Blog da Fuzarca

Blog da Fuzarca

VAR decide jogo contra o Vasco na Arena do Grêmio

Apesar do esforço de todos os jogadores, quem acabou fazendo a diferença na derrota do Vasco para o Grêmio foi o VAR O Vasco foi à Porto Alegre com uma estratégia clara e adaptada às possibilidades da equipe: quando o adversário estivesse com a bola, o time jogaria compactado e com uma marcação forte para recuperar a bola na sua intermediária. E aí, estando com a bola, o time exploraria os contra-ataques em velocidade, principalmente com jogadas pelas pontas. Contra um Grêmio quase todo reserva, a tática deu certo. Não se importando com as estatísticas de posse de bola, a equipe do Luxemburgo conseguiu segurar o ímpeto gremista – que não conseguiu ameaçar nosso gol mesmo tento maior controle da partida – e ainda levar perigo nos contragolpes. Acabou que a primeira etapa terminou com uma vi...

Vasco e Grêmio: qual time aproveitou melhor o tempo?

O Grêmio é o adversário contra o qual o Profexô precisará mostrar os efeitos do seu trabalho na pausa para a Copa América (foto: www.vasco.com) A volta do Brasileiro deve trazer a muitos vascaínos um tipo de sentimento contraditório. Será bom matar as saudades de ver o time em campo. Mas vê-lo jogar, pelo menos nos últimos anos, tem sido na maioria das vezes 90 minutos de aflição. E essa mistura de alegria e preocupação são quase uma certeza diante do adversário que teremos depois de um mês sem uma partida oficial. Isso porque, definitivamente, encarar o Grêmio fora de casa não é a reestreia dos sonhos de nenhum time. Pelo lado positivo, já que teremos um restante de campeonato complicado, é bom que tenhamos logo de cara um desafio que realmente teste a equipe do Luxemburgo. Ainda que o Ch...

Otimismo permitido para a torcida do Vasco

Otimismo, mas não apenas pelas vitórias: 3 a 1 sobre o Foz do Iguaçu é o menor dos motivos para a torcida ter mais fé no Vasco no restante da temporada (foto: www.vasco.com.br) A Copa América termina hoje e o Brasileirão volta à normalidade no próximo fim de semana. E a pausa para a competição sul-americana acabou sendo boa para o Vasco, dando até motivos para a torcida alimentar algum otimismo. Não digo isso pelas vitórias nos três amistosos, que no fim das contas foram contra adversários que nem de longe podem oferecer as dificuldades que teremos no Brasileiro (a lembrar, 2 a 0 sobre o Rio Branco-ES, 1 a 0 sobre o Atlético Goianiense e, ontem, 3 a 1 sobre o Foz do Iguaçu-PR). Essas partidas não podem ser consideradas algo além de treinos de luxo, muito mais úteis para o treinador fazer o...

Reforços do Vasco seguem tradição recente

Primeiros reforços da era Luxemburgo, Marquinho e Richard foram apresentados na sexta passada (foto: www.vasco.com.br) Não teve jogo do Vasco essa semana, mas teve reforços chegando. Na sexta-feira foram apresentados o meia Marquinho e o volante Richard, vindos do Atlético-PR e do Corinthians, respectivamente. São posições carentes no time, mais pela qualidade que pela quantidade de jogadores no elenco. Mas os dois reforços resolverão os problemas do Luxemburgo e da equipe? Richard vem de uma boa temporada pelo Fluminense no ano passado, o que lhe garantiu o interesse do alvinegro paulistano. Mas chegando ao Corinthians, o volante não teve muitas chances, atuando por 16 jogos este ano. Ainda assim, Richard participou da última rodada do Brasileirão, atuando na derrota corintiana para o San...

Torcida carrega o time e Vasco vence o Ceará

Os 20 mil vascaínos transformaram a Colina no caldeirão e torcida empurra o Vasco para a vitória e para fora do Z4 (foto: www.vasco.com.br) Não há como negar que o Vasco esteja mais arrumado e que na vitória sobre o Ceará pelo placar mínimo fomos um time (ainda que um time não dos mais fortes) e não um bando em campo. Méritos para o profexô e para os jogadores, que têm demonstrado mais disposição e atitude. Mas também não dá pra negar a importância da torcida em mais uma vitória sofrida da equipe. O Vasco foi predominante durante, pelo menos, 80 minutos da partida. Mas enquanto o time dominava o jogo e não conseguia transformar a posse de bola muito superior que teve em um número aceitável de chances de gol, foi o torcedor que teve paciência e incentivou os jogadores. E mesmo vendo um meio...

Para vencer o Ceará, o Vasco depende de bola no pé, não de pés quentes

Luxa conversa com seu time. Que o papo seja sobre táticas e não sobre amuletos da sorte ou coisa do gênero (foto: www.vasco.com.br) A semana passada foi tão cheia de compromissos profissionais que, confesso, nem consegui ver a vitória do Vasco sobre o Internacional (algo que meus poucos leitores mais atentos devem ter percebido pela ausência de um pré-jogo aqui no blog). E por um erro da SporTV – que não transmitiu o vt anunciado na sua programação – não consegui ver nada além dos melhores momentos da partida, o que deve também ter sido notado pela falta da resenha pós-jogo aqui no espaço. E para o deleite dos engraçadinhos que imediatamente me taxaram de pé-frio, um compromisso inadiável me fará perder pelo menos boa parte do confronto entre o Vasco e Ceará hoje. A pilha é boa...

