o São Paulo, rival da equipe Santista, em busca de retomar a carreira. De cara conquistou a Copa Sul-Americana. Disputou 250 jogos com a camisa Tricolor e balançou as redes 24 vezes. Com o bom futebol apresentado de volta, voltou a ser pretendido pelos clubes europeus. Em 2016, Ganso se despediu do Tricolor e fechou com o Sevilla-ESP.

Resultado de imagem para ganso no são paulo

No São Paulo, Ganso recuperou o bom futebol. Desta forma, voltou a interessar clubes europeus, dentre eles o Sevilla-ESP. (Foto: Ronny Santos/Folhapress).

SEVILLA-ESP:

Apesar de arrancar como titular ao chegar ao Sevilla, Ganso não conseguiu se impor como o craque imaginado. O mesmo Jorge Sampaolli que o indicou foi o primeiro a se queixar da pouca competitividade. Tanto que chegou a criticar o meia brasileiro. “Ele (Paulo Henrique Ganso) não está jogando quase que por sua própria decisão”, disse o atual técnico do Santos. Com a chegada do também argentino Eduardo Berizzo, em 2017, até chegou a engatar uma boa série de partidas. Mas, sob o comando do italiano Vincenzo Montella, até fora do banco ficou. No total, Ganso atuou apenas 27 vezes em duas temporadas e marcou sete gols. Sem entrar em campo durante três meses, preferiu ser emprestado ao Amiens, da França.

Resultado de imagem para ganso sevilla

Após um bom começo, o meio-campo deixou de figurar entre os relacionados. Preferiu a transferência para o Amiens-FRA. (Foto: Ronny Santos/Folhapress)

 

AMIENS-FRA:

Em 2018, Ganso acertou com a equipe francesa por empréstimo de uma temporada. Longe de ser o atleta que chamou atenção do mundo, entrou em campo apenas 13 vezes, sendo titular em apenas seis deles. Apesar disso, o meio-campista foi quem mais vendeu camisas no Amiens. O jogador volta ao Brasil por cinco temporadas em busca do retomar o protagonismo.

Ganso deixou a desejar no futebol francês. (Foto: Reprodução/Instagram)

 

EXPECTATIVA NO FLUMINENSE:

Em meio a crise financeira e política, Ganso chega ao Fluminense como a cefeja do bolo tricolor. Pedido pelo técnico Fernando Diniz, certamente será o dono do meio-campo, auxiliando Everaldo, Yony González e Luciano em busca de dias melhores. Sem falar no artilheiro Pedro, entregue à recuperação física. Por consequência, o Tricolor vê a contratação como uma bomba para alavancar o sócio-torcedor.

Ganso assina com o Fluminense por cinco temporadas. (Foto: Divulgação)

FOTO: Divulgação

Share This Post

Gabriel Lutterbach avatar
Jornalista em formação, 19 anos, mais carioca do que mineiro, mesmo sendo ao contrário na realidade. Setorista do Fluminense pelo Futebolzinho. Tudo que eu entendo do ser humano, devo ao futebol.
P