Blog da Fuzarca

Blog da Fuzarca

Vasco, mal dentro e fora de campo, apenas empata com o Avaí

Ricardo Graça comemora seu gol, que não foi o bastante para o Vasco vencer a primeira no Brasileiro (foto: www.vasco.com.br) Entra treinador, sai treinador, troca-se jogadores e o Vasco só faz piorar. O empate em 1 a 1 com o Avaí é uma prova disso. O elenco carente de qualidade explica parte do vexame – o qual poderia ser maior e se alguém pode reclamar da sorte pelo resultado é a equipe catarinense – mas não justifica o futebol abaixo da crítica apresentado pelo time comandado por Vanderlei Luxemburgo. Se o profexô ensinou algo aos seus comandados na semana que teve para trabalhar, das duas uma: ou o ensinado não foi assimilado, ou Luxa ensinou ao time como NÃO jogar. Precisando do resultado, com um bom público em São Januário, o Vasco não conseguiu ser convincente em momento algum da par...

A estreia do Profexô – e do Vasco – no Brasileirão

Luxa conversa com Ramon no treino. O Profexô estreia pelo Vasco contra o Avaí (foto: www.vasco.com.br) Pelo teor de algumas das declarações dadas na coletiva após o treino de ontem, a semana de treinos que o profexô Vanderlei Luxemburgo – que fará sua estreia no comando do Vasco hoje, contra o Avaí – teve com sua equipe o fez esquecer um pouco da modéstia que mostrou na sua chegada ao clube. Depois de reconhecer que precisava se reciclar, Luxa acabou mostrando que a marra do Profexô ainda não está de todo extinta. Frases como “Futebol não tem muita ciência. Futebol é um só” e “O que aconteceu antes da minha chegada não me interessa. Não soma nada para mim” mostram que a autoconfiança do treinador, a despeito dos últimos anos, segue em dia. Nada contra, e um pouco de autoestima até qu...

Sidão foi UM dos problemas do Vasco na derrota para o Santos

Sidão falhou muito, mas o time todo foi péssimo no Pacaembu (foto: www.vasco.com.br) A atuação catastrófica do Sidão na derrota do Vasco para o Santos por 3 a 0 não é justificativa para a humilhação pública que o goleiro foi obrigado a passar para o “entretenimento” dos telespectadores. Não é a primeira vez que um veículo das Organizações Globo expõe um profissional à vergonha. Já tinha feito o mesmo em outras entregas do troféu “Craque do Jogo” para atletas que venceram a votação popular por ironia da audiência e, no caso mais grave, espezinhou o goleiro Muralha por meses a fio nas páginas do jornal Extra. Mas isso não tem nenhuma relação com a atuação do Vasco na partida. Aliás, essa história toda – incluindo a tentativa da Rede Globo de limpar a própria barra depois de ter feito a beste...

Valadares tenta terminar sua interinidade como a começou

Valadares faz sua despedida como interino contra o Santos, mesmo adversário da sua estreia (foto: wwww.vasco.com.br) Com Vanderlei Luxemburgo assumindo o time amanhã, Marcos Valadares terá na partida deste domingo, contra o Santos, a última oportunidade de mostrar seu trabalho como treinador interino do Vasco. Por coincidência, o mesmo Santos que o Valadares teve que encarar na sua estreia no comando da equipe. Seria ótimo falar que sua interinidade terminará como a começou, mas a as coisas mudaram um pouco desde a vitória sobre o Peixe por 2 a 1 na Colina. Naquela oportunidade, mesmo com a eliminação na Copa do Brasil, Valadares saiu com moral diante da torcida. Ter feito seus comandados mostrarem uma postura que Alberto Valentim não conseguia há muito tempo tinha sido o bastante para a t...

Vanderlei precisa se reinventar para reinventar o Vasco

Vanderlei Luxemburgo na sua coletiva de apresentação (foto: www.vasco.com.br) A diretoria resolveu se mexer e resolver em definitivo a situação do comando técnico do futebol vascaíno. E o contratado para substituir o interino Marcos Valadares é o Vanderlei Luxemburgo, o “profexô” velho de guerra. Luxa ainda é um treinador de grife. Suas inúmeras conquistas ainda não foram esquecidas apesar dos últimos trabalhos, que foram apenas medíocres ou menos que isso. Nos últimos cinco times que dirigiu, só conquistou mais da metade dos pontos que disputou no Flamengo (2014-15), quando atingiu a marca de 63% de aproveitamento. Nos outros quatro, Flu em 2013 (38%), Cruzeiro em 2015 (36%), Tianjin Quanjian-CHI em 2016 (44%) e Sport em 2017 (40%), o Profexô só conseguiu fazer temporadas sem qualquer bri...

Vasco melhora, mas não o bastante para vencer o Corinthians

Vasco marca com gol de pênalti do Maxi, mas não passa do empate contra o Corinthians (foto: www.vasco.com.br) Quando a diretoria resolveu mandar o jogo contra o Corinthians na Arena da Amazônia, veio à mente de muitos torcedores o confronto contra a gambazada no Brasileiro do ano passado: em 2018, também vendemos o mando de campo, fomos para Brasília jogar com os marsupiais, e lá tomamos uma cipoada. Mas ontem a história foi diferente. O Vasco não perdeu e podemos dizer que fomos melhores na maioria do tempo. Mostramos alguma evolução e mais da disposição que tivemos na vitória sobre o Santos pela Copa do Brasil. Ainda assim, não foi o bastante para nossa primeira vitória no Brasileiro. O empate em 1 a 1 não foi o bastante para nos tirar da parte de baixo da tabela. E se a melhora do time ...