Bota 1 x 0 Vasco: nem tudo Luxemburgo pode resolver

Tiago Reis teve a melhor chance do Vasco na partida, mas a bola caprichosamente parou na trave (foto: www.vasco.com.br) Na sua entrevista coletiva após a derrota por 1 a 0 para o Botafogo, Vanderlei Luxemburgo disse que é preciso analisar o contexto do jogo para falar sobre a atuação do Vasco. E nem dá pra discordar do treinador vascaíno quando ele diz que seu time evoluiu e que a derrota aconteceu numa falha de marcação. Como eu havia dito no post anterior, Luxa realmente reconheceu que é o momento de fechar a casinha: “a gente tem que saber que o melhor para o Vasco é ter consistência no meio. Eu gosto de um time jogando mais em cima do adversário, mas pelo momento é assim”. De fato, o time sofreu menos que o habitual, e as poucas finalizações do Botafogo provam isso. Mas a melhora defen...

Vasco empata mais uma e mostra estar distante de ser competitivo

Pikachu cobra o penal e marca seu quinto gol no ano. Mas mais uma vez, sair na frente no placar não foi o bastante para o Vasco vencer (foto: www.vasco.com.br). Com uma semana a mais de trabalho, Luxemburgo conseguiu trazer alguma melhora para o time do Vasco (o que seria impossível não acontecer levando em consideração a atuação contra o Avaí). Não que tenhamos visto uma partida primorosa no empate em 1 a 1 com o Fortaleza, claro. De um modo geral, o jogo foi bem fraco tecnicamente, tanto de um lado como do outro. Mas ficou evidente que o profexô conseguiu dar alguma consistência defensiva à sua equipe, diminuindo os espaços entre os setores e aprimorando a recomposição defensiva. Por outro lado, também ficou claro que falta muito trabalho a ser feito, tanto da parte do Luxa, quanto dos j...

Terá Luxemburgo aproveitado sua segunda semana de trabalho?

Luxemburgo conversa com Valdívia e Luiz Gustavo. O profexô pode escalar o primeiro no comando do ataque contra o Fortaleza (foto: www.vasco.com.br) Não se pode dizer que Vanderlei Luxemburgo estreou sua trajetória no Vasco de maneira animadora. Não apenas pelo empate com o Avaí em pleno São Januário, mas pelo futebol apresentado pela sua equipe, que conseguiu ser ainda pior que nos jogos anteriores. O nível de atuação do time é mais preocupante do que perder, em casa, dois pontos para um dos favoritos ao rebaixamento, porque o profexô teve uma semana para treinar e observar seus jogadores e isso não parece ter adiantado de nada. Ele manteve o esquema que vinha dos técnicos anteriores e na hora de trocar peças do elenco, escolheu mal em quase todos os casos. Aí, mesmo sem ter sido confirmad...

Vasco, mal dentro e fora de campo, apenas empata com o Avaí

Ricardo Graça comemora seu gol, que não foi o bastante para o Vasco vencer a primeira no Brasileiro (foto: www.vasco.com.br) Entra treinador, sai treinador, troca-se jogadores e o Vasco só faz piorar. O empate em 1 a 1 com o Avaí é uma prova disso. O elenco carente de qualidade explica parte do vexame – o qual poderia ser maior e se alguém pode reclamar da sorte pelo resultado é a equipe catarinense – mas não justifica o futebol abaixo da crítica apresentado pelo time comandado por Vanderlei Luxemburgo. Se o profexô ensinou algo aos seus comandados na semana que teve para trabalhar, das duas uma: ou o ensinado não foi assimilado, ou Luxa ensinou ao time como NÃO jogar. Precisando do resultado, com um bom público em São Januário, o Vasco não conseguiu ser convincente em momento algum da par...

A estreia do Profexô – e do Vasco – no Brasileirão

Luxa conversa com Ramon no treino. O Profexô estreia pelo Vasco contra o Avaí (foto: www.vasco.com.br) Pelo teor de algumas das declarações dadas na coletiva após o treino de ontem, a semana de treinos que o profexô Vanderlei Luxemburgo – que fará sua estreia no comando do Vasco hoje, contra o Avaí – teve com sua equipe o fez esquecer um pouco da modéstia que mostrou na sua chegada ao clube. Depois de reconhecer que precisava se reciclar, Luxa acabou mostrando que a marra do Profexô ainda não está de todo extinta. Frases como “Futebol não tem muita ciência. Futebol é um só” e “O que aconteceu antes da minha chegada não me interessa. Não soma nada para mim” mostram que a autoconfiança do treinador, a despeito dos últimos anos, segue em dia. Nada contra, e um pouco de autoestima até qu...

Sidão foi UM dos problemas do Vasco na derrota para o Santos

Sidão falhou muito, mas o time todo foi péssimo no Pacaembu (foto: www.vasco.com.br) A atuação catastrófica do Sidão na derrota do Vasco para o Santos por 3 a 0 não é justificativa para a humilhação pública que o goleiro foi obrigado a passar para o “entretenimento” dos telespectadores. Não é a primeira vez que um veículo das Organizações Globo expõe um profissional à vergonha. Já tinha feito o mesmo em outras entregas do troféu “Craque do Jogo” para atletas que venceram a votação popular por ironia da audiência e, no caso mais grave, espezinhou o goleiro Muralha por meses a fio nas páginas do jornal Extra. Mas isso não tem nenhuma relação com a atuação do Vasco na partida. Aliás, essa história toda – incluindo a tentativa da Rede Globo de limpar a própria barra depois de ter feito a beste...

  • 1
  • 2
  • 5
P