Share This Post

Fluminense

Daniel agradece oportunidade dada por Fernando Diniz e fala sobre Ganso: ‘Se vier, será um prazer’

Daniel agradece oportunidade dada por Fernando Diniz e fala sobre Ganso: ‘Se vier, será um prazer’

Aos 22 anos, a curta carreira de Daniel é marcada pelo título de Campeão Brasileiro sub-20, quatro empréstimos e quase ser vendido ao Shakhtar Donetsk (UCR). Em 2018, voltou ao Fluminense, mas não conseguiu ter sequência mais uma vez. Porém, o desenho para 2019 parece favorável ao meio-campista: além da titularidade nos primeiros jogos-treinos deste ano, Fernando Diniz – com quem se destacou no Oeste – vem o elogiando. Desta forma, Danielzinho é cotado para iniciar entre os onze neste sábado, às 19h (horário de Brasília), contra o Volta Redonda, na estreia da Taça Guanabara.

“Não tem jeito melhor que começar o ano do que como titular. É a ideia, começar bem e não sair mais do time. Quero aproveitar essa chance. Estou bastante motivado, é bom ter um treinador que me conhece e me dá moral. Espero corresponder no campeonato”, disse Daniel

Em 2016, Daniel e Fernando Diniz trabalharam juntos no Oeste-SP. Nesta mesma temporada, o clube paulista quase conseguiu o acesso para a série A. Dentre os destaques da equipe, estava o meio-campista. Além disso, logo na apresentação do novo treinador, Diniz o elogiou e em sequência vetou o empréstimo ao Vitória. Sendo assim, se faltaram chances com Marcelo Oliveira, a tendência é que não se repita neste ano.

“É muito bom ter um treinador que já te conhece e confia em você. Sabe os pontos fortes. O Diniz é um treinador que não cobra só na posição dele. Não é zagueiro tem que marcar, meia tem que armar. O cara tem que saber jogar, marcar, se movimentar. Tem que ser completo. Ele cobra toda a parte tática e técnica”.

Daniel em treino do Fluminense. (Foto: Lucas Merçon/FFC)

No entanto, Daniel sabe que terá concorrência na equipe titular. Não se fala outra coisa nas Laranjeiras que não seja Paulo Henrique Ganso. Iminente reforço do Tricolor, Daniel comentou sobre a possível chegada do companheiro e colocou a disposição para atuar ao lado dele.

“Com certeza podemos jogar juntos. Quando trabalhei com Diniz, joguei mais recuado. Jogador de qualidade sempre tem espaço dentro de campo. Diniz é um treinador inteligente e vai colocar a melhor opção pra jogar. Sempre rola comentários se ele vai vir ou não, gera ansiedade, é um jogador de seleção. Vai ficar todo mundo feliz se ele chegar. Se vier, será um prazer”.

 

OUTRAS DECLARAÇÕES DO MEIO-CAMPO DANIEL:

Motivo de não ter oportunidades no Fluminense

“Quando subi no profissional, você já acha que vai deslanchar. Não foi assim. Depois de quatro empréstimos, chego jogando e já fico com isso na cabeça, de que esse é o meu ano.”

O que o torcedor pode esperar na estreia

“O torcedor vai ver bastante posse de bola, movimentação, um time rápido e compacto. E vai ver muita vontade, pode ter certeza.”

 

FONTE: Lance! / Globoesporte.com

REDAÇÃO: Futebolzinho.com

FOTO: Daniel Perpetuo/FFC

 

Share This Post

Gabriel Lutterbach avatar
Jornalista em formação, 19 anos, mais carioca do que mineiro, mesmo sendo ao contrário na realidade. Setorista do Fluminense pelo Futebolzinho. Tudo que eu entendo do ser humano, devo ao futebol.