Sidão estreia fora da Colina, mesmo com mando de campo do Vasco

Sidão fará sua estreia pelo Vasco contra o Corinthians, em Manaus (foto: reprodução da TV) Não sei se Alexandre Campello esperava começar o Brasileirão vendo o Vasco perder as duas primeiras rodadas da competição. Porque se ele chegou pelo menos a cogitar essa possibilidade, não teria pensado em vender o mando de campo na partida de hoje contra o Corinthians. E se mesmo tendo aventado a possibilidade das duas derrotas seguidas ainda assim se decidiria a levar o jogo para Manaus, é um sinal – aliás, mais um entre tantos sinais – de que o presidente do Vasco não leva em consideração o que pensam os torcedores do clube. Isso porque, no atual momento do time, para abrir mão do apoio dos vascaínos na Colina e ignorar as vantagens de jogar em um campo conhecido, a grana tem que ter sido muito fo...

Em ritmo de feriado, Vasco perde para o Galo

Maxi volta a marcar, mas não foi o bastante para que o Vasco vencesse o Galo (foto: www.vasco.com.br) Vasco e Atlético-MG entraram no gramado de São Januário aparentando fazer uma homenagem ao Dia do Trabalhador. Pelo que apresentaram no primeiro tempo, os dois times resolveram curtir o feriado e não trabalhar. Foi um jogo chato, lento, sem emoções. Uma atração digna de um belo cochilo. Do nosso lado, um ritmo de treino irritante. Jogadores trotando em campo, um ataque sem função por não se acionado, criação inexistente e uma reposição defensiva em câmera lenta. Se o Galo não estivesse igualmente com o modo preguiça acionado, teríamos problemas sérios. E assim acabou o primeiro tempo e começou o segundo. Sem alterações no intervalo, só uma coisa parecia poder animar a partida: gol. E foi o...

Valadares escala um Vasco estranho contra o Galo

Felipe Bastos ressurge das cinzas para atuar contra o Galo (foto: www.vasco.com) Muita coisa deve ter passado pela cabeça do Marcos Valadares depois da goleada imposta ao seu time pelo Furacão, na estreia do Brasileiro. Ninguém aqui é telepata, mas podemos imaginar que o técnico interino – que no momento deve temer até sua interinidade – que entre as coisas que povoaram sua mente após o 4 a 1 deve estar um “o que que eu faço agora?!?!” Olhando a possível escalação que Valadares colocará em campo hoje contra o Galo, é de se perguntar se ele encontrou uma resposta. Pode até ter encontrado, mas nem mesmo ele deve considerar uma resposta definitiva. Porque as mexidas que ele fez na equipe são, para falar o mínimo, inesperadas. Pra começar, Valadares abandonou o 3-5-2 depois do fracasso dessa f...

Vasco, Fla e a Taça que ninguém quer

A simplicidade dos antigos Estaduais era, junto com o fato de termos quatro grandes rivalidades no Rio, uma das razões do seu charme. Dois turnos, final com o vencedor de cada ou título direto para o quem conseguir vencer os dois. Aí resolveram que a solução para atrair mais público era complicar as regras, tirar a importância da Taça Guanabara e da Taça Rio, fazendo com que tenhamos clássicos a cada dois dias. Como se a torcida quisesse ver com tamanha frequência seus times em início de temporada, com jogadores fora de forma e a ingressos, hoje, num preço exorbitante. Mas a decisão da Taça Rio de amanhã será a prova máxima da excrescência que é o atual regulamento do Cariocão. Uma decisão entre Vasco e Flamengo, no estádio que costumava ser o Maracanã, e os DOIS TIMES brigando pra ver que...

Eurico, herói/vilão do Vasco

Quem vive a história, dificilmente tem o distanciamento necessário para analisá-la com isenção. Sejam os com mais idade, que se acostumaram com o VP de futebol mais vitorioso do Vasco, sejam os mais novos, que só puderam acompanhá-lo nas desastrosas gestões como presidente do Clube, não importa. O fato é que Eurico Ângelo de Oliveira Miranda, é um dos personagens mais importantes da história vascaína. Não se trata de “passar o pano” por conta do seu falecimento. Vilão ou herói, não se pode negar a imensa influência do “Dotô” Eurico por décadas e décadas, e não apenas no Vasco, mas no futebol carioca e nacional. Sua morte não muda em nada seus feitos, nem os proveitosos, nem os negativos. A balança, obviamente, penderá mais favoravelmente para os vascaínos; já para os amantes do futebol de ...

Flu e Concessionária têm um contrato. O Vasco tem a culpa

Uma final de Taça Guanabara com portões fechados. Diante de tal descalabro, os analistas de plantão procuram culpados. E, é óbvio, é bem fácil bater no Vasco. Muitos usam um discurso “legalista”. Alegam que o Fluminense tem um contrato com a Concessionária e que ele deve ser cumprido (mesmo que o Fluminense não cumpra a parte dele). Até aí, ok. Mas os legalistas não falam a história toda, seja por ignorância, seja por conveniência. O regulamento do Carioca é discutido em janeiro. Nesse regulamento – que precisa ser cumprido tanto quanto qualquer contrato – está claramente definido que o mandante da final seria definido por sorteio e que este organizaria tudo na partida. Incluindo aí segurança, assistência médica, venda de ingressos E o lado do estádio no qual sua torcida assistirá o jogo. ...

  • 1
  • 2
  • 4
P