Share This Post

Fluminense

Clube paga parte do salário referente a janeiro dos atletas e funcionários

Clube paga parte do salário referente a janeiro dos atletas e funcionários

A quarta-feira (13) foi de regularização de parte do salário referente a janeiro de funcionários e jogadores do Fluminense A direção tricolor conseguiu pagar o limite de R$ 5,5 mil por pessoa.

Por conta da crise financeira, intensificada desde 2017, o clube convive com dificuldade em manter a remuneração em dia. A ação desta quarta respeitou a seguinte combinação interna:

  • Funcionários CLT ou PJ: quem ganha até R$ 5,5 mil, recebeu integral. Quem ganha acima, recebeu o limite de R$ 5,5 mil.
  • Jogadores CLT ou direito de Imagem: recebeu quem ganha até R$ 5,5 mil.

Na última segunda-feira, o presidente Pedro Abad se reuniu com o elenco e atualizou a situação do clube. Mesmo após a recente paralisação de um dia dos atletas, a dívida ainda persiste. E, com o não pagamento de fevereiro, completou três meses de inadimplência, período em que a Lei Pelé faculta ao jogador a opção de pedir rescisão unilateral de contrato, como ocorreu no polêmico caso Gustavo Scarpa.

O débito atual é o seguinte:

  • CLT de funcionários e jogadores: 13º e férias de 2018 e janeiro e fevereiro de 2019 (excluindo o limite de R$ 5,5 mil de janeiro e o integral de janeiro dos novos reforços).
  • Direitos de imagem (apenas alguns jogadores recebem): novembro e dezembro de 2018 e janeiro de 2019 (excluindo janeiro dos reforços).

O próximo vencimento é no dia 15 (sexta-feira): direitos de imagem referentes a fevereiro. Não há prazo para regularização.

A folha salarial do futebol do Fluminense é de aproximadamente R$ 4 milhões. Na última manifestação pública sobre o tema, o presidente Abad prometeu pagar o devido e reclamou da exposição do tema na imprensa.

FOTO: Lucas Merçon/FFC

FONTE: Globoesporte.com

 

Share This Post

Gabriel Lutterbach avatar
Jornalista em formação, 19 anos, mais carioca do que mineiro, mesmo sendo ao contrário na realidade. Setorista do Fluminense pelo Futebolzinho. Tudo que eu entendo do ser humano, devo ao futebol.
P