Share This Post

Fluminense

Digão promete ‘não desanimar’ e desabafa sobre problemas extracampo no Fluminense

Digão promete ‘não desanimar’ e desabafa sobre problemas extracampo no Fluminense

Nesta quinta-feira (22), o Fluminense chegou a marca de seis derrotas consecutivas e partidas sem balançar as redes – são 568 minutos sem fazer gols. Desta vez perdeu para o Bahia por 2 a 0, na Arena Fonte Nova, pela 36° rodada do Campeonato Brasileiro. No apito final, o zagueiro Digão foi até seu companheiro Luciano dar um abraço. Questionado sobre a conversa, o experiente de 30 anos disse que o grupo precisa de cabeça boa para superar esta fase e não desanimar na reta final.

“O papo é para não desanimar. O resultado foi muito ruim para nós. Precisamos de todos com a cabeça boa nesse momento. Vamos tentar chegar lá contra o Internacional, que está lutando pela Libertadores, para tentar trazer um bom resultado. Não vamos desanimar não. Vamos batalhar a todo o momento”, disse Digão.

Além dos resultados negativos, é notório que o clube passa por momento delicado financeiramente. A diretoria deve, por exemplo, dois meses de salário e cinco de direitos de imagem ao elenco. Depois do treinador Marcelo Oliveira, Digão foi mais um a afirmar que os atrasos salarias interferem dentro de campo, mas sem desanimar para as rodadas finais.

“Atrapalha bastante esse momento conturbado fora de casa. O grupo é jovem, isso abala alguns jogadores. Nós, os mais experientes, temos de colocar para cima. Como eu disse, não vamos desaminar e vamos manter o Fluminense no lugar que ele merece estar, que é na primeira divisão”, completou

Share This Post

Gabriel Lutterbach avatar
Jornalista em formação, 19 anos, mais carioca do que mineiro, mesmo sendo ao contrário na realidade. Setorista do Fluminense pelo Futebolzinho. Tudo que eu entendo do ser humano, devo ao futebol.
P