Share This Post

Caio Barbosa / Fluminense / Flupress

Flu de Marcelo Oliveira é um lixo

Flu de Marcelo Oliveira é um lixo

Umas das atuações mais indignas e escrotas da história do Fluminense. Um elenco horroroso, com um treinador desastroso, que desmontou o que tinha de razoável na formação com Abel (3-5-2), somado a uma atuação pífia da torcida, que aplaudia o Inter dando um baile no Maracanã e o Matheus Alessandro pedalando e dando passe para trás que nem Marcelo, uma coisa absolutamente insuporável. Vamos às notas da nossa noite de hoje:

Gum foi uma merda hoje.

JÚLIO CÉSAR – O melhor Júlio César da história hoje se fodeu com a zaga tricolor. NOTA CINCO.

GILBERTO – Fez merda no segundo gol, mas pelo menos mostrou-se indignado com o próprio erro e tentou se recuperar. Mas não se recuperou. NOTA DOIS.

GUM – Tem mais título que o Zico? Tem! Mas hoje foi atuação típica de Brasil x França de 86. NOTA ZERO.

DIGÃO – Lixo. NOTA ZERO.

AIRTON BEIJINHO – Deveria mandar o técnico à merda. Dá pena. Se eu fosse ele, meteria o pé. Não foi bem, mas… NOTA CINCO.

AIRTON PANCADA – Hoje foi uma merda. NOTA ZERO.

LUCIANO – Manteve o nível. NOTA ZERO.

JADSON – Pavoroso. Teve a façanha de ser pior que o Sornoza.

SORNOZA – Um horror. Pega e toca para trás. Pega e toca para trás. Não constrói uma jogada. E fez merda no terceiro gol. Com o Inter jogando de sacanagem e o jogo ganho, chutou duas bolas na trave que vão lhe render mais cinco jogos de titular. Um lixo. NOTA DOIS.

JUNIOR DUTRA – Dificil ver alguém pior que Sornoza. Hoje vimos. NOTA ZERO.

EVERALDO – Sabe o valor de um pão com ovo, mas é uma merda. NOTA ZERO.

MARCOS JÚNIO – Era o melhor em campo, e saiu ninguém sabe por qual motivo.

MATHEUS ALESSANDRO – Lixo. NOTA ZERO.

PEDRO – Dá pena. Se fosse o Serginho Chulapa, teria embucetado o time todo de porrada. SEM NOTA.

Share This Post

Caio Barbosa avatar
Jornalista desde o século passado. Estudou na Universidade Federal FLUMINENSE e foi setorista dos clubes cariocas, inclusive o FLUMINENSE, pelo Diário Lance!, UOL/Folha, Jornal Extra e Globoesporte.com