Vasco

Bruno César, mais solto, festeja sua boa atuação na vitória sobre o Serra-ES

Mei estava sem ritmo de jogo no Sporting e era pouco utilizado pelo treinador. Já ganhou espaço no time titular de Alberto Valentim, mas confessou ainda não estar na melhor forma física.

Lucas Santos opta por ‘Fazer história’ no clube e negociação não avança com CSKA

Vasco e CSKA não entram em acordo por valor e jogador permanece em São Januário

Valentim elogia equipe e torcida vascaína

Técnico diz que o time se sentiu como se estivesse jogando em casa

Lucas Mineiro e Ribamar decidem e time avança sem sustos

Equipe de Alberto Valentim demonstra superioridade, faz um gol em cada tempo e elimina o Serra-ES.

Time de melhor campanha nos estaduais das regiões Sudeste e Sul joga em Cariacica

Jogo das 21h30 (de Brasília) no Estádio Kleber Andrade será contra o Serra-ES, pela segunda fase da competição. Time capixaba tem apenas um ponto nos últimos doze disputados no campeonato estadual.

Torcedores já podem adquirir ingressos para clássico do próximo sábado no Nilton Santos

Começou nesta terça-feira (19) a venda de ingressos online (www.voucherseguro.com) para o clássico Botafogo x Vasco, no próximo sábado, às 19h30 (de Brasília), no Estádio Nilton Santos. Os bilhetes custam entre R$ 16 e R$ 60, e sócios-torcedores poderão obtê-los com preço promocionais. Além disso, de acordo com o regulamento do Campeonato Carioca, público, receitas e despesas serão divididos igualmente entre os clubes. Valores dos Ingressos Leste Inferior: R$ 60 (inteira) / R$ 30 (meia) / R$ 24 (sócio) – BOTAFOGO Leste Superior: R$ 60 (inteira) / R$ 30 (meia) / R$ 24 (sócio) – BOTAFOGO (bloqueado) Norte: R$ 40 (inteira) / R$ 20 (meia) / R$ 16 (sócio) – BOTAFOGO Oeste Inferior: R$ 60 (inteira) / R$ 30 (meia) / R$ 24 (sócio) – VASCO Oeste Superior: R$ 60 (inteira) / R$ 30 (meia) / R$ 24 (sóc...

Renovou! Marrony estende vínculo até 2023

Marrony, o artilheiro vascaíno na Taça Guanabara, ampliou seu contrato com o clube nesta segunda-feira (18). Agora ele é válido até dezembro de 2023. Antes, seu vínculo terminaria até maio de 2020. No novo acordo, o Vasco elevou a multa rescisória do atleta, passando-a de 30 milhões de euros para 35 milhões de euros. Atacante de 20 anos, Marrony foi conquistando a vaga de titular desde a primeira rodada da Taça Guanabara, partida contra o Madureira em que deu assistência para Thiago Galhardo marcar o gol da vitória. Mantendo uma sequência de boas apresentações, o jogador encantou Alberto Valentim. Polivalente, jogou aberto tanto na direita como na esquerda, E também como centroavante quando fez o gol de cabeça contra o Resende. O jovem foi revelado pelo Volta Redonda e chegou ao Vasco para...

É Campeão! Time de Alberto Valentim conquista Taça Guanabara, invicto

Gol de Danilo Barcelos garante a sétima vitória, o título do primeiro turno e vaga na semifinal do Estadual

Confusões do lado de fora do Maracanã mudam o clima festivo da final da Taça GB

Tiros de bala de borracha, spray de pimenta, bombas de gás lacrimogênio e espadadas. Cenas de horror marcam as horas de tensão vividas pelos vascaínos que só tiveram acesso ao estádio aos 30 minutos: 29 pessoas foram atendidas no Hospital Souza Aguiar, no Centro.

Flu e Concessionária têm um contrato. O Vasco tem a culpa

Uma final de Taça Guanabara com portões fechados. Diante de tal descalabro, os analistas de plantão procuram culpados. E, é óbvio, é bem fácil bater no Vasco. Muitos usam um discurso “legalista”. Alegam que o Fluminense tem um contrato com a Concessionária e que ele deve ser cumprido (mesmo que o Fluminense não cumpra a parte dele). Até aí, ok. Mas os legalistas não falam a história toda, seja por ignorância, seja por conveniência. O regulamento do Carioca é discutido em janeiro. Nesse regulamento – que precisa ser cumprido tanto quanto qualquer contrato – está claramente definido que o mandante da final seria definido por sorteio e que este organizaria tudo na partida. Incluindo aí segurança, assistência médica, venda de ingressos E o lado do estádio no qual sua torcida assistirá o jogo. ...

Torcedores ainda aguardam nova decisão da Justiça

Diretoria do Vasco entrou com pedido de reconsideração de parecer judicial temendo conflitos ao redor do Maracanã.

Decisão judicial determina portões fechados na final da Taça Guanabara

Desembargadora alegou "risco iminente de conflitos" e omissão do contrato quanto a falta de acordo entre as partes