Share This Post

Copa Sul-Americana / Fluminense

Everaldo e Luciano garantem vitória e classificação no Chile

Everaldo e Luciano garantem vitória e classificação no Chile

Depois de empatar o primeiro jogo no Maracanã, o Fluminense garantiu no Chile a vaga na segunda fase da Copa Sul-Americana vencendo o Antofagasta por 2 a 1, com gols da dupla Everaldo e Luciano.

Apesar do jogo ter sido no Estádio Regional Calvo y Bascuñan, o time estava bem a vontade. Seguindo o “padrão Fernando Diniz”, teve mais posse de bola (46% x 54%) não se importando com o fato de jogar como visitante. O Fluminense teve as melhores chances e poderia ter saído até com um placar maior.

Como estratégia, o Fluminense começou a partida ditando o ritmo do jogo e envolvendo a equipe chilena. Antes dos 15 primeiros minutos, Everaldo e Yony González já haviam criado duas chances de gol, mas faltava capricho na hora de definir o lance.

Aos 17, após tanto insistir, deu em resultado: Airton desarmou o adversário no meio-campo, armou o contra-ataque para Yony receber na entrada da área e tocar para Everaldo bater cruzado e abrir o marcador.

A vantagem, porém, não perdurou muito. Com 26 minutos, Gilberto vacilou no meio-campo e cedeu o contra-ataque da equipe chilena, que igualou o placar com Jason Flores de cabeça.

O Fluminense sentiu o gol de empate e o Antofagasta cresceu na partida. O time tricolor abusava dos erros de marcação, em especial no lado direito. Em uma dessas falhas, Felipe Flores cortou Gilberto e Bruno Silva e chutou cruzado, mas ninguém completou na segunda trave.

Na etapa final, o jogo ficou mais emocionante e aberto. Precisando do resultado, o Antofagasta foi para cima, diferentemente da partida no Rio de Janeiro. E quase deu acerto, após a cabeçada de Delfino.

Mas foram os tricolores que chegaram com mais perigo e, consequentemente, à vitória: Luciano, pouco depois de perder pênalti, aproveitou cruzamento de Yony Gonzalez na área para botar o Fluminense novamente na frente.

Em desvantagem, o Antofagasta não conseguiu mais ameaçar no jogo. O Fluminense administrou e esperou o apito final para comemorar a classificação para a segunda fase da Copa Sul-Americana.

DESTAQUE DA PARTIDA:

Eleito o melhor jogador da partida pela Conmebol, Everaldo deu trabalho para os zagueiros adversários. Além de ser o autor do primeiro gol e iniciar a jogada do segundo, o atacante marcou e correu muito. Após o apito final, como de praxe em competições sul-americanas, concedeu entrevista e comemorou o resultado: “Conseguimos classificar, uma classificação muito importante. Sabíamos que não seria fácil. Agora é voltar para o Brasil, descansar e disputar o clássico no domingo. Feliz demais pela classificação”.

Everaldo foi escolhido pela Conmebol como o “homem da partida” – Foto: Lucas Merçon/FFC

PANORAMA DA PRÓXIMA FASE:

Com a vitória sobre o Antofagasta, o Fluminense segue com o sonho vivo. No entanto, ainda não sabe quem irá enfrentar entre os dias 21 e 30 de maio. Isto é, a Conmebol irá aguardar pela definição dos terceiros lugares dos grupos na Libertadores para fazer o sorteio dos confrontos da segunda fase da Sul-Americana. Além disso, o técnico Fernando Diniz poderá fazer três substituições: Ganso, Pedro, Allan e Nino brigam pelas vagas.

FICHA TÉCNICA

ANTOFAGASTA-CHI 1×2 FLUMINENSE

Data-Hora: 21-03-19 – 19h15
Estádio: Regional de Antofagasta, Antofagasta (CHI)
Árbitro: Wilmar Roldán (COL) Nota L!: 5,0 – O pênalti marcado sobre o Fluminense foi duvidoso.
Assistentes: Alexander Guzman (COL) e John Alexander Leon (COL)

Cartões amarelos: Sandoval, Delfino (ANT), Frazan, Bruno Silva, Luciano, Everaldo (FLU)

Gols: Everaldo, 19/1º T (0-1), Jason Flores, 26/1º T (1-1), Luciano, 23/2º T (1-2)

ANTOFAGASTA: Hurtado; Fierro (Balboa, 28/2º T), Asta-Buruaga, Delfino e Peñaillilo; Collao (Blanco, 14/2º T), Schultz, Sandoval e Jason Flores; Felipe Flores (Bello, 28/2º T) e Figueroa. Técnico: Gerardo Ameli

FLUMINENSE: Rodolfo; Gilberto, Frazan (Paulo Ricardo, 13/2º T), Matheus Ferraz e Caio Henrique; Airton, Bruno Silva, Danielzinho (Marlon, 36/2º T) e Luciano; Everaldo (Ezequiel, 44/2º T) e Yony González. Técnico: Fernando Diniz

FOTO: Lucas Merçon/FFC

Share This Post

Gabriel Lutterbach avatar
Jornalista em formação, 19 anos, mais carioca do que mineiro, mesmo sendo ao contrário na realidade. Setorista do Fluminense pelo Futebolzinho. Tudo que eu entendo do ser humano, devo ao futebol